"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Swing Em Casa


autor: edu.spudat
publicado em: 25/08/15
categoria: grupal
leituras: 28575
ver notas


Nunca escrevi um conto, mas imaginei que seria interessante relatar algo que aconteceu comigo no ano passado…

Tenho uma espécie de “amiga com benefícios”, onde a gente não tem nenhum tipo de relacionamento, mas quando nós dois estamos de bobeira, sem nada pra fazer, nos encontramos e sempre rola algo bem interessante (rs). Vou chamar essa amiga de Camila: uma menina com cabelos castanhos bem claros, 23 anos, olhos castanhos, altura média, magrinha e com um belo par de seios. Nós somos amigos há um tempo e nosso círculo de amizade é o mesmo, o que ajuda pra gente sempre estar em contato um com o outro. Certa vez, em uma dessas nossas “escapadas”, ela me disse que era louca por um amigo nosso, no qual vou chamar de Rodrigo. Porém, o Rodrigo namora com uma menina chamada Thais, o que fazia com que o sonho dessa minha amiga ficasse um pouco distante. Rodrigo é um cara boa pinta, moreno de 21 anos e sua namorada é loira natural, com um corpo espetacular e apenas 19 aninhos. Thais não tem muito peito, mas sua bunda é simplesmente maravilhosa, daquelas de chamar atenção de todo mundo quando coloca o biquíni na praia (já fui com eles pra praia e, acreditem, chama atenção mesmo!).

Certo dia, eu estava conversando com o Rodrigo sobre relacionamentos e ele soltou que ele e a namorada já tinham ido uma vez em um swing e tinham gostado da sensação da troca, porém tinham achado o ambiente meio pesado e por isso não foram mais. Quando ele me disse isso, pensei na hora na minha amiga, pois de repente isso seria uma deixa pra ela realizar o desejo dela e eu aproveitar e “conhecer melhor” a namorada do meu amigo, na qual eu sempre achei linda. O assunto acabou se perdendo e eu não falei mais nada com o Rodrigo, pois queria saber a opinião da Camila primeiro sobre tudo isso.

Quando encontrei a Camila novamente, contei tudo pra ela e perguntei o que ela acharia da gente marcar algo com os dois e ver o que rolava. Ela simplesmente adorou a ideia e topou na hora! Falei que ia ver com o Rodrigo o que ele achava disso, mas ela me impediu de falar com ele, dizendo que queria fazer uma surpresa para ele e a Thais. Achei meio arriscado, pois poderia não dar certo e poderia até mesmo estragar a amizade que a gente tinha com eles. Mas eu também estava doido pra ver o que ia acontecer, então deixei ela elaborar o plano dela e marquei com o Rodrigo deles irem até a casa da Camila em um sábado à noite, pois ela tinha a casa liberada no final de semana.

Chegando lá, comemos e bebemos alguma coisa e ficamos conversando. Percebi que a Camila estava cada vez mais próxima do Rodrigo e sempre tocava ele, fazia brincadeirinhas… E ele parecia estar curtindo tudo aquilo. Até que a Camila não aguentou mais e abriu o jogo com os dois: “Olha, a gente chamou vocês aqui pra propor uma coisa… Se vocês não quiserem, a gente faz de conta que nada aconteceu e esquece tudo isso!”. Só deu tempo do Rodrigo falar “O que vocês querem prop…” e a Camila já deu um beijo nele que só de ver aquele beijo já me deixou com tesão, imaginando o que poderia acontecer naquela noite. A Thais, por outro lado, ficou com uma cara de assustada e indignada com o que estava acontecendo, então não perdi tempo e parti pra cima dela. Enquanto eu ia na direção dela, ela já sabia o que estava prestes a acontecer e, talvez com uma certa “raiva” do seu namorado, veio de encontro a mim e se rendeu por completo.

Ficamos um bom tempo nos beijando loucamente (que tesão que é o beijo daquela mulher!), até que começamos a tirar nossas roupas. Quando olhamos pro lado, a Camila já estava chupando o pau do Rodrigo, enquanto ele não sabia se olhava ela chupando seu pau ou se olhava a sua namoradinha fazendo ele de corno. Vendo aquilo, a Thais já começou a me chupar também… E ela sabia muito bem o que estava fazendo! Ela ficou um tempo me chupando, mas eu queria mesmo é me aproveitar daquele corpo lindo que ela tinha. Peguei ela no colo, deitei ela no sofá e tirei a calcinha dela, que nessa altura era só o que ela estava vestindo. Que mulher maravilhosa! O corpo dela é lindo, uma delícia de mulher e aquela bucetinha toda depiladinha me deixou com um tesão enorme em chupar ela! Tirei sua calcinha e comecei a chupar ela como se aquela fosse a última buceta do mundo. Eu simplesmente AMO chupar uma mulher e já ouvi algumas dizendo que sou bom nisso, então resolvi gastar um bom tempo ali. Eu chupava a Thais e ela gemia e se contorcia loucamente! Vendo aquilo, o Rodrigo não se aguentou, tirou a roupa da Camila, colocou uma camisinha que a gente já tinha deixada estrategicamente preparada, e começou a comer ela de quatro bem perto da gente, com ela apoiada no sofá. Enquanto o Rodrigo comia a Camila, ela beijava a boca e os peitos da Thais, que estava sendo chupada por mim. Sendo chupada por mim e com beijos e carícias da Camila, a Thais não aguentou e gozou, se estremecendo toda.

Logo depois que ela gozou, beijei ela por um tempo, coloquei a camisinha também e já parti pra cima dela. Comecei a comer ela no sofá, na mesma posição que ela estava. Enquanto estávamos ali, nem lembramos da Camila e do Rodrigo, que já estavam no chão de novo se deliciando um ao outro. Eu e a Thais ficamos transando um bom tempo, trocando algumas posições, até que ela me fez um pedido: “Me come por trás, vai… Por favor!”. Conheci poucas mulheres que realmente gostavam de sexo anal, mas essa parecia que adorava aquilo. Virei ela de quatro e comecei a colocar no cuzinho dela, que no começo estava bem apertado, mas não parecia incomodar ela, porque ficava pedindo “Vai, coloca… Por favor, não aguento mais… Me fode!”. Não aguentei ouvir aquilo e coloquei de uma vez. No começo, eram movimentos mais lentos, mas depois foi ficando cada vez mais rápido. Ela começou a gemer muito alto, enquanto era fodida por mim e se masturbava com uma mão. Vendo e ouvindo isso, o Rodrigo e a Camila vieram pro nosso lado. A Thais já puxou o Rodrigo, tirou a camisinha dele e começou a chupar ele, enquanto eu comia o cu dela. A Camila começou a me beijar e passar a mão pelo corpo da Thais, que estava enlouquecida com tudo aquilo. Vendo a namorada dele ser comida daquele jeito, enquanto ela chupava ele, o Rodrigo não aguentou e gozou na boca e no rosto da Thais. A Camila viu aquilo e já foi ajudar a Thais a limpar o que havia sobrado no pau do Rodrigo e começou a beijar a Thais, que nem conseguia direito beijar a Camila, pois nessa hora eu aumentei a velocidade, anunciando que logo iria gozar também. Quando eu estava perto de gozar, ela pediu pra eu gozar na boca dela também. Tirei a camisinha e as duas se posicionaram na minha frente e começaram a me chupar. Elas se alternavam entre uma chupando as bolas e a outra chupando o meu pau, as duas se beijando e meu pau no meio, uma me masturbando e a outra me chupando… Enfim, aquilo estava maravilhoso! Quando disse que ia gozar, a Thais pegou meu pau e começou a me masturbar, pedindo leitinho pras duas. Gozei como nunca! Gozei no rosto, boca, peitos das duas, que depois ficaram se beijando e se tocando.

No final, fomos tomar banho e embora eu quisesse muito mais de tudo aquilo, rolou só algo bem rápido, pois já era tarde e a Thais e o Rodrigo precisavam ir embora. Antes de ir, a Thais me deu um beijo de despedida, enquanto o Rodrigo também foi se despedir da Camila. Eles nos agradeceram pela noite maravilhosa, dizendo que adoraram e que com certeza marcaríamos mais vezes. Quando eles foram embora, eu e a Camila ainda estávamos com muito tesão e como eu não tinha transado com ela naquela noite, fomos satisfazer nossas vontades um do outro e fechar a noite com chave de ouro!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.