"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Minha Vizinha Larissa


autor: paranaense
publicado em: 30/04/17
categoria: hetero
leituras: 1793
ver notas


A poucos dias mudou uma vizinha nova no meu bairro ela veio morar na casa da esquina que fica ao lado da minha, chegou toda cheia de mistério, o caminhão de mudança descarregou a mudança e foi embora não se ouvia movimentação nem uma na casa, como a cidade é pequena do interior já havia bochicho na vizinhança, na segunda feira de manhã ao sair para fazer minha corrida matinal vi a luz acessa e um corpo de mulher pela janela que estava semi aberta, me chamou atenção pois ninguém ainda sabia quem estava morando na casa, não sabiam se era uma pessoa sozinha ou casal, mais como estava com pressa continuei para minha corrida ao voltar para casa para supressa minha a nova vizinha estava no portão de sua casa com uma grande caixa na mão, chegando mais perto cumprimentei bom dia! Tudo bem. Ela sorriu e disse bom dia, posso te ajudar ela sim acabou de chegar esta ultima caixa da minha mudança e esta pesada se você puder me ajudar ficarei muito grata, opa é pra já levei a caixa para dentro era muito pesada, a onde posso colocar ela me disse deixei ai neste quartinho vou montar minha mini academia aqui. Ela estava vestindo um conjunto de moletom não dava para ver bem com era seu corpo mais era uma linda morena, lábios grossos e uns olhos cor de mel que hipnotizava, desculpa a intromissão mais você é casada, ela respondeu sim meu marido ficou na capital resolvendo uns assuntos pendentes e logo vem embora pra este fim de mundo, nossa você então não gostou da cidade ela disse meu marido se aposentou e resolveu vim embora pro interior e me fez vim junto, nossa mais você é bem jovem como assim seu marido já se aposentou, há ele é 25 anos mais velho que eu é sargento aposentado da policia. Ela me perguntou mais e você quantos anos tem, eu 34 anos; há bem jovem você eu disse obrigado, meio com vergonha mais perguntei e você tem quantos anos ela me disse eu tenho 29 anos, nossa jura não parece você esta muito bem ela sorriu e disse gentileza sua, bom moça sua caixa esta ai tenha um bom dia, muito obrigado você também tenha um bom dia. Sai da casa e me lembrei que nem tinha perguntado o seu nome, nossa me desculpe mais como é seu nome mesmo ela é Larissa, então tah bom dia Larissa, e fui para minha casa, mais aquele olha não sai da minha mente aquela boca, fiquei imaginando como seria aquela mulher fui para meu trabalho ao voltar a casa estava fechada, a noite fui até o bar do Junior, na volta a luz estava acessa e Larissa estava sentada na porta de sua casa ao me ver chamou oi tudo bem como foi seu dia, foi bem cansativo e o seu ela o meu normal arrumando a casa, chegue venha ver como ficou a mini academia, a caixa que você me ajudou a trazer é esta bicicleta, ela estava novamente com o moletom quando ela subiu na bicicleta deu para vez sua bunda perfeitamente desenha, ela olhou de lado e viu que eu apreciava sua bunda fez uma cara sexi e pedalou movimentando seu bumbum e disse agora vou ficar bem malhada, quando o Alfredo chegar vai ter uma supressa. Alfredo quem é Alfredo? É meu marido, é que ele vive reclamando do meu corpo então vou aproveitar que ele me ligou hoje dizendo que vai demorar mais um mês para vim embora vou malhar meu corpo para surpreender ele. Nossa não parece que seu corpo esteja tão mal, embora sempre te vejo de moletom. Ela me interrompeu e pergunto me conta o que você faz, qual é o seu trabalho te vi correndo de manhã, eu sou professor de educação física, nossa legal é trabalho na escola municipal, hum interessante então você poderia me passar umas dicas para poder ajudar a malhar o meu corpo, não posso pagar muito estou sem dinheiro mais quando Alfredo chegar acerto com você o que acha. Não podia recusar um convite daquele, então esta bem Larissa amanhã as 05h30min da manhã começamos nossa muito cedo você não acha, você quer ou não ficar sarada ela sorriu e disse está bem professor. Fui para casa tomei um banho imaginando como seria dar aula para aquela mulher trabalho na escola com garotos e garotas, mais uma aluna particular era a primeira vez. No outro dia as 05h30min estava eu no portão de Larissa estava tudo escuro, hum ela deve estar dormindo ainda fui até a porta e chamei Larissa, Larissa, ela nossa professor já vou, sentei na porta da casa e fiquei esperando dava para ouvir ela caminhando pois o piso da casa era de assoalho, ela abriu a porta a luz da sala estava apagada ela disse entre não fique ai no frio, vou por a roupa, nossa você esta sem roupa, não né bobo estou de pijama olha, ela estava vestindo um pijama cor de rosa com coraçõezinhos branco, aquela bunda enorme e os peitos tamanhos de um mamão papaia durinhos, ela tinha um pouco de barriguinha mais não muita coisa, enquanto ela foi no quarto colocar a roupa para malhar fiquei imaginando ela de calcinha e sutiã, ela deixou a porta do quarto semi aberta e dava para olha enquanto ela tirava o pijama e colocava a leggins e o top para iniciarmos era uma morena muito fogosa, voltou sorrindo e percebendo que eu já estava cheio de tesão por ela sentou do meu lado jogou o cabelo do lado e disse no meu ouvido estou pronta professor, respirei fundo e comecei anotar algumas informações em minha prancheta, nome, altura, peso, ela com uma voz sensual dizia nossa professor tem que saber tudo isso, não vai me dizer que vai perguntar o tamanho do meu bumbum e dos meios peitos né, esse eu não sei para poder coletar estas informações você mesmo vai ter que tirar estas medidas, não pedir tempo mais essas informações são necessárias para poder desenvolver seu cronograma de exercícios, ela me disse hum não sei não em professor, com uma cara de safada levantou foi até a cozinha e voltou com uma fita métrica na mão, ficou parada na minha frente e disse já que não tem outra forma pode começar a medir, primeiro medi as pernas grossas, depois o abdome, coloquei a fita em seu bumbum ela sorriu cuidado com esta mão boba professor, depois fui medir os peitos fiquei de pé frente a frente meus olhos nos olhos dela ela me olhando com desejo e eu querendo ser profissional ela era casada e ainda mais com um sargento da policia, tudo pronto Larissa já estou com suas medidas podemos começar primeiro iniciaremos com três voltas no quarteirão depois alguns abdominais e bicicleta, saímos ainda estava escurinho pois era época de inverno, terminamos as nossas voltas e fomos pra casa ela toda aminada e agora professor quantas abdominais, serão três sequência de 15 Larissa, ela deitou no colchonete na minha frente dava para vez todo o desenho de sua bucetinha e não tinha como eu não olhar, ela percebeu que eu olha intensamente para sua bucetinha e disse que estava com dificuldade para fazer os exercícios se eu não poderia ajudar agachei para segurar seus joelhos e quando ela subia seus peitos quase pegava na minha cara, sou homem não tinha como resistir já estava com o pau duro e ela percebendo subia cada vez mais devagar, quando acabou a seção, ela disse nossa professor estou morta , só mais a bicicleta por hoje daí já acabamos, ela montou na bicicleta e começou a pedalar eu atrás só observa sua bunda no movimento ela sabia que eu estava olhando, já deu o tempo professor ainda não Larissa, pronto agora sim acabou por hoje, ela estava toda soada, nossa foi bem cansativo hoje professor mais estou feliz você só correu depois apenas me ajudou e esta todo soada também, eu estava soado era de tesão por aquela morena, ela me disse bom vou tomar banho fique a vontade a casa é sua, enquanto ela foi para o quarto pegar a toalha não aquentei sentei no sofá tirei meu pau para fora ele estava duro rígido, ela veio andando somente com a toalha quando me viu no sofá ela veio para o meu lado tentei disfarça mais ela toda safada me disse professor olha olhei para traz ela estava de toalha e me disse acho que me machuquei aqui no joelho e foi se baixar para mostrar o roxo e deixou cair a toalha, não olha professor como não vou olhar estou com muito tesão em você, você é linda maravilhosa, ela veio sentou no meu colo e me disse eu também estou louca por você, e começou a me beijar, foi tirando minha camiseta e beijando meus peitos mordendo minha orelha e me dizendo me faz uma mulher de verdade, faz amor comigo de verdade, você realmente me acha gostosa me prove, comecei a chupar seus peitos duros e com o bico todo úmido coloquei ela com as pernas abertas no sofá em comecei a chupar aquela bucetinha já ta toda molhada de tesão com minha línguas ela gemia de prazer pedindo mais e mais, quando o telefone tocou ela apavorada me disse tenho que atender este toque é do Alfredo, ela atendeu toda ofegante bom dia meu amor, Bom dia Larissa esta tudo bem, esta ofegante a esta hora da manhã, sim meu bem aproveitei que a cidade é pequena e estava dando um corridinha para ficar totosa pra você meu cachorrão, então ligando pra avisar que infelizmente deu problema você pode voltar para capital vou ficar mais três meses, daí voltamos em definitivo pra esta cidade, na hora ela se apavorou queria continuar o treinamento, ela disse tudo bem Alfredo, se não tiver problema para você gostaria de ficar aqui, gostei muito da cidade e vou me preparando para você, tudo bem mais durante estes três meses ficarei incomunicável pois me deram uma ultima missão, ela então meu amor, tenha um bom dia, ela se recompôs e me disse nossa professor o que fizemos que loucura, já estava quase na hora de eu ir para o trabalho mais queria muito foder aquela bucetinha, mais ela assustada com a ligação me disse, continuaremos amanhã o treino, mais olhe bem continuaremos o treinamento, tudo Larissa, me vesti e fui para o trabalho, na manhã do dia seguinte lá estava eu novamente as 05:30 da manhã, só que desta vez a luz já estava acessa quando cheguei no portão e chamei ela me disse pode entrar professor, quando entrei para dentro para minha surpresa ela ainda estava deitada com cobertos por cima da cabeça e me disse to morta de ontem, não tem outra forma de exercício para queimar gordura, ter a até tem mais depois de ontem acho que você não iria gostar, como assim eu adorei ontem venha aqui me contar sobre estes exercícios , tranquei a porta e fui até a cama dela, ela estava apenas de calçinha e um camiseta de florzinha, entra aqui debaixo do cobertor entra vem ensinar sua aluninha preferida, com meu pau já todo duro, entrei debaixo do cobertor e fui até seu ouvido e comecei a falar este tipo de exercício vai deixar você ainda mais gostosa para seu cachorão, é e como que é este exercício, virei ela pro meu lado e beijei sua boca, e fui descendo beijando, cada passada de língua em seu corpo ela suspirava baixinho ai que delicia, enquanto ainda estava chupando sua bucetinha PR cima da calçinha ela se virou e começou a chupar meu cacete, fazendo um meia nove como nunca havia feito antes com sua língua ela passava pela cabeça do meu pau, e chupava minhas bolas, fizemos um pai e mamãe delicioso embora fosse uma posição que ela parecia estar mais acostumada, ela me disse professor sentiu, gozei no seu pau, que delicia, eu disse é mais a seção de exercícios esta apenas começando, ela nossa o que mais você tem para me ensinar, coloquei ela de quatro na minha frente aquela bunda enorme dei uns tapas e ela me disse o que vai fazer com sua aluninha, comecei a passar a cabeça do meu pau na sua bucetinha ela tremia toda nossa que maravilha, me come, me come pedia insistentemente até que enfiei todo ele na bucetinha dela, embora ela morasse na capital seu primeiro homem tinha sido seu marido que não fazia o serviço completo, ela gemendo de prazer me perguntou ainda tem algo que tenho que aprender, passei minha língua no seu cuzinho ela arrepiada disse não professor ai eu não agüento, tudo menos isso, ela nunca tinha recebido uma varada naquele cuzinho, rosado, que estava piscando para mim,eu disse calma não vou fazer nada que te machuque minha aluninha, mais com as linguadas cada vez mais forte ela não resistiu punha só a cabeçinha comecei com a cabeçinha e logo tava todo ele dentro dela ela começou a rebolar num movimento de vai e vem não resisti e gozei no cuzinho dela, que ficou todo cheio de porra, abracei ela e dormimos, quando o sol entrou pela janela já havia passado da hora de minha aula na escola, e me pediu fica mais professor, acha mesmo que com este exercício vou ficar mais gostosa, você é maravilhosa, mais sim com estes exercício você vai ficar muito mais gostosa, durante os três meses fizemos amor todos os dias do mês até que chegou o dia do marido dela vim para casa, ela me disse não sei como vou fazer para ficar sem seu leitinho diário, vou ficar desconfiada, me lembro muito bem era umas seis horas da tarde quando encostou uma viatura na frente da casa dela desceu um soldado e a chamou Larissa, ela saiu e ele infelizmente não lhe trago boas noticias, Alfredo por ser muito competente foi elevado a cargo de secretario de segurança, mais em sua ultima visita ao presídio houve uma rebelião e ele acabou sendo baleado e esta no hospital e pede para lhe ver com urgência, Larissa saiu as pressas foi até o hospital na capital, Alfredo muito mau apenas lhe disse Larissa tem uma apólice de seguro em seu nome porem você não poderá se casar novamente para poder receber o seguro espero que me perdoe e fecho os olhos, um mês depois fazendo minha corrida matinal vejo a luz acessa novamente na casa da esquina, nossa será que já alugaram para outra pessoa, para minha surpresa ao passar pelo portão Larissa estava sentada na porta me esperando, bom dia professor, me contou sobre a apólice e me disse quero contratar seus serviços mais agora você é único e exclusivamente meu professor, quero ficar cada vez mais gostosa para você, estamos juntos até hoje ela como minha aluna e eu como seu professor mais como toda boa aluna sempre superar o professor hoje em dia é ela que esta me dando umas aulinhas particulares....



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.