"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Meu melhor amigo!


autor: florzinhaazul
publicado em: 31/05/17
categoria: hetero
leituras: 2418
ver notas


Oi sou nova aqui e sempre vou me identificar como florzinha *_*. Espero que vocês gostem do meu conto que realmente aconteceu.
Sou morena, 1.70 de altura, seios do tamanho de uma laranja kkkkk, porém bem gostosos, bumbum médio.

Era domingo quando meu melhor amigo Tomas me convidou pra ir na casa dele.. Normal, pois sempre quando posso, visito ele para bater um papo e botar as novidades em dia. Confesso que sempre tive uma quedinha por ele e ele por mim, mas preferimos ficar só amigos.
Cheguei por volta de 14 hrs na casa dele, ele estava sozinho, nos abraçamos e começamos a conversar, falar dos relacionamentos que não deram certo, e de traições, entre outras coisas.. Foi quando ele começou a jogar umas indiretas dizendo que estava um bom tempo sem sexo, eu rir, porém não dei muita trela.. Ele me convidou pra ir assistir um filme no quarto dele, e me pediu pra escolher, escolhi atividade paranormal 4, a gente deitou um lado do outro. Chegou uma parte do filme que o homem quer transar com a mulher dele, ai Tomas disse: é agora, cara sortudo, até em filme os caras estão fudendo e eu nada, eu rir e fiquei um pouco sem graça porque não esperava ele dizer isso.
Dai me virei pra ficar de lado, ele me abraçou e ficamos de conchinha, sentir ele cheirando meu pescoço e depois deu um beijo, fiquei super arrepiada e ele percebeu, começou a me alisar, passou a mão em minha barriga e foi descendo até a minha coxa, foi quando eu virei e dei um beijo nele, foi o sinal verde..
Ele passou a mão por debaixo da minha blusa e chegou aos meus seios, tirou minha blusa e meu sutiã e começou a mamar meus seios ( meu ponto fraco ), foi de imediato eu fiquei molhadinha, impossível de conter os gemidos. Eu também fui passando a mão em seu corpo e cheguei no pacotão, eu não esperava que seria tão grande, deveria ter uns 19 cm e grosso que a minha mão não conseguiu fechar, confesso que fiquei com medo, queria até parar, mas resolvi continuar..
Ele foi descendo pela minha barriga, tirou meu short deu um beijo por cima da calcinha, botou ela de lado e chegou na minha ppk, deu um beijo e passo a língua, não aguentei e gozei na boca dele e ele não parou, começou a chupar e eu fui as nuvens sem nem sair do lugar, ele sabia mesmo o que fazer com a língua..
O pau dele já tava pra explodir que ele nem esperou eu retribuir, ficamos na posição mamãe e papai, ele deu a primeira pincelada na minha buceta e posicionou na entrada da grutinha e forçou pra poder entrar, só que não queria entrar de jeito nenhum, eu tava muito apertadinha, ele me pós de quatro, lambeu a minha buceta e colocou o pau dele na minha buceta e forçou pra poder entrar, conseguiu e eu comecei a choramingar, pois doeu demais, não passava a dor, ele começou a tirar e colocar, tirar e colocar, e eu fui me acostumando até começar a sentir tesão de novo, e minha buceta pingava com meu melzinho, ele começou a me fuder com força, mudamos de posição, era minha vez de cavalgar e rebolar gostoso, sentei gostoso que gozei de novo e perdi minhas forças, só que faltava ele gozar, ficamos de ladinho e ele encaixou em mim e me fudeu com força, tirou seu pau rapidamente e gozou na minha barriga. Foi delicioso, fomos banhar, nos beijamos e ficamos de marcar outra foda gostosa.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.