"Os mais excitantes contos eróticos"

 

A ENTREVISTA DE EMPREGO


autor: didão
publicado em: 04/06/17
categoria: hetero
leituras: 4489
ver notas


Estava precisando de assistente para o afazeres de rotina chegaram centenas de currículos que me chamou atenção foi de uma candidata de 28 anos morena clara e casada. Gosto de contratar casadas porque tem mais responsabilidade. Seu nome Leticia liguei e marquei uma entrevista para 8 da manhã.
Como faço deixo as candidatas esperarem por mais de uma hora na sala de recepção fico analisando pela camara, Leticia tinha vindo vestida social uma saia bege e um casaquinho também bege e uma blusa branca com um decote generoso onde realçava bem seus seios a blusa meio transparente dava pra ver seu soutien branco com abertura frontal, sou tarado por este tipo de lingerie.
As 9 e 30 mandei minha secretaria mandar entrar, minha secretaria disse bem baixinho pelo telefone.
-Chefinho esta é gostosa tem umas pernas lindas eu reparei daqui.
A candidata entrou recebi me pé cumprimentei mandei sentar.
-Bom dia sou Marcos foi eu mesmo que liguei para voce.
-Bom dia Leticia desde já agradeço a oportunidade de ser entrevistada para esta vaga.
Minha mesa é de vidro da pra ver o corpo da pessoa que esta sentada a frente.
-Bem vejo seu currículo você já casada, tem um filho seu marido trabalha como gerente de banco.
-Sim senhor.
-Vamos deixar o senhor de lado, que mais sabe fazer?
-Bem a rotina de trabalho de escritório conheço o básico,.
-Pode começar quando?
-Estou disponível pra quando a empresa precisar.
Nisso ela da uma cruzada de perna me mostra as coxas e o fundo a calcinha vermelhinha toda transparente, meu pau deu sinal de vida na hora, ela da uma risadinha.
-Mora onde?
-Zona Leste pego o metro.
-Deve levar encoxada a vigem inteira.
-Faz parte sempre tem um animadinho uma vez deve um que melou toda minha saia.
-E hoje alguém encoxou você.
-Deve um rapazinho de uns 17 anos, pra deixar o menino mais assanhado dei uma reboladinha o danado ficou d e pau duro de Itaquera até a Sé, ainda dei umas passadinhas de mão na rola dele.
-Voce é má deixou o menino em situação difícil.
Nisso ela abre mais as pernas vejo que sua buceta esta depiladinha arrisquei.
-Gosto bem depiladinha.
-O que você gosta?
-Essa buceta toda depiladinha.
-A tá quem depila é meu marido ele gosta de depilar pra mim.
Meu pau ficou duro na hora Leticia percebeu.
-Nossa vi que você esta animado.
-Também com uma gostosa na minha frente, quando seu marido depilou sua xota?
-Ontem a noite e depois meteu rola nela enchendo de porra.
-Ainda tem porra dentro dela.
-A não lavei bem lavadinha pensei vai que alguém precisa dar uma gozada dentro dela.
-Trai seu marido sempre?
-Sempre é corno manso.
-Quer ver meu pau?
-Que mais quero.
Nisso afastei minha cadeira ela veio se ajoelhou tirou meu pau pra fora e começa fazer uma chupeta, quase gozei, ela para e diz.
-Agora quero você chupando minha buceta.
Ela sentou na mesa abriu as pernas afastei sua calcinha a cai de boca chupei até a cachorra gozar.
Deitei ela no sofá mandei vara sem dó, coloquei ela de 4 comi se cuzinho.
Contratei ela hoje metemos quase todo dia.
Um dia minha secretaria nos pegou metendo acabou participando da meteção.
Sempre acabo enchendo sua buceta de porra




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.