"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Fui chantageada p anãozinho


autor: Morenabonita
publicado em: 07/06/17
categoria: hetero
leituras: 2691
ver notas


Não ia relatar mais sobre o q aconteceu com o anão, mas devido a muitos pedidos resolvi publicar. Passaram-se uns dias desde o acontecido no mercado e não me saía da cabeça o acontecido , confesso que fiquei c muito tesão, até passei no circo p ver se via o anão e nada, assisti um vídeo da branca de neve e os 7 anões, foi pior, fiquei mais excitada, certo dia tocou o interfone, era ele, mandei subir, eu estava de vestidinho soltinho bem curto e com uma calcinha amarelinha minúscula e transparente, abri a porta e ele tava com uma mochila, se desfez dela e veio correndo ao meu encontro, com o rosto enfiado no meio dos meus peitos, uma mãozinha na minha bundinha e a outra já percorrendo toda minha calcinha, sentamos e ficamos conversando, ele falando da saudade q tava de mim e coisas do circo, e eu sentei com uma perna sobre a outra, e minha calcinha ficou totalmente exposta e ele falando mas sem tirar os olhos dela, perguntei: perdeu alguma coisa aí? Ele disse: minha língua e meu dedo, aquilo me esquentou por dentro, ele me empurrou para traz e deitei, ele rápido começou a beijar minha xaninha por cima da calcinha, afastou minha calcinha e foi direto no meu grelo, e enfiou o dedo na bucetinha, meu tesão era tanto q gozei rápido, me sentei novamente e ele com uma rapidez entrou embaixo de mim, e foi novamente no meu grelo, nossa q delícia, aquela língua sabia o que fazia, olhei para a calça dele e vi q tinha um volume, abri e tirei o pau dele duro, ele me chupando como nunca tinha sido chupada, não aguentei e comecei a punhetar aquele pau, e não é tão pequeno como muitos pensam, ele me chupava tão gostoso que não resisti e comecei a chupar, fizemos um 69, ele embaixo, gozei feito louca novamente, e senti que ficou mais duro o pau dele, gozou, gozou muito, na minha boca no meu pescoço, meu vestido, ficamos ali um tempinho, fui no banheiro tomar uma ducha, quando voltei ele tava agitado e nervoso, perguntei o porque, ele disse q tava com medo que meu marido chegasse, tranquilizei dizendo que ele só viria no fim de semana, aí ele me pediu p por aquele baby Doll q eu tava da primeira vez que ele veio no prédio, q tinha tocado punheta e gozado lembrando do acontecido, como p me exibir na perco tempo fui no quarto e fiz o que ele pediu, quando volto na sala ele tá inquieto e agitado, veio ao meu encontro, esfregando o pau nas minhas pernas e com uma mão na minha bundinha e a outra na minha bucetinha, tirou meu peito p fora e começou a chupar, meu tesão novamente foi a mil, c um dedo na bucetinha e o outro no cuzinho, tava denovo molhada, ele sentou num sofá de um lugar, tirou aquele pau duro novamente, colocou uma camisinha e disse: venha senta aqui que quero fuder tua bucetinha, disse: não, nunca traí meu marido, penetração não, ele veio meu encontro novamente e começou a me bolinar com os dedos na minha bucetinha e esfregando a mão mas minhas coxas e enfiando o dedo no meu cuzinho com uma maestria q nunca tinha sentido, empurrei ele no sofá e sentei no colo dele, ele afastou minha calcinha e começou a pincelar aquele pau na minha bucetinha, não aguentei e comecei a cavalgar naquele anão, nesta mesma posição senti todinho ele dentro de mim e não demorou muito, gozei, gozei e gozei muito, ele gemeu alto e gozou muito novamente, fiquei com vergonha e medo do que fiz, mas o tesão falou mais alto e não teve jeito, traí meu marido pela primeira vez e com um anãozinho,,,, continua...









ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.