"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Comi a Érika e gozei na boca da Bianca.


autor: Juanzito
publicado em: 08/06/17
categoria: jovens
leituras: 3936
ver notas


Um dia depois de eu quase comer a Manu na casa dela, eu tive que voltar lá, mesmo ela estando com raiva de mim por eu não querer ser o namorado dela. Eu tinha prometido a irmã mais velha dela, a Érika, que eu iria ajudar ela em Física, ela era do primeiro ano do Ensino Médio e tinha 15 anos (quase 16), e apesar de eu ainda estar na série, eu achei que poderia ajudar a ela.

Quando eu cheguei pela manhã na casa dela, a mãe dela não tinha saído e ela veio me atender e disse "não esparava que você viesse, a Manu disse que vocês brigaram", e eu respondi "ela me entendeu mal, mas eu vim dessa vez por você", e ela falou "então tá bom, entre". A irmã da Manu não parecia ser tão pra frente quanto ela, parecia mais uma mocinha, menina de família, daquelas que é pra casar, mas eu tava fissurado no tamanho da bunda dela, não conseguia tirar o olho.

Ela usava um short de laicra e uma blusa branca e frouxa, mas com um sutiã por baixo, eu pedi pra ela me mostrar em qual parte do livro ela tava tendo dificuldades, então lemos juntos e eu fui ensinando o que eu entendi a ela, mas ela era meio burrinha pra entender, mas eu gostei de ensinar a ela, a gente rio bastante, ela ficava dizendo "eu sou muito burra", "acho que não consigo aprender", "não tem jeito pra mim", e eu segurei na mão dela e disse "você vai aprender sim, tenha calma, confie em mim", e ela disse "ainda bem que você é insistente e confiante", aos poucos ela foi entendendo a matéria e quando já estavamos cansados de estudar, ela se deitou na cama e disse "eu já não aguento mais, estudar cansa muito" e eu olhei pra ela e disse "a gente pode fazer outra coisa", mas ela disse "como assim, do que você tá falando", eu percebi enquanto ela tava deitada com os peitos pra cima o quanto os peitos dela eram redondinhos e bonitos, então eu fui até ela, coloquei a mão na barriguinha dela e disse "tira a blusa que eu te mostro uma coisa bem legal", então ela falou "tá certo", ela achou que eu ia fazer alguma brincadeira e ficou só de sutiã, então eu toquei nos peitos dela com as duas mãos e ela disse "que é isso? O que você tá fazendo?"

Então eu disse "você já sentiu prazer antes?" e ela falou "quando eu beijava meu namorado, mas a gente terminou", então eu perguntei "você ainda é virgem?" e ela disse "sim", então eu perguntei "posso tirar seu sutiã e fazer uma coisa que você vai gostar muito?", e ela ficou pensando, mas falou "tá certo, eu tou curiosa pra ver o que você vai fazer", então eu tirei o sutiã dela e comecei a tocar os seios dela, ela começou a se tremer na cama, enquanto eu tocava o biquinho dos peitos dela ela quaee soltava uns gemidos e disse "nossa, como isso é bom", e eu disse "você ainda vai sentir muito mais", então coloquei minha boca no peitinho dela e comecei a chupar, e ela começou a gemer e a se molhar todinha, chega dava pra ver a umidade através do short.

Então eu comecei a dá umas lambidinhas no biquinho do peito dela e fui lambendo ao redor e subir até a boca dela e comecei a beijá-la, ela era romântica e me beijava como se eu fosse o amor da vida dela, mas eu era só o cara que ia tirar a virgindade dela. Então eu desci até a barriguinha dela e comecei a beijar e fui descendo e ela passava uma perna por cima da outra se contorcendo de prazer, então eu puxei o short dela, a calcinha amarela dela já tava toda molhadinha.

Eu tirei a calcinha dela e disse "agora você vai sentir algo que você nunca sentiu na sua vida", e comecei a chupar a bucetinha dela, ela quase pulava da cama e dava cada gemido de prazer (que só vendo), era uma delicia os gemidos que ela dava, essa menina perguntava "o que é isso? Como você sabe fazer essas coisas sendo tão novo?" e eu respondi "a vida me apresentou ao sexo muito cedo e agora eu sou essa maquina de prazer que você está vendo", então ela disse "nossa, você é mesmo uma coisa de outro mundo, essa chupada que você dá é uma delícia", e enquanto isso eu ia metendo minha língua lá dentro da bucetinha dela e lambia na brechinha e chupava o clitóris dela chega ela se revirava.

Mas o meu prêmio estava atrás, pedi pra ela se virar e comecei a chupar o cuzinho dela, aí que ela foi a loucura mesmo, e eu também, que bunda ela aquela, minha cara se perdia naquela bunda deliciosa, meu pau já tava latejando na cueca, então coloquei ele pra fora, enconstei a cabecinha no cuzinho dela e disse pra ela relaxar, ela enconstou o rosto na cama e fechou os olhos, então eu meti a cabecinha no cuzinho dela, ela disse "aih Juan, devagar", então eu puxei e comecei a socar devagar e ela começou a gemer e disse "que gostoso, seu pau é muito gostoso".

Eu tava ali me deliciando naquele cuzinho quando de repente a irmã dela mais nova entrou, ela só tinha dez anos e ficou olhando pra mim comendo a irmã dela e perguntou "o que é isso?", a Érika tomou um susto e começou a gaguejar, então eu respondi "nós estamos brincando de cavalinho", pra minha surpresa ela acreditou, ainda era inocente.

Mas ela perguntou "também posso brincar?", o nome dela era Bianca, ela só tinha 10 aninhos e era tão linda quanto a Manu e já tinha uma bundinha bem arrebitadinha, então eu falei, pode, mas você vai ter que chupar a mamadeira primeiro, porque o cavalinho quando nasce ele tem que tomar bastante leite pra poder crescer, e ela disse, cadê a mamadeira, e eu mostrei o meu pau a ela e disse "tá aqui, se você chupar direitinho vai ganhar leitinho" e ela pegou com um pouco de timidez no meu pau e foi apaupando, meu pau tava latejando e eu tava muito excitado com aquela menina de dez anos segurando o meu pau, então ela começou a chupar.

Meu Deus, eu fui a loucura nessa hora, a irmã dela pareceu não aprovar muito o que eu tava fazendo, mas eu disse "olha Bianca, você não pode contar pra mamãe que tava brincando comigo disso, tem que guardar segredo tá bom?", e ela chupando o meu pau só balançou a cabeça dizendo que tinha entendido, ela chupou meu pau até eu gozar, então ela se assustou com a boca toda melada e um pouco do meu gozo espirrou na cara dela e tava quentinho, então ela perguntou "o que é isso?", e eu disse "é o leitinho", tem que beber tudinho".

Mas a irmã dela, a Érika, também ficou curiosa e disse "nossa, eu também quero isso Juan", faz comigo, então eu disse pra Bianca ir lavar o rosto e não deixar as outras irmã dela ver que ela tava melada e que depois voltasse, quando ela saiu eu tranquei a porta e disse pra Érika, calma que agora eu vou ter que reunir minhas energias novamente, então comecei a chupar a bucetinha dela toda molhadinha de novo até meu pau ficar durinho e mandei ela chupar.

Nunca vi ninguém chupar um pau con tanto gosto, então ela chupou, lambeu e olhava pra mim esperando o leitinho e eu disse, só mais um pouquinho, quando derrepente lá estava meu sêmen saindo de novo, todo na boquinha dela, e ela disse "não é bom, o gosto" e eu falei "o que vale é o prazer", "agora fica de quatro e deixa eu tirar sua virgindade", e ela obedeceu, mas disse "vai com calma", então eu disse "você já é uma moça, você aguenta", então meti o meu pau na bucetinha dela, ela soltou um gemidinho gostoso, então eu bati de leve na bunda dela e disse "lá vai gostosa, você agora é uma mulher", e ela disse "isso é muito bom, eu tou gostando", e eu fui aumentando as estocadas e a força e ela gemia gostoso, então eu gozei pela terceira vez, ainda bem que não saiu quase nada, imagina se ela pega um filho meu, na hora eu nem pensei nisso, então nos vestimos e quando a irmanzinha dela voltou batendo na porta eu resolvi melhor ir embora, a mãe dela já tava pra chegar.

Ela fez a cabeça da irmãzinha dela pra não contar pra ninguém e ainda bem que deu tudo certo, mas eu tive que voltar lá outras vezes, eu contarei mais sobre a Érika, a Manu, a Bianca e a outra irmã delas em outra oportunidade. Até mais!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.