"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Obesidade e prazer (Lésbicas 👙)


autor: katyferreira
publicado em: 10/06/17
categoria: lésbicas
leituras: 2386
ver notas


Depois de algum tempo conversando com Gislaine percebi que ela se interessava pelas mesmas coisas que eu e isso abria um leque de possibilidades enorme.

Gislaine é uma amiga, casada, que inclusive tenho várias intimidades com o marido, com o consentimento dela, claro (contei isso em outro conto).

Há tempos ela se queixa de não se sentir desejada e que está muito acima do peso ideal, o que está atrapalhando suas relações. Da última semana pra cá eu tive algumas vontades “estranhas”, como por exemplo, ver essa minha amiga se masturbar pra mim, sei lá, eu queria saber como seria.

Quinta-feira durante a tarde confessei a Gislaine meu interesse, fui bem discreta e por minha sorte ela sorriu e disse que pensaria com carinho no caso, já que ela nunca se envolveu com mulher.
Na sexta pela manhã conversamos novamente e resolvemos sair do trabalho direto pra um local mais reservado.

Pra quem não sabe meu nome é Katy, tenho 25 anos, sou casada e assim como essa minha amiga sou um pouquinho acima do peso, não tanto quanto ela, sou fofinha. A casa que fomos é próxima ao centro da cidade que moramos, antes uma casa de aluguel dos meus pais, agora uma casa onde me aventuro sexualmente sempre que possível.

A noite estava bonita e o clima ajudava bastante nosso “romance”, disse a ela pra ficar a vontade e assim ficamos conversando durante algum tempo. Ficamos ali um tempo e assim que percebi oportunidade roubei um beijo. Sorrindo e muito envergonhada ela disse que foi bom mas que era tudo muito diferente pra ela.

Entre beijos e conversas a noite se estendia sem nada acontecer, passados uns 40 minutos eu resolvi tomar a iniciativa e comecei a tocá-la de forma mais “caliente”.

Gislaine se deixou levar pelos meus carinhos e quando percebi eu já estava com minha mão dentro de sua calça.

Notei que ela já estava excitada e tratei de me deliciar naquele corpo. Depois de alguns toques por dentro da calcinha, tirei sua roupa e comecei a beijar e lamber com vontade. Acho que nesse momento ela relaxou e me deixou mais a vontade pra fazer o que eu quisesse.

Pouco depois já estávamos nuas, duas gordinhas se beijando e se tocando feito loucas, Gi parecia que já estava acostumada pois logo começou a me chupar, inicialmente os seios e depois outras partes…

Aquela mulher gorda, da pele morena e bem lisinha me deixou super afim de sentir seu prazer. A cada movimento, seu corpo flácido se mexia todo, por mais que pareça estranho eu estava gostando daquilo.

Gislaine se deitou de frente pra mim e me puxou pra que a chupasse, me coloquei entre suas fartas coxas e comecei a lamber aquela bucheta rechonchuda, fofinha e muito deliciosa por sinal rs

Confesso que demorei um pouco pra me acostumar e conseguir dar prazer, mas me encontrei e fui logo lamber aquele grelinho (que aliás de “inho” não tem nada rs)

Enquanto lambia, eu acariciava suas coxas, sentia sua pele lisa deliciosa em minhas mãos, celulites, estrias não eram problemas naquela relação, duas mulheres comuns se deliciando com seus corpos “fora do padrão”.

A cama ficou pequena pra nós duas, quando nos acostumamos uma com a outra começamos a nos mexer, a rebolar, se beijar, dar tapas…

Lembram da minha vontade que disse no início do conto?
Pois é!

Pedi Gislaine que se tocasse e me deixasse admirar, ela sem pensar duas vezes realizou meu desejo.

Uma mulher bela, com o corpo avantajado, uma buceta lisinha e bem gordinha se tocando pra mim. Era uma experiência deliciosa!

Enquanto ela se tocava, com a outra mão ela levava o bico dos seios até a boca, jamais iria pensar naquela possibilidade rs
Essa cena me excitou profundamente e me juntei a ela.

Duas gatas gordinhas se tocando, agora eu estava deitada ao lado da Gi e enquanto ela se masturbava eu a admirava e me tocava também. Não ficamos assim por muito tempo, logo o tesão falou mais alto e voltamos a trocar carinhos.

O 69 que fizemos foi incrível, seu corpo não atrapalhava em nada as chupadas e lambidas, pelo contrário. No meio da relação não havia mais preocupação com peso, medidas, padrão, nada… só um prazer maravilhoso.

Fiz minha amiga gozar a chupando muito, ela jorrou aquele liquido maravilhoso todo em minha boca, enquanto eu chupava e me tocava ao mesmo tempo.

Percebendo que ela havia gozado e eu ainda não, Gislaine me sentou na cama, veio por trás me abraçando e começou a me tocar, quanto mais ela me tocava mais forte ela abraçava, aqueles seios esfregando em minhas costas me deixou doida de vontade.

Seus dedos gordinhos no meu grelinho, meu suor escorrendo, eu me contorcendo feito uma maluca e incrivelmente GOZEI.

Ahhh!

Um gozo libertador, um gozo duplamente prazeroso, um gozo sensacional.

Gislaine continuou ali me abraçando e me tocando mesmo depois que gozei, acho que ela gostou mais do que eu esperava. Poucos minutos depois Gi estava me chupando e eu estava prestes a gozar de novo, mas dessa vez eu queria que fosse em conjunto.

Fiquei por cima da minha amante gordinha, nossas pernas entrelaçaram e ficamos ali nos esfregando!

Quando percebi que Gislaine iria gozar, intensifiquei os movimentos e comecei a gemer alto, ela por sua vez começou a falar várias coisas que estavam me excitando ainda mais.
Fode sua gorda vaii!
Me dá prazer gordinha…

Dali em diante acho que até os vizinhos ouviram, eu gemia, gritava e gozava muitooo. Minha amiga por sua vez também gozou muito e gemeu o dobro rs

Estava realizada momentaneamente!
Conversamos um pouco, continuamos nos beijando e nos despedimos prometendo fazer isso mais vezes.

Agora eu tinha uma amante de peso pra minha lista e estou pensando seriamente em só me envolver com mulheres, me identifiquei muito.

Bomm…
Espero que tenham gostado do meu continho

Me escrevam
katyf083@gmail.com

bjos e até os próximos contos




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.