"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Rapidinha no estacionamento


autor: Lenhador
publicado em: 14/06/17
categoria: casual
leituras: 3074
ver notas


Sempre que precisava ir ao setor de gestão de qualidade era com grata satisfação, pois a coordenadora do setor eram bem interessante. Thais era uma loba com aparência de 27 anos, cujos seios se destacavam no corpo harmonioso com encantos nos lugares certos. Uma pessoa que emana sedução e simpatia.

Nas vezes que a via sempre sou recebido com sorrisos largos e olhar diferente, más fingia não perceber nada.

Ao me locomover em direção ao setor para resolver uma demanda urgente nem esperava encontrar alguém na sala devido a ser mais de meio dia e praticamente horário de almoço da maioria dos colaboradores da empresa.

Como a porta estava entre aberta cheguei entrando e me deparei com Thais acomodando os seios no sutiã.

_ Nossa! Desculpa entrar sem bater. Falo sem desgrudar os olhos dos belos seios.

Ela toda sem graça fica de costa e fecha a camisa de uniforme e me olha nos olhos.

_ Que isso. A culpa foi minha, pois deveria ter ido arrumar a alça do sutiã no banheiro, más estava incomodando muito. Conversa ela.

_ Se preferir volto em horário apropriado. Desconverso.

_ Pode ficar, por favor, não comenta com ninguém sobre o que viu. Fica entre nós dois. Suplica-a com olhar preocupado.

_ Não comentarei Thais e além do mais quem iria acreditar que ao entrar aqui na sala vi os seus belos seios de fora?

_ Paraaaaa! Ela sorri meio vermelha e pega os papéis em minhas mãos.

_ Bom almoço pra você. Despeço-me e saio direto para o refeitório, más passei no estacionamento para ver se tinha vaga em local coberto e com isso tirar um cochilo após o almoço, por sorte tinha uma vaga que ocupei mais que depressa.

Após almoçar corro pro carro e deito no banco traseiro e adormeço depois de programar o despertador do celular. Não durou nem 30 minutos o cochilo, pois acordei com o barulho de alguém conversando perto e ao esticar a cabeça de leve vi que era Thais no carro ao lado. A conversa estava boa pois ela estava com uma das mãos acariciando o seio e fiquei apreciando já com o pau latejando. Devido a meu carro ter insulfim muito escuro nem era notado.

Após a conversa Thais coloca vídeo pornô e abaixa um pouco a calça e tenta esconder os seios com uma blusa.

Meu tensão aumenta ao começar ouvir os gemidos e me vem vontade imensa de ir ajudar aquela loba a gozar.

Sem fazer muito barulho saio devagar pelo lado oposto do carro tentando não fazer barulho e inclinado pra não ser visto.

Aproximo-me aos poucos ouvindo gemidos e barulho de dedos na buceta muito molhada.

_ Bonito neh Thais? Comento já na janela do carro dela

_ Você é o culpado. Ela nem tenta disfarçar que está se masturbando.

_ Eu? Pergunto ainda surpreso.

_ Todo dia fico tentando adivinhar o tamanho do seu cacete e hoje a me ver seminua bateu tanto tesão que preciso gozar. Responde ela toda tesuda.

_ Pula pro banco detrás gostosa. Ordeno.

Entro no carro e abro as pernas da safada e caio de língua na buceta melada no que ela começa a rebolar e gemer.

Pra evitar gritos ou mais barulho e com isso chamar atenção ficamos num 69 onde ela abocanhou meu cacete com muita gula.

_ Que cacete gostoso moreno. Elogia-a.

_ Que buceta gostosa de chupar morena. Retruco elogiando.

_ Vou gozar delicia chupa meu grelo. Implora ela.

Começou a mordiscar o grelo da vadia e ela rebola na minha boca enquanto mordisca a cabeça do meu pau alternando com lambidas.

Gozamos juntos e ela engoliu a porra toda.

Arrumamos-nos depressa e combinamos de ir ao motel após o expediente, pois ao atolar dois dedos na buceta da Thais notei o quanto era apertada o que me deixou mega a fim de comer aquela buceta.

Continua...





















ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.