"Os mais excitantes contos eróticos"

 

A Sobrinha e o Tio Parte I


autor: mariana1992
publicado em: 16/06/17
categoria: hetero
leituras: 4671
ver notas


A sobrinha e o tio

Olá! Meu nome é Mariana, este é meu primeiro conto, aqui vou publicar minhas histórias pessoais e também o que imagino e desejo. Por favor comentem, estou ansiosa para saber se vocês gostaram. Beijos!

Certo vez fui passar o fim de semana na casa de minha madrinha, era algo que sempre fiz, passar fins de semana alternados na casa de meu tio e madrinha. A casa deles é grande, algo que sempre gostei.

Depois da aula minha madrinha me buscou e fui direto para a casa deles, almocei e passei a tarde assistindo filme. Fomos todos dormir, minha madrinha e tio no quarto deles e eu no que eu dormia sempre.

Virei e virei na cama e o sono não veio, decidi descer para beber suco ou refri na cozinha e voltar para a cama. Quando desci vi que meu tio assistia tv.

-Ainda acordada Mariana?
-Perdi o sono... vim beber água.
-ah, tudo bem, se quiser pode vir assistir tv, está passando um filme legal.

Bebi a água e sentei no sofá do seu lado, era um filme de ação, comentamos algumas cenas e comecei a sentir sono. Como estava frio ele me ofereceu seu cobertor, aceitei e me cobri.

De repente me vi abraçada com ele, encolhida e o sono fugiu, seu cheiro, meu rosto apoiado em seu peito me despertou. Fingi que estava dormindo e aproveitando o momento. Assim senti que seu dedo passava pelo elástico da minha calça de algodão, bem de leve.

Continuei fingindo que estava dormindo e pensando no que estava acontecendo. Ainda fingindo que estava dormindo me arrumei e aproveitei para colocar a mão perto de seu pau. Quando me mexi ele tirou rapidamente a mão, mas depois voltou a mexer na minha calça, dessa vez no elástico da minha calcinha.

Estava gostando porque não me sinto bonita, sou magrinha, com 1,60 de altura, 55 kg, cabelos claros e meu corpo não é malhado, é natural, seios pequenos. O que mais gosto é meu bumbum que é redondinho - gosto de me sentir desejada.

Comecei a aproximar minha mão de seu pau que já estava duro, senti que era grande. Sua mão baixou um pouco minha calça e calcinha e acariciava meu bumbum enquanto eu alisava seu pau.

Nesse momento ele já sabia que estava acordada, mas continuo fingindo que nada de mais acontecia. Puxei um pouco sua calça e vi a cabeça de seu pau, vermelha e grande, meu tio e moreno, meio gordinho, nunca vi ele assim, mas naquela hora estava com muito tesão.

Comecei a punhetar seu pau, grosso, minha mão não fechava inteira e ele começou a alisar meu cuzinho, estava tão gostoso sentir o dedo dele em movimentos circulares no meu cuzinho.

Não pensei duas vezes, cai de boca naquele pau moreno e comecei a mamar, ele começou a colocar o dedo no meu cuzinho e até soltei uns gemidos baixinhos. Tentei colocar tudo o que aguentei na boca, mas era grande.

Enquanto chupava, aproveitando o dedo no meu cuzinho senti vários jatos fortes na minha boca. Encheu minha, boca e ele segurando minha cabeça, não sabia o que fazer e engoli, tudo.

Nisso ele falou baixinho:

-Não faz barulho, deita no sofá.

Eu deitei, ele tirou minha calça e calcinha e chupou minha bucetinha, gozeis umas três vezes com aquela língua. Então ele me perguntou:

-Você é virgem?

Eu acenei que sim com a cabeça, então ele me chupou mais e passou a cabeça de seu pau no meu grelinho e na entradinha da minha bucetinha, fiquei louca com aquilo, queria dar naquela hora.

Fiquei com tesão e assustada ao ver aquela cabeçona passando pela minha bucetinha pequena. Mas então ele disse para ir ao meu quarto, não disse nada a ninguém. Paramos porque já eram quase 5 horas da manhã.

Espero que tenham gostado! Comentem, quero publicar a continuação.

Beijos!




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.