"Os mais excitantes contos eróticos"

 

A Sobrinha e o Tio Parte II


autor: mariana1992
publicado em: 16/06/17
categoria: hetero
leituras: 4194
ver notas


A Sobrinha e o Tio Parte II


Olá! Meu nome é Mariana, aqui vou publicar minhas histórias pessoais e também o que imagino e desejo. Por favor comentem, estou ansiosa para saber se vocês gostaram. Beijos!

*Leia primeiro A sobrinha e o tio Parte I.

Depois daquela noite só pensava em sexo com meu tio! Esperei ansiosa até nos vermos novamente, afinal tudo tinha quer ser escondido.

Enfim chegou o tão aguardado fim de semana, seguimos a mesma rotina, passamos a tarde, jantamos, assistimos tv, demos risadas e fomos dormir.

Novamente aguardei até que minha tia dormisse, porque sabia que meu tio estava acordado. Desci as escadas devagar e o vi no sofá. Assim que ele me viu na escada fez sinal para que eu não fizesse barulho. Desci devagar, quando me aproximei dele, segurou meu braço e me deu um beijo de língua.

Sentei em seu colo e nos beijamos por algum tempo. Era a segunda vez que eu beijava, foi muito bom. Eu estava de camisola nesse dia, então ele passou a mão nas minhas pernas, apertava meus pezinhos e mexia nos meus dedinhos, até que começou a esfregar meu grelinho.

Segurei em seu pescoço porque dava muito tesão seu dedo em meu grelinho. Então ele me deitou e chupou minha bucetinha, sentia sua língua nela toda.

-Mari, quer me chupar de novo?
-Quero sim!!!

Fiquei feliz por ele ter pedido porque tive certeza que ele gostou da última vez. Sentei no sofá, ele de pé de frente para mim, desse jeito seu pau parecia maior ainda. Era grosso, duro, cabeça saliente e bem babado. Dessa vez segurei suas bolas, saco macio e bonito enquanto sentia seu pau duro em minha boca.

Ele olhava para mim enquanto chupava, dizendo algo que não conseguia entender. Chupei por um tempo até que ele me perguntou, baixinho, em meu ouvido.

-Se você não quiser tudo bem, mas queria muito fazer com você. Gostaria de ter sua primeira vez comigo?

Meu coração disparou, pensei “claro que sim” e respondi:

-Quero tudo com você!!! Mas não sei fazer...
-Ai, Mari, não se preocupa com isso, só aproveita tá bom!
-Uhum...

Esperei ele deitada no sofá da sala, ele foi certificar que minha tia estava dormindo. Ela devia tomar calmantes porque ela desmaiava mesmo.

Ele voltou com um sorriso no rosto, seu pau duro, que tesão me deu. Ele se deitou ao meu lado, me beijou e colocou a língua na minha bucetinha branquinha, então veio em cima de mim e encaixou seu pau na entradinha.

-Se doer muito você fala tá? Vou devagar tá bom.
-Tá.
-uiiiiiiii, hummmmm. Tá gostoso tio.

Na entradinha estava gostoso mesmo, quando ele afundou um pouco mais senti uma pontada e daí uma dor.

-Aiiii!!

Ele rapidamente tapou minha boca com a mão e disse:

-Não faz barulho Mari!! Calma, dói um pouquinho, já passa.

Estava doendo, mas me entreguei ao tesão e comecei a lamber a palma da sua mão, ele então colocou o dedo em minha boca e comecei a chupar, chupava seu dedo enquanto ele tirava minha virgindade com seu pau grosso.

-Tá gostando Mari?
-Uhum... muitoooo!
-Não vai entrar tudo, mas na próxima vez será muito mais gostoso.
-Eu quero tio!
-Sim, vamos fazer sempre que você vier aqui em casa.
-Vou gozar! Que tesão você é!!

Gozou na minha barriguinha, cobriu minha barriguinha com seu gozo! Disse que não ia gozar dentro.

-Adorei sua bucetinha Mari, tão gostosa, apertadinha, lisinha e branquinha.

Essa coisas que ele dizia para mim eu adorava, foi o que me fez descobrir quem eu era, me sentir bonita. Eu já depilava minha bucetinha, mas meus pelinhos sempre foram poucos e clarinhos.

Ficamos deitados juntinhos um tempo e fomos dormir, cada um em seu quarto. Eu fui dormir imaginando como seria a próxima vez.


Espero que tenham gostado! Comentem, adoro ler os comentários, compartilhar experiências. Um beijo em especial a todos que gostaram da primeira parte e estavam aguardando a segunda, logo terá a terceira.

Beijos!!




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.