"Os mais excitantes contos eróticos"

 

DOUTOR GOSTOSO


autor: boequinha1
publicado em: 18/06/17
categoria: casual
leituras: 3305
ver notas


Eu curso odontologia e vamos combinar que tem um monte de dentistas gostosos por ai. Um dia desses vi um no Insta e resolvi segui-lo, logo após ele me seguiu de volta e comecei a acompanha-lo, o cara é lindo demais e ainda é especializado na área que quero, porém é casado e pai de dois filhos. Então sabia que jamais teria chance alguma, nem quis tentar. Mas por ele ser da área, tentei ao menos conhecer so para trocar experiências né... resolvi mandar um direct pra ele no Insta e ele me respondeu, disse que quando estivesse por aqui, queria conhece-lo, por ser da área, seria bom pra mim e ele concordou (ele mora em um estado vizinho ao meu, mas vive vindo aqui atender ou da cursos).
Depois de algumas conversas pelo Insta mesmo, ele foi levando as coisas para outro lado, dizendo que como ele é casado não podiamos ir pra locais públicos pra não ser visto com uma aluna e que quando fossemos no ver tinha que ser um local mais "reservado". E começou a insistir nisso.
Faz uns dois meses que ele vem sempre vindo aqui na cidade e nunca da pra gente se ver, ate que ontem, eu estava em uma festinha junina e como dissemos que iamos tentar, mandei mensagem pra ele umas 23:30, ele me respondeu, disse que estava em casa e que era perto de onde eu estava. Ainda estava em dúvida se ja queria ve-lo, estava insegura demais, pois sou gordinha e ele é lindo, sei lá... ate que mandei a localização e não demorou 10 minutos, ele chegou para me buscar.
Meu coração quaaaaase salta pela boca, ele tem 1,80 de altura, bem Branco, aparenta ter 32 anos no máximo, sorriso perfeito, barba um pouco grande e aparada, corpo bem definido e estava todo arrumado, camisa social num tom escuro, calça jeans, sapatenis, Tucson. Parecia um Príncipe.
Entrei no carro e ficamos rodando atrás de motel (sou péssima com endereços e ele não mora aqui, aí ja viu), enquanto isso conversarvamos, até que no caminho avistamos um e falei pra ele entrar. Era um motel bem de quinta, mas, ja haviamos perdido muito tempo tentando achar um bom.
Chegando lá, ele tirou os sapatos, eu também, ele estava sentado na cama, sentei também e ele comecou a me beijar, sinceramente não estava acreditando muito no que estava acontecendo, parecia sonho (eu me acho bonita e gostosa, mas pros padrões eu estou um pouquinho acima do peso). Ele me deitou, começou a beijar minha boca, que beijo bom hein, metendo a língua, comecou a querer tirar minha roupa. Ai eu disse que ele estava muito vestido também, ele levantou e começou a tirar a roupa dele e eu so tinha tirado minha blusa
Ele sentou na cama e fui baixando e peguei no pau dele, ja estava bem duro, comecei a lamber todinho e a chupar bastante, enquanto isso ele tirou meu sutian e meu short... ele segurou na minha cabeça e começou a me guiar para fazer mais rápido. Depois ele puxou a minha cabeça para parar e me levantou, tirou minha calcinha e me deitou. Começamos a nos beijar e ele foi passando a mão no meu corpo, apertando meus seios, desceu os dedos até minha buceta e começou a massagear e a me foder com o dedo, enquanto me beijava. Eu ja estava louca, querendo o sentir dentro de mim... foi quando ele ficou entre as minhas pernas, e ficamos na posição papai e mamãe. Sentir ele passar a cabeça daquele pau gostoso pela minha buceta até meter tudinho de uma só vez, foi me abrindo todinha, que pau gostoso ele era médio em tudo, nem tão grosso nem tão fino, nem tão grande nem tão pequeno. Depois ele retirou e colocou a camisinha.
Começou a meter e sair dentro de mim rápido, eu não tinha nem reação, não conseguia nem gemer direito, estava tão gostoso tudo. Ele me beijava, passava a língua na minha orelha, chupava os meus peitos...
Até que ele levantou um pouco, ficou segurando nos meus seios e metendo em mim bem gostoso ate que ele gozou...
Eu ja havia gozado logo no começo, estava com tanta vontade dele que quando ele meteu ja fui gozando...
Ficamos conversando, ele fazendo perguntas sobre minha vida e eu respondendo na verdade. Foi um pouco sem graça e rápido, pensei que faríamos novo, mas ele foi pegar o celular e havia uma ligação da esposa dele. Como ele estava sem internet porque o pacote dele havia acabado e na casa que ele estava tem Wi-Fi, ele achou melhor irmos para ela não desconfiar de nada.
Concordei, nos arrumamos e ele veio me deixar em casa. Na porta, ele me deu um beijo no rosto porque tinha uma pessoa nos olhando, puxei e dei um beijo na boca e falando eu quero mais, hoje foi muito pouco e ele me disse: "Sexta eu venho pra ca de novo, te mando mensagem te avisando".
Bom, vamos aguardar pra ver o que rola. Sei que é errado, mas quero ser fudida muito mais por aquele homeemmm...



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.