"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Presente de aniversário.


autor: tinatanya
publicado em: 27/06/17
categoria: grupal
leituras: 2271
ver notas


Naquele dia, por ser meu aniversário, Eu me sentia diferente. Também sentia uma atmosfera diferente quando fui me juntar ao meu namorado e amigos no barzinho da esquina do meu trabalho. Ele veio logo me dizendo que tinha preparado uma surpresa pra mim.
Entramos na van do Jack com a Sheila, o Tom , a jô e o João (meu gato negro). Formando assim três casais.
Alguém perguntou:
- Como vc quer comemorar seu niver?
Eu, totalmente inocente, respondi:
- o João falou que tem uma surpresa pra mim. Quero ver...
Então, o João falou:
- Direto pra um motel!
Aquelas palavras me deixaram confusa. Mas, resolvi não interferir pra ver no que ia dar.
Qual não foi minha surpresa ao chegarmos lá e o Jack pediu apenas um quarto. Como assim? Íamos transar no mesmo quarto, um olhando pro outro????
Entramos naquela suíte master, eu cochichei no ouvido do João que iria ficar só olhando pois, não me sentia a vontade ficar nua diante de outras pessoas. Ele apenas sorria pra mim com aquela cara de safado, já sabendo tudo que ia acontecer, de acordo com o que haviam combinado antes.
O Jack foi logo atacando a Sheila e o Tom na maior beijação com a jô. Eu me sentei numa poltrona que havia num canto do quarto e fiquei olhando os dois casais se devorando na cama.
A Sheila deitada na cama só de roupa íntima e o Jack puxando seus seios e chupando como um cabrito esfomeado. O tom foi pra cima dela e puxou o elástico da calcinha caindo de boca naquela buceta que já Estava toda melada. A jô, pra não ficar de bobeira, foi pra cima da Sheila e passou a esfregar a buceta na cara da amiga.
Aquela cena a princípio me chocou, depois foi me deixando com um tesão absurdo. Minha cabeça começou a girar, fiquei tonta com se tivesse bêbada e lá em baixo, tudo piscava como nunca tinha sentido antes. O João, percebendo minha respiração pesada, foi logo tratando de me dar uns malhos. Sentou-se por trás de mim e foi se comprimindo. Sentir aquele cacete enorme dele, ja completamente duro, se esfregando na minha bunda foi me excitando cada vez mais. Resolvi deixar minhas reservas de lado e decidi tirar o máximo proveito da situação.
Tratei logo de arrancar as roupas do meu negão, pegando aquela rola gostosa e chupando, lambendo, esfregando no meu rosto, batendo nos meus lábios... sentia o quanto ele estava excitado. Eu batia com a cabeça do pau e aquela babinha que saia de dentro se espalhava pelo meu rosto me lambuzando toda. Nem sei como, eu já estava nua, toda aberta sentada no sofá com o João em pé por cima de mim, fodendo minha boca como se fosse uma buceta quando senti uma boca enorme, gulosa, me chupando. Eu teria ficado assustada se não estivesse tão tarada. Logo anunciei meu primeiro orgasmo. Gozei deliciosamente na boca do Jack, fazendo com que o João Também gozasse na minha boca. Ele foi ao banheiro. Quando eu ia começar a pensar naquela loucura, o Jack me arrasta pra cama e lá o Tom coloca uma camisinha no pau e me penetra selvagemente. As meninas vem pra cima de mim e cada uma sugando meus seios, sinto meu tesão crescer novamente, porém com mais força ainda. O tom não aguentou muito tempo e gozou rapidinho. A jô caiu de boca em mim e passou a lamber minha buceta, sugando meus líquidos que escorriam abundantemente. Eu estava prestes a gozar novamente, quando o Jack afastou a Jô e me penetrou. Senti um pouco de dor pois, o pau dele era muito grosso. Mas, aquelas alturas, eu já não estava pensando em mais nada. Nisso o João se aproxima de mim, e pergunta no meu ouvido se eu não queria aproveitar a oportunidade e realizar minha fantasia: fazer uma DP. Fiquei com um pouco de medo. O pau menorzinho era do tom mas, ele estava lá desmaiado. Kkkkk
o João me garantiu que não me machucariam. Então, deixei. O Jack se deitou por baixo, eu deitei sobre ele com o pau todo socado na buceta e o meu negão gostoso veio por cima lambendo meu cuzinho, metendo a língua, enchendo de saliva pra ajudar a receber sua tora. Foi um misto de dor e prazer surreal quando senti seu cacete me forçando.Pensei em desistir mas, o tesão me dominava de tal forma que eu não conseguia reagir. Ouvi gemidos ao lado. A Sheila tinha conseguido fazer o Tom se excitar novamente e estava montada sobre ele com o pau todo enterrado no seu cuzinho e no outro lado a jô se acabava com um pênis de Borracha preto, enorme. Elas Gemiam feito gatas no cio. Aquilo tudo fez meu cuzinho se abrir de vez pra receber aqueles dois machos bem dotados dentro de mim. Ficamos nesse entra e sai ate que chegamos aos nossos limites. Senti os jatos de porra que o João soltou direto nas minhas entranhas. Ele não usava preservativo. O Jack gozou também na mesma hora. Mas, ficou tudo na camisinha. Eu gozei logo em seguida, enlouquecida por dar tanto prazer aquelas dois machos deliciosos e por sentir meus dois buracos sendo arrombados ao mesmo tempo. Foi uma delícia. Passei um bom tempo sem conseguir sentar direito mas , valeu a pena. Essa foi de longe, a melhor transa da minha vida. Bjs!!!!!!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.