"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Ele ficou na dúvida: que calcinha era


autor: kaplan
publicado em: 17/07/17
categoria: hetero
leituras: 484
ver notas



(escrito por Kaplan)

Pois é: uma situação interessante viveu meu amigo Teófilo. Chegou em casa, ao fim do expediente de trabalho, fez um lanche com a esposa, depois de colocarem os assuntos em dia, assistiram aos noticiários da TV, zapearam à procura de alguma coisa interessante e nada os agradou.
Foram, então, embora ainda cedo, para a cama. Ela entrou no banheiro da suíte e tirou a roupa, ficando só de lingerie, ficou algum tempo na frente do espelho para retirar a maquiagem, e ele, assentado na cama, tirou a roupa. Tinha o hábito de deixar os sapatos embaixo da cama, facilitava quando ele acordava e tinha de se aprontar rápido.
Aí, a surpresa: havia uma calcinha debaixo da cama. Pegou-a e não a reconheceu, ou seja, não era da Angélica, sua esposa. Pelo menos uma tranquilidade, era uma calcinha e não uma cueca estranha!
Mas chamou a Angélica e perguntou:
- Querida, de quem é esta calcinha que está aqui embaixo da cama?
Ela apareceu na porta do banheiro e olhou, assustada. Reconheceu logo. E ficou desapontada.
- Ah... ela esqueceu aqui... que chato!
- Como assim? Ela? Quem é Ela? Esqueceu como? Não estou entendendo... explica!
Ela deu um suspiro.
Chegou perto dele, já tirando o sutiã, sentou-se na cama e explicou.
- Teo, eu queria te fazer uma baita de uma surpresa, mas agora avacalhou tudo.
- Que surpresa?
- Calma, deixa eu te contar...
- Está bem, conte, não vou interromper mais!
- O que você tem insistido tanto pra gente fazer ultimamente? Sim, isso mesmo, amor, você fala muito de ménage. E eu até então recusava, não conseguia me ver numa cama com você e outro homem ou você e outra mulher. Só que, semana passada eu me encontrei com uma amiga, cujo nome eu não vou falar agora, e desabafei com ela. E ela me disse que sou muito boba, não sei o que estava perdendo... e me falou que ela e o marido fazem muito, tanto com mulheres quanto com homens e que é muito gostoso.
Então eu falei com ela dos meus receios de ter mais alguém na cama. E ela falou que, se eu quisesse, ela viria aqui e me mostraria como é bom estar na cama com outra mulher. Seria interessante – disse ela – que eu experimentasse primeiro uma mulher, deixasse o ménage com mais um homem para depois.
Pensei cinco dias! Não sei como você não notou como eu estava aflita nesses últimos dias. E hoje cedo eu resolvi tentar, e a chamei aqui, viemos aqui pro quarto e ela me mostrou tudo que pode rolar entre duas mulheres. E eu adorei! Mas agora fiquei triste, porque ela deixar a calcinha aqui e você a encontrar, estragou a surpresa que você teria no seu aniversário, semana que vem. Eu ia te receber com ela, as duas nuas, aqui na cama e você teria o seu tão sonhado ménage. Que pena...
Teófilo ouvia atentamente e ficou excitadíssimo com o que Angélica lhe contou. Assim que ela terminou, com a carinha mais triste do mundo, ele se levantou, colocou-a de quatro na cama, tirou a calcinha dela e lambeu sua bunda e sua xotinha loucamente.
Estava alucinado e deixou-a alucinada também. Mais que depressa ela tirou a calça dele e contemplou-o com um boquete bacana, que se transformou rapidamente em um 69. Gemidos e o barulho de língua na xotinha, e o slurp slurp da boca no pau se tornaram audíveis, ela tornou a ficar de quatro e foi penetrada por ele e ambos gozaram com as estocadas dadas.
- Meu bem, faça de conta que eu não achei a calcinha e nem que você me contou seu plano. Semana que vem, no dia do meu aniversário, eu quero chegar e encontrar vocês duas, nuas, se beijando, aqui na cama. E prometo que não vou decepcionar nenhuma das duas!
Será o melhor presente de aniversário que você já meu deu!




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.