"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Minha Iniciação no Sexo Anal


autor: ninfa_sensual
publicado em: 19/07/17
categoria: hetero
leituras: 1789
ver notas


Oi oi gente vim trazer mais um conto pra você. Como todos sabem sou morena, tenho 1,60 de altura olhos castanhos e cabelos cacheados. Sou do tipo "corpudinha" seios e bumbum avantajados.
Tenho uma pessoa da qual transava casualmente e as minhas loucuras sempre aconteciam com ele. Vou chamá-lo de Lucas, olhos claros 1,85 de altura magrinho corpinho sarado. Eu quando mais nova costumava cabular aula para ir para a casa dele trepar, sempre fui assim "louca por sexo" e pensava que dentro de quatro paredes você pode libertar a vadia que há em você para satisfazer seu homem tudo é valido, essa historia começa assim.
Um dia antes do ocorrido Lucas me mandou uma mensagem dizendo que queria me ver que estava com saudades, e que queria transar comigo que eu era muito gostosa e fodia do jeito que ele gostava, sem muita demora fui logo respondendo que sim iria com maior prazer e que também estava com saudades de ser comida gostosinho por ele. No dia seguinte, tomei banho coloquei uma langerie branca que era a sua cor preferida peguei minha mochila e "fui para a escola". Chegando em sua casa fui recebida com um beijo caloroso e longo em seguida uma boa pegada na bunda, com ele dizendo:
- Eu sabia que você viria sua safada, você ama minha pica e não consegue ficar longe dela. e eu respondi:
- Claro que viria, é impossível ficar longe dessa sua pica deliciosa.
E já comecei a acaricia-lá por cima do shorts, e por sinal já estava ficando bem durinha. Sentei em seu colo e comecei a sarrar e beijar seu pescoço e ele correspondendo e dizendo:
- VEM MAMAR ! VEM, vem que esse pauzão esta te aguardando.
Não pensei duas vezes, ele é do tipo bem dotado sabe pra mim era a melhor pica que existia grande e grossa com a cabeça rosadinha, ideal pra minha bucetinha gordinha e lisinha. tirei seu pau pra fora e comecei a punhetá-lo lentamente, babei em seu pau olhando em seus olhos e suguei levemente a cabecinha, foi quando ele soltou de cara seu primeiro gemido dizendo:
- É, você é uma puta safada mesmo, varia de tudo pra satisfazer seu homem né minha puta? Porque é isso que você é, MINHA PUTA !
Confesso que adoro ser xingada na hora do sexo isso me excita demais !!!! Dai eu lhe respondi:
- Se tiver ao alcance da sua puta preferida pode ter certeza que farei! Então ele disse:
- Se prepara, por que hoje eu vou comer seu cu ! vou arrombar todas as pregas desse seu cu delicioso.
Na hora fique com medo, pois nunca tinha feito sexo anal, não sabia o que ia sentir se ia doer e todas as coisas que se pode pensar quando o assunto é sexo anal e respondi que não sabia, logo recebi um tapa na cara com ele me dizendo:
- Não sabe não, você vai da o cu pra mim sim , você querendo ou não eu só respondi que sim com a cabeça e voltei a chupar seu pau intensamente. A pós alguns minutos punhetando e chupando sua rola ele me coloca de quatro e me chupa todinha. Nessa hora eu entro em extase, como ele chupa maravilhosamente bem, sentia sua língua que era grande em toda a extensão da minha xana e era intercalada com mordiscadas e dedadas na minha bucetinha que já estava ficando enxarchada, ele me presentei com sua lingua em meu anus. Meu Deus que sensação maravilhosa , nunca pensei que um beijo grego fosse tão prazeroso !! nao pude evitar e gemi já recebendo um tapa na bunda.
- Você gosta né sua vagabunda!! Eu sei que gosta.
E eu respondi que sim, amava quando ele me chupava assim loucamente, e me levando ao delirio pediu para que eu relaxasse e aproveitasse o momento , pois aquilo poderia ser algo prazeroso mas ao mesmo tempo doloroso. Lubrificou seu pau e em seguida meu cu com um óleo que tinha e introduziu a cabeça. E eu gemi, gemi como a vagabunda que eu sou meu Deus aquela hora achei que iria morrer que dor era aquela e ele disse pra ter calma que era assim mesmo e eu respondi que sim com a cabeça. E logo ele começo de vagar um movimento de vai e vem e depois foi ficando mais forte e foi estocando cada vez mais aquela rola gigante no meu cuzinho e eu pudi sentir cada prega do meu cu sendo arregaçada e estava adorando tudo isso.
Gemi demais rebolei meu cu naquela pica deliciosa, gozei duas vezes e logo depois ele tirou seu pão do meu cuzinho dizendo:
- Eu disse que ia arrombar esse seu cuzinho gostoso nao disse ? E gozou tudinho na minha boca seios e rosto e eu engoli tudo e lambi os dedos. Depois disso, nunca mais deixei de dar meu cuzinho pra ele.
É isso espero que tenham gostado, deixem comentarios e sua notas isso é muito importante para mim. Me mandem mensagens também. Até a proxima.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.