"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Meu Diario 2: cada vez mais atrás


autor: gallega
publicado em: 26/07/17
categoria: hetero
leituras: 596
ver notas


Ola estou de volta para descrever mais uma pagina da minha vida e antes de mais nada vou contar um pouco
de mim pois no primeiro conto nao me apresentei, meu nome já sabem, sou loira hoje com vinte sete anos corpo
sempre malhado, gosto muito de academia mais sem exagero,seios medios e bumbum para todos desejarem,
são muitos treinos de agaxamento. Já tenho tudo escrito a muito tempo descrevi em outro site mais quero dividir
com vocês tudo que aprontei para ter uma vida sexual ativa e com muito mais desejo em aprender, do que ensinar
e até hoje tento fazer o que gosto e que posso, para ser uma boa aluna, mais sempre sendo uma dama na sociedade.
Entao vamos continuar,após ele ter me levado as alturas com mais essa descoberta pelo prazer no final de semana
fomos pra praia a noite, quem conhece algo por aqui deve conhecer Guarda do Embau, proximo a Florianopolis,chegamos
final de tarde, mais fui preparada pra praia buiquine por baixo de uma blusinha e mini saia. Ficamos
em um bar até perto das vinte e duas horas e saimos a caminhar nas trilhas de la, que tem nas margens da praia e já encontramos muitas coisas namorados já se pegando um pessoal nas rodinhas fumando vocês sabem oque,
chegamos na areia e procuravamos um lugar calminho pra ficarmos e achamos, era muito escuro e o
barulho do mar cobria qualquer ruido ele ficou sóde bermuda e foi dar um mergulho quando voltou já estava sóde biquine e me beijou me abracando forte, nao demorou pra ele baixar a parte de cima
do biquine e botar a boca nos meus seios já arrepiado por ele estar molhado, eu segurava sua cabeca
querendo que ele me chupasse todinha soltou os lacos da parte de baixo e fiquei nua, desceu levantou
umas das minhas pernas, começou e me chupar, um dos seus dedos tocou meu cuzinho que nao demorou pra ele enfiar
dentro dele um dos seus dedos e sua boca sugando minha xota. Me botou de quatro e botou na minha xotinha, me socando mas forte
eu como sempre só gemia e desejava muito mais, eu de quatro naquela areia parecia estar no paraiso rsrsrsrs...
A unica coisa que nao esqueceu foi o gel e ele nao demorou pra passar na parte desejada por ele
e por mim claro, os dedos comecaram e logo ele botou seu pau que saiu da minha xota já muito molhada
e nao fiquei de lado, quiz assim de quatro pois quando o desejo é grande tudo fica mas facil, foi devagar
e acelerando aos poucos, ele por traz, me dominava e perguntava como eu queria, eu só dizia, me fode, me fode
repetia varias vezes me puchando pelos cabelos, a outra mao na minha xota sentia muito tesao. Meu desejo já estava
chegando que era ter mais um orgasmo com aquele pau dentro do meu cuzinho, o suor escorria em nois dois e
fui ao chao gemendo de prazer, que cada vez que dava ficava melhor, ele saiu e foi dar um mergulho e nao demorou
pra voltar ainda de pau duro, segurou meu cabelo e pos na minha boca, eu que ainda nao tinha chupado
amei, pois queria muito, eu amo chupar até hoje me da tesão botar um pau na boca, nao medi esforsos para
que ele também tivesse muito tesao. Ele me fala onde queres essa porra amor sempre a mesma pergunta, mas eu gostava
e desejei na boca e ele me falou só se você engolir amor, pra saber como é, vai fazer? Eu nem respondi e comecei
a socar pra ele com o pau na boca e gozou, eu chupava e engolia ao mesmo tempo afinal oque eu queria
era ter novas experiências e engoli aquela porra com muito tesão e prazer, o gosto não mudou até hoje, as vezes um sabor
salgado ou amargo outras nem tanto, umas mais liquidas outras cremosas mais o gosto muito parecido, tomei um banho também
e fomos embora ele nao sei mas eu, realizada e apaixonada por ele e por tudo que estava rolando entre a gente.
Depois dessa transa a milanesa saimos mais uma vez e novamente em outro motel,tudo como sempre
uma transa deliciosa e aconteceu oque eu nao imaginava, ele ficou sem entrar em contato comigo uma
semana, também nao procurei "sou dificil" mas na segunda semana nao aguentei e procurei saber oque
aconteceu e nada do meu principe, tinha sumido até encontrar um amigo que sabia do paradeiro e me falou:
-ele foi embora esta em outra cidade, joinville pra ser exato e te conto mais ele casou , nao acreditei
muito, mais depois de mais uns dias tive a confirmação era verdade fiquei arrasada mas nao entendi o
porque, sera que ele sóqueria se aproveitar de mim, sera que já era casado? sera que ele sóqueria uma
aventura tambem? sera que fui tao ingenua assim? Nao sei mas nao posso falar muito pois procurei, queria
algo inovador e tive, mas mesmo assim fiquei muito triste estava gostando dele a ponto de, se ele me
falasse que era casado depois disso tudo, nao iria me importar, continuaria do mesmo jeito mas infelismente
nao aconteceu, mas depois de um tempo me recuperei, porque nao falei pra vocês mas ele era mas velho que
eu onze anos, sera que era isso, ele era mais cabeca do que eu? mas uma coisa digo a voces, gracas a ele sóqueria saber de caras mais velhos, e nao mais me relacionei com garotos da minha idade.
Mas é pagina virada, depois de uns meses me relacionei com outro cara, ele tinha vinte e oito anos, dez
a mais do que eu namoremos trez anos e quatro meses, cara super gente boa fazia de tudo pra mim, acho que
por isso nao foi alem. Ele fazia todo dever de casa no quesito sexo e era um amor nas outras coisas, era o
cara pra casar mas faltava algo, mais era tudo normal, nao tenho algo diferente pra contar a vocês mas depois
de dois anos aconteceu o enesperado, quem eu bati de frente? O sumido. Fui a uma amiga e dei de cara com ele estava de pasagem
ficou sem graca, e eu loca pra voar na cara dele, tinha odio dele e fui perguntando tudo, sabe oque me falou?
Pediu desculpas que nao deveria ter nem comesado tudo aquilo, que foi sem dar satisfação porque era noivo
minha amiga saiu até de perto, falei um monte, mais eu fui coração mole e cai na labia dele mas uma vez
e terminamos em um motel. Minha primeira traicao, mas nao poderia negar tinha saudades dele e queria
ele dentro de mim mais uma vez, nao era mais a garotinha aprendendo e garanto que a noiva dele nunca
iria chegar aos meus pés, chupei muito dei minha xota e queria que ele me fodesse como só ele sabia mais uma
vez, queria provar que era melhor do que a mulher dele e garanto que fui. Depois de um bom tempo no motel
ele me deixou perto da minha casa, nao falei mais, ele poderia me procurar, aceitaria mais acabou de vez.
Aprendi muitas coisas e também a nao me apaixonar tão facil por canalhas ou por qualquer outro que seja, foi
lição na questão sentimentos mais agradecida pelo resto.E quando estava prestes a completar meus vinte e dois
anos meu namorado me pediu pra morar com ele "casar" ai eu vi que nao era a hora e terminamos.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.