"Os mais excitantes contos eróticos"

 

O Psicologo e a paciente tímida pt2


autor: Raskolnikov
publicado em: 06/08/17
categoria: hetero
leituras: 2139
ver notas


Após Ana ter mandado a mensagem no whatsapp pensei, pensei e com muito tesão respondi perguntando - É mesmo e quer me contar com detalhes Ana? ela respondeu:

- Estou deitada no sofá, celular em uma mão e a outra por dentro de um short de malha sem calcinha, ou seja Eduardo é isso que está pensando, viu como com você nem sou tão tímida?
- Estou notando, isso é ótimo! Na próxima consulta imagino que já estará mais solta, que tal inovar na roupa novamente?
-Claro! estou me sentindo mais feliz de poder contar meus segredos pra você e também de saber que agora tenho um amigo homem, mais velho, mais experiente e que eu posso contar tudo sem ser julgada, até mesmo que adoro brincar sozinha.

Eu já estava morrendo de tesão de imaginar aquilo tudo, no banho não consegui pensar em outra coisa, pensava nela deitada, gemendo, mordendo os lábios, pensava como era sua buceta se era depilada se era pequena e já me imaginava com língua naquele grelinho. (alias adoro isso). Durante o restante do fim de semana ela mandou mensagens normais dizendo que já tinha conhecido novas amigas, estava conversando com os meninos do colégio e até mesmo que já estava saindo com mais frequencia, não em baladas mas sim em barzinhos. No domingo a noite eu já estava quase me preparando para dormir quando chega a mensagem. "Espero que não esteja frio na terça estou pensando em ir vestida assim, o que acha?" Na mensagem ela mandou uma foto com um short branco e uma blusinha de alça. Na hora já veio todo aquele fogo, respondi que estava linda e que a esperava. Ela respondeu com um áudio - "Agora vou dormir mas antes é hora do segredo... faça o mesmo pensando em algo gostoso... ". Na hora já perdi totalmente o controle e respondi:

- Já que quer contar segredos, o que tem por baixo desse short (tudo pro audio)
-A Eduardo era isso que eu queria ouvir (rindo) pera aí vou te mostrar.
Ela mandou uma foto só com a calcinha e segurando os seios
-Gostou?
-Adorei! agora já estou com vontade do mesmo que você
-Então vamos juntos vai..
Fomos por telefone se excitando até ela mandar um áudio gemendo. Por fim escreveu um boa noite, até terça!
Fui dormir quase não acreditando naquilo tudo, era muita loucura, eu jamais tinha me envolvido com uma paciente ainda mais mais jovem, porém nunca ninguém me provocou daquele jeito e nunca ninguém se deixou ser provocada por mim, a segunda feira foi lenta muito lenta, não trocamos mensagens tão pouco na terça. Até que exato horário lá estava ela! exatamente como na foto do whatsapp. Entrou e elogio o meu perfume, eu disse agradeci e e perguntei:

-Então, como foi o fim de semana e está sentindo melhoras? parece que sim pelo que notei nas mensagens
-Siiiim estou muito grata a você até minha mãe diz que estou sorrindo mais, estou falante e também fazendo novos amigos e amigas, acho que não esperava que de uma maneira tão simples as coisas fossem mudar tão profundamente, eu agradeço muito.
-Que isso Ana, é esse o meu trabalho, mas não esqueça que o tratamento não é apenas nessas 3,4 consultas, é mais extenso até que esteja totalmente livre de toda essa timidez.
-Claro claro, minha me disse isso também.. eu estou ciente, é bom inclusive que assim podemos nos ver mais.
-Ah é? está gostando de vir me ver?
-De vir te ver e gostei de falar pelo whatsapp Eduardo.
-Foi bom mesmo, e olha pessoalmente ficou mais linda do que na foto.
-(rindo) obrigada.
-Eduardo... tenho uma coisa pra contar
-Claro aqui você tem liberdade total de falar o que sentir e quiser
-Desde que te conheci eu me toco pensando em você e aquele dia a noite foi muito especial. e só de sentir seu perfume, ouvir sua voz te ver assim eu sinto muita vontade.
Ela levantou, trancou a porta e eu permaneci sentado, voltou e sentou novamente na cadeira.
- Ana.. você é uma menina linda, inteligente e muito atraente e digo o mesmo pra você.
O silêncio se fez, ela abriu o botão, um pouco do ziper do short e disse, vamos? mas primeiro eu quero ver você tocando me olhando e eu te olhando me tocando e depois... você é homem mais experiente saberá o que fazer, eu me entrego.

Ela enfiou a mão por cima por baixo do short, eu começou a tocar me olhando e eu com o pau pra fora, muito duro olhando pra ela que se mordia por inteira e gemia baixinho. Eu levantei cheguei do lado dela que começou a mamar no meu pau sem parar, eu esfregava muito meu pau no rosto dela todo babado e ela chupava, depois deitamos no chão sobre o tapete, tirei seu short a calcinha e chupei muito sua buceta, comecei beijando sua boca lentamente, mordendo os lábios e fui descendo até lamber muito o seio, desci mais e então me realizei lambendo o grelinho com a ponta da língua até sentir o melzinho na boca, depois voltei a beija-la, notei que era virgem e perguntei:
-Você está preparada, quer mesmo?
-é tudo que eu mais quero Eduardo, vai ser perfeito com você, tirar vai mas bem devagar.

Fui empurrando até meu pau lentamente romper seu cabacinho, ela gemia baixinho e quando aumentava o tom eu tampava a sua boca pra ninguém ouvir, tínhamos agora apenas 10 minutos e eu forçava, o pouco sangue que escorreu sem misturou ao vermelho do tapete e assim lentamente fui aumentando o ritmo, quase acabando o tempo da consulta ela disse, - Vou gozar, vou gozar.. e junto comigo quando ela gozou tirei o pau pra fora e lambuzei toda sua barriga. Nos beijamos em um gesto de amor e cumplicidade. Já havia esgotado o tempo, peguei uma blusa que por lá deixava, ela se limpou me recompus rapidamente e ela também. Ambos extremamente felizes pela excitação do lugar e do momento.
-Ana quinta tem mais, te espero?
-Sim e até lá quero brincar mais por whats...
Ela se levantou, nos beijamos, segurei sua mão e disse. Parece que não é mais minha paciente timida... ela respondeu:

-Posso voltar a ser só pra vir aqui ficar com você! ansiosa pela próxima... saiu, olhou pra trás e sorriu, estava totalmente curada..
CONTINUA

escritordecontos80@yahoo.com






ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.