"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Meu tio safado


autor: Kate
publicado em: 19/08/17
categoria: incesto
leituras: 5839
ver notas


Tudo aconteceu quando eu tinha 10 anos, e meu tio foi morar com minha vó depois que meu avô faleceu. Eu passava os finais de semana com minha ela. Uma certa tarde ela saiu e ia demorar, portanto pediu ao meu tio que cuidasse de mim. Eu fiquei brincando no quintal e quando estava começando a escurecer meu tio me chama pra tomar banho.

Nesse dia ele fez questão de me dar banho, tirou meu vestido e me deixou só de calcinha, e ligou o chuveiro, minha calcinha por ser branca logo que molhou ficou transparente, possibilitando ele de ver minha bocetinha. Eu via os olhos dele fixado em mim. Derrepente ele abaixa e tira minha calcinha, passando sabonete na minha rachinha.

Eu estava adorando aquilo, mas não deixei ele perceber, minha bocetinha estava ficando melada e ele sentiu quando passou o dedo nela.
Depois ele me levou pro quarto e me enxugou, me deitou na cama e disse:
"_bebezinha do titio, eu só quero cuidar de vc, te fazer carinho, o tio não vai te machucar, relaxa não precisa ficar nervosa. Eu só quero que tenhamos um segredo"

Eu fiquei quietinha, e então ele segura minhas pernas e as abre deixando a mostra toda minha xoxotinha rosada e melada, ele estava muito excitado, e começou a passar o dedo no meu pinguelo me deixando mais melada ainda, aquilo era muito gostoso. Derrepente ele me coloca numa poltrona, me arreganha e fica de joelhos no chão olhando minha bocetinha e encostando a boca devagar nela.

Ele começa a passar a língua lentamente, fazendo eu me contorcer toda, eu nunca tinha gozando antes, eu estava gostando do que ele tava fazendo comigo e abria cada vez mais minhas pernas pra ele chupar. Titio me deixou de pinguelo inchado de tanto me chupar. Ele abriu o zíper da bermuda e colocou aquele pau enorme pra fora, eu me assustei e tentei sair, mas ele me ganhou na força e continuou a chupar minha bocetinha fazendo eu não resistir às linguadas dele

Ele disse que ia pincelar o pau dele na minha rachinha e que não ia meter, eu deixei, e ele começou a passar o pau dele, a cabeça estava toda melada, ele esfregava o pau dele desde o meu cuzinho até minha buceta, eu deixei o cacete dele todo melado e ele percebendo que eu ia gozar começou a acelerar os movimentos esfregando com mais força e eu comecei a gozar sentindo um líquido quente escorrendo por toda minha bocetinha percebi que ele também tinha gozado.

Foi uma sensação muito gostosa. Depois ele me deu outro banho e me colou pra dormir, me acordando no meio da noite com uma linguada espetacular na minha xoxotinha. Ele passou meses me chupando e só esfregando o pau dele na minha bocetinha até não aguentar mais e indo mais além.... ainda vou relatar pra vocês aqui como foi que ele tirou meu cabacinho. Aguardem!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.