"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Loirinha do Badoo


autor: alexfodex
publicado em: 24/08/17
categoria: hetero
leituras: 123
ver notas


Tenho 44 anos separado... 172 104 kg moreno claro ... peito e pernas cabeludas... esse conto eu estava morando em Itaipuaçu... correndo todos dias na praia pela manhã... com aquele bronzeado curtido de beira de praia... estava de bobeira em casa... entrei no badoo e comecei interagir com a mulherada... papo vai... daqui... dali... encontrei uma plus zize... da Ilha do Governador. Pelas fotos já vi...  que era grande... 176 mas toda grandona... rostinho lindo colo dos seios sardentos e eu adoro... bundão... olhos lindos boca macia sedosa... um beijo vulcânico... tudo descobri após marcamos um encontro... Depois de quase 1 mês teclando com ela. Ja falávamos alguns sacanagens mas nada vulgar... enfim o encontro. Vou chama-la de Bê... almoçamos na Cinelandia... amarelinho... chopinho e tal... papo cabeça.. mas eu a todo momento... cortejando a Bê... olhadas no fundo da alma dela... até que pediu pra irmos para local mas a sós. Saímos para praça mesmo... paramos de frente cinema ali perto amarelinho... até que Ela teve idéia. Vamos entrar.... muito tempo não vou ao cine disse ela... e foi incisiva... Eu pago... e não aceito recusa... você já pagou almoço. Achei justo e entramos. Cine vazio... só casais de paquera kkk um aqui, outro lá... ficamos num canto bem escuro e filme rolando falando de nossas vidas... foi inevitável... o beijo aconteceu... foi meio roubado... mas a vítima não reagiu ao assalto kkk. aproveitmos e continuamos... como disse beijo dela vulcânico... e eu não fico atrás. Várias já disseram. Que Tenho cara de safadeza pura... nisso ela já ofegante... deslisei sua mãozinha pra minha virilha... pra deslisar para pica foi bem fácil. Ao sentir a textura do pau Durão... ela balbuciou... nossa isso tudo tá assim só com uns beijinhos kkk e sorriu... aproveitea deixa e abri o zíper da calça... ela aproveitou-se e alisou ele... já melando a cueca... Eu por minha vez também já apertava sua xotinha por cima da calça... ela afastou as pernas um pouquinho e meu dedinho deslizou gostoso na xotinha melada... ela já deslisava dedinho na cabeçona bricando com melzinho que soltava dele... e mordeu minha orelha e sussurrou... Acho que viemos para local errado... continuamos com beijo de língua cheio de tesão... e disse... Então vamos para local certo... ainda da tempo... rimos e ajeitamos nossas roupas... e saimos de fininho.... pegamos um táxi e fomos pra um motelzinho ali na Glória..
bem conhecido. .. entramos e no quarto já nos agarramos.... cheios de tesão... e iniciamos o balé da retirada de nossas roupas... pois não nos desgrudavamos do beijos, lambidas ela apesar de ser uma plus zize era toda durinha... peitinhos pequenos e lindos... mamava... chupava... lambia os peitinhos e ela não soltava minha vara... Quando mencionei abaixar para chupar xota... passei direto e fui parar nos pezinhos... lindos... unhas bem feitas... fiz questão de chupar dedo por dedo... subindo pelo seu calcanhar... mordendo... chupando... deslizando a língua... pelas pernas... senti seu corpo todo arrepiadinho... bucetinha alagada... escorrendo para lençol. E um detalhe... que não mencionei no início das lambidas. Ela simplesmente uivava... falava coisas sem conexão... e eu enlouquecido mas tesudo ficava. Mordi seu joelho... atrás das coxas... e sempre subindo e desbravando seu corpo... cheguei de frente bucetinha... Não... Não... chupei a xota... lambi suas virilhas e ela... dizia... porra não faz isso... para de me torturar kkk. Eu é mesmo... e o que posso fazer... mete a língua nela vai por favor. Fiz que ia meter a lingua e subi direto e mamei seus peitinhos e ela se escancarou toda... picelei a pica na xota alguns minutos sem enterrar... só molhando a cabeça da rola na buça meladinha... ela nais que tesuda jogava seu púbis contra a minha pica e eu afastava para não entrar... outro Beijo de língua... e desci... inesperadamente e agora sim... deslizando a língua sobre o grelinho durinho apontado para fora da bucetinha... ela abriu a bucetinha para mim e eu mergulhei bem. gostoso a língua que mas tesuda que tudo... parecia uma pica... ela já chorava... segurava minha cabeça e esfregava vom força sua bucetinha no meu rosto... meu cavanhaque já melado do seu mel... subi e fui de encontro ao seu beijo... onde suados... nos lambia mos... um ao outro... nesse descuido ela me empurrou e abocanhou meu pau... porra... que fdp.. me pegou de jeito.... tirando suspiros de tesão... pedia. .. eu quero meu leite... meu macho... da leitinho vai... nos aninhamos e ficamos num 69 justo e delicioso... deslizando minha língua na buça... ia até seu cuzinho molhado e voltava.... ela revidou... e fez o mesmo... chupava minha pica... até ir na garganta e se aproveitou e lingou meu cuzinho... o que fazer a uma fêmea que tanto prazer já vinha me proporcionando sem ao menos ainda ter penetrado a mesma... olhou com olhar pidão... e deixei sim ela chupar novamente meu cuzinho... agora sim com meu comcentimento.. chupou ... lambeu curtiu e se realizou... feliz fiquei pois senti prazer... e partimos para o tão esperado coito... peguei ela no frango assado... parecia que estava com buceta amanteigada... pois mal comecei bombar ela gozou aos berros... me chamando de seu puto... cachorro... que me queria todo... aproveitei seu relaxamento e comecei pincelar seu cuzinho rosadinho apertadinho e todo melado... ela assustou-se sim... mas disse... Não posso te negar isso meu gostoso... te da prazer comer um cuzinho? Sussurrou essas palavras e só balançei a cabeça que sim... Então vai amor... bota nesse cuzinho... pica envergava e seu cuzinho resistia... forcei mas um pouquinho e a cabeça entrou... nossa ela soltou um aí iiiiii e parei com a cabeça presa na porta do seu cuzinho... ela mesma mordendo o lençol empurrava seu cuzinho até que foi entrando mais e mais. Seus olhinhos lacrimejavam mas seu rostinho sorria de alegria... e disse olha o que você fez meu puto... sorriu... danado botou tudinho no meu cuzinho... realiza por completo sua fêmea... goza dentro desse cuzinho vai... comecei deslizando entrar e sair... seu cuzinho ja estava acostumado já sugava pra dentro... seus gemidos.... sussurros e socadas cada vez mais intensa e profunda... fez com que eu atingisse o gozo... mais intenso... e prolongado que tive até hoje... soltando umas 5 leitadas bem cremosa no seu cuzinho... ela realizada por ter conseguido tomar no cuzinho sua primeira gozada e eu por poder ter tido o melhor prazer até hoje sentido comendo seu cuzinho.... exaustão bateu... mas valeu a pena... fui extenso no conto... porém tentei retrata bem os detalhes... pois foi verídica essa foda maravilhosa...
se caso vc leu o conto e se identificou e quer sentir esse prazer ou mais ainda...de nota ao conto ese desejar trocar experiências...meu zap: 99745-9097...beijo e te aguardo.   





ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.