"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Tesão... (na visão dele)


autor: GostosudaPE
publicado em: 27/08/17
categoria: hetero
leituras: 865
ver notas


Cheguei de carro e buzinei... Você abriu a janela e me mandou subir. Estava terminando de se arrumar.

Me chamo Anderson e tenho 26 anos. Sou alto. Negro. Marina diz que sou forte e lindo demais... Ela tem 34 anos. Negra, baixinha, gorda, com coxas grossas, bunda e seios grandes. Ahhh e adora sexo! 

Ao entrar, senti um cheiro doce, forte. Era do óleo de pitanga que você estava a passar... 

Então eis que você surge, com um vestido colado no corpo. Ele tem um decote imenso e você, pequenininha, chega na altura do meu peito, me dando a visão esplendorosa dos seus seios lindos.

Com um batom vermelho realçando seus lábios e aquele olhar intenso, por um instante fiquei meio desestabilizado e sem jeito de falar que eras a mulher mais encantadora, linda, com quem tive o prazer de estar.

---Ahhh, Marina! Como és maravilhosa... não canso de te admirar.

Você sorriu, se aproximou, olhou nos meus olhos e disse:

---Não me produzo assim sempre, gato. Mas tinha que caprichar, pois você não saiu de São Paulo pra Pernambuco para me ver com uma roupa normal, do dia a dia.

Então, sem nem pensar duas vezes, eu beijo sua boca, com toda a vontade que sempre tive, que é enorme. Juntei seu corpo ao meu e senti que você ficou "molinha", se deixando conduzir por mim...

---Gato. Se me beijar desse jeito de novo, a gente não sai pra lugar nenhum.

Foi então que você pegou a bolsa e caminhou na direção da porta. Eu te abracei por trás, dei uma leve mordida no seu pescoço e disse no seu ouvido, baixinho:

---Adoraria ficar contigo aqui e não sair pra lugar nenhum...

Vibro com a sua resposta:

---Ahhhh. Então vamos ao que interessa, amor. 

Marina, você me beijou com uma vontade imensa. Seu beijo me acendeu e deu pra perceber meu pau duro, de tão colados que estávamos.
Eu pego forte na sua bunda. Que bunda! Você empina ela pra mim e eu enlouqueço.

Estamos no sofá agora. Você veio e começou a se esfregar em mim. Eu segurei firme um seio enquanto chupava o outro, ainda por cima do vestido...

Tirei o vestido e ali estava você: a mulher que eu mais desejo na minha frente, apenas de calcinha...

---Nossa, meu sonho está se tornando realidade!

---kkkkkkkk. Então realiza o meu sonho, gato. Bota essa boca pra trabalhar!

Minha boca tinha exatamente o tamanho dela. Da sua bucetinha gostosa! Que cheiro delicioso, carnudinha, molhadinha do jeito que eu sempre imaginei.... Me esbaldei naquele monte delicioso de carne. Chupei, mordi, lambi. Te senti tremer na minha boca. Que sensação única. Ela pulsava na minha língua e seu gozo molhou meu rosto inteiro.

Tirei o pau pra fora e fiquei em pé enquanto você, sentada, me chupava deliciosamente. Eu gemendo alto e você me olhando, com a boca totalmente cheia.

Marina, nem em meus sonhos imaginei que seria tão bom ser chupado por você. 

Enlouqueci de tesão e te levantei pra mim. Beijei tua boca. Te deitei no sofá e fui penetrando devagar. Ouço teu grito de prazer. Sua buceta se abre pra me receber. Meu pau é engolido por ela. Muito molhada você está.

Encaixei devagarinho, olhando fixamente nos seus olhos, dando um sorriso com malícia. Quando entrou tudo, fui estocando com força, aumentando a intensidade e você gemendo alto. Ela cada vez mais molhada... 

Seus gemidos me enlouqueciam!

---Amor. Eu vou gozar assim...

E gozou deliciosamente, rebolando, segurando forte os seios e chamou meu nome.
É muito gostosa a sensação de te deixar doidinha por mim.

Eu ainda com o tesão à flor da pele, vendo a mulher que eu mais desejei em toda a minha vida se recuperando após ter gozado pra mim.
Então, você ficou de quatro e pediu pra eu caprichar. Sem pensar outra vez comecei a chupar sua bucetinha e seu cuzinho lindo. Encaixei o pau com força por trás, na sua buceta! Dominado pelo tesão te vendo com o rabo empinado. 

Segurei seu cabelo, dei uns tapas na sua bunda, enquanto gritava de prazer. Gozo chegando e eu admirado por ele ter demorado tanto. Com o desejo que sinto por você, era pra ter gozado no nosso primeiro beijo...

O tesão aumentou ainda mais quando ouvi você dizer.

---Caramba. Vou gozar de novo, amor!

Meti com mais força ainda e... Gozei também. Muito forte! Descarreguei tudo dentro de você. Te preenchi inteira... Meu corpo tremia todo. Realizei meu sonho.

Ficamos deitados no sofá. Com você agarrada no meu corpo. Minhas mãos nos seus cabelos curtos e meu coração batendo ainda mais forte por tu...




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.