"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Desculpa tia, más vou te comer 02


autor: Lenhador
publicado em: 04/09/17
categoria: hetero
leituras: 1874
ver notas


A intensidade da transa com a Karen mexeu tanto comigo e depois de algum tempo apreciando o belo corpo enquanto ela cochilava comecei a deslizar a mão pelo belo corpo cheirando a sexo.

Ela abre os olhos e se aproxima me beijando e enlaçando meu pescoço e roçando a buceta lisinha na cabeça do meu pau.

_ Você foi incrível comigo. Solta ela após o beijo

_ Mérito seu Karen. Retribuo o elogio

Fico acariciando os mamilos de forma alternada com um dedo e aos poucos sinto a buceta melar a cabeça do cacete e ela se incendiar de tesão. Ela coloca uma das pernas sobre minha cintura escancarando a buceta doida pra ser fodida, mas sem pressa apenas fico relando o que a deixa louca de tesão e sem se conter começa a se masturbar enquanto rebola na cabeça do cacete. Abocanho um dos seios e movo a lingua ao redor do mamilo enquanto minhas mãos percorrem o belo corpo o que aflora ainda mais a bela fêmea sendenta, por sexo.

_ Aiiii você me desperta tanto querido. Sussurra ela em meio a gemidos.

_ Aproveite bem então. Sugiro sem modéstia.

O cacete estava tão ensopado que numa estocada adentrou a buceta. Rasgando aquele ninho tão cobiçado e arrancando cada vez mais gemidos. O belo corpo jamais seria o mesmo depois daquela noite, pois estava sendo bem devorado e explorado como tanto merecia.

Sem um pingo de dó enfio um dedo no cuzinho de Karen o que a deixa muito excitada a ponto de gozar forte e de forma bem sacana começo a movimentar o cacete e o dedo e ela acaba tendo sucessivos orgasmos até não se conter e ejacular.

_ Desculpa. Pede ela sem graça com cara assustada.

_ Relaxa. Tento tranquilizar

_ Nunca gozei assim. Ela se refugia no meu ombro pra não me encarar nos olhos.

_ Então você nunca teve orgasmo. Sentencio

_ Mal fui chupada quanto mais experimentar o que você me proporcionou hoje. Confessa emocionada.

_ Vamos pro banho. Me levanto a pego nos braços com facilidade.

_ Banho a dois? Nunca tomei banho com outra pessoa junto. Ela me abraça e se deixa levar.

A deixo na entrada e abro registro e pego sabonete e a bucha e fico olhando aquele belo corpo o cabelo desarrumado e caído até a cintura fina, olhos cor de mel faiscando de desejo cobiçando meu cacete, os lábios carnudos sendo acariciados pela língua da safada me cobiçando, os seios sendo realçados pelos mamilos durinhos doidos pra serem tocados. Nem era 23hs e eu já tinha feito aquela mulher gozar varias vezes e comido tanto a ponto de até foder o cuzinho virgem.

_ O que tanto maquina ai ao ficar me olhando seu tarado? Ela pergunta se movendo devagar e acariciando os seios.

_ Quero você como ninguém nunca teve. Falo ao mesmo tempo em que a puxo pra baixo do chuveiro e a beijo forte. Mesmo a beijando começo a ensaboá-la e isso deu ainda mais prazer a ambos, pois o cacete se aninhou entre as pernas de Karen e a buceta ficou roçando de leve ao compasso do momento impar.



_ Você está me fazendo apegar e não podemos. Ela me beija me fitando nos olhos.



_ Por que você tinha de ser tia e não prima? Concordo sobre ser complicado, más aproveitemos o momento e amanhã conversamos.



_ Resumindo que me comer muito hoje aproveitando que estamos sozinhos. Você é um safado gostoso. Ela enlaça meu pescoço e começa a me beijar e sem esperar ser acariciada se agacha e abocanha meu cacete e move a língua sem pressa entre a cabeça e minhas bolas despertando muito tesão. Olho pra baixo e a vejo me chupar e ouço o barulho dela bolinando a buceta e na medida que ela estava prestes a gozar começa a chupar com mais gula meu cacete a ponto de não se contendo ela geme alto e isso me da tanto tesão que o leite sai e escorre entre os seios de Karen.

_ Você está despertando muita tara. Não se assuste. Provoca ela ensaboando os seios e relando a bela bunda no meu pau.

_ Você é muito sensível e com isso desperta um prazer diferente e gostoso. Elogio sem modéstia



_ O que faço contigo? Nem quero pensar no amanhã quero é curtir o agora. Culpa sua. Ela me beija e com isso ficamos quase uma hora no banho. Desligo o chuveiro e a envolvo com a toalha. A pego no colo e levo pro quarto para deitá-la na cama. De posse de óleo para massagem começo a derramar óleo pelo corpo e deslizo minhas mãos em movimentos circulares e precisos sem pressa e acariciando pontos jamais tocados a ponto de arrancar muitos gemidos. Aquela mulher nunca tinha sido bem cuidada e era visível isso a cada toque.

_ Você nunca foi bem cuidada, por um homem Karen. Pronuncio bem devagar.

_ Tipo isso, pois nunca senti tanto prazer e é a primeira vez que alguém me faz uma massagem.

_ Vire-se por favor. Interrompo-a.

A visão daquela buceta a meu dispor me deixou tão excitado que deixo cair algumas gotas de óleo certeiramente na buceta o que ela se contorce faminta.

Sem pudor algum a faço arreganhar a buceta e começo a fazer a tão prazeirosa massagem tântrica. Com movimentos ágeis me aposso daquela buceta e a fêmea enlouquece de prazer a ponto de começar a sentir múltiplos orgasmos apenas com os movimentos da massagem em pontos jamais tocados e tão sensíveis quanto o clitóris.

.

_ Você é o homem que tanto mereço, mas não posso ter pra mim. Murmura ela ainda ofegante devido aos fortes gozos.



_ Marquei tanto assim em tão poucas horas? Comento impressionado.



_ Até hoje só tinha transado com um homem e mesmo assim 2 vezes e me afastei. Não sei o que me deu em deixar acontecer logo com você. Agora meu corpo te quer e não sei como lidar com isso. Ela me puxa e começa a soluçar.

_ Por que você não vem comigo e estuda na capital? Pode ficar na minha casa e se dedicar ao vestibular. Proponho?





_ Faria isso por mim? Pergunta com os olhos brilhando.





_ Desde que não leve homem lá pra casa. Tudo bem!





_ Prometo me comportar. Ela sorri enquanto puxa meu pau de encontro a entrada da buceta e eu numa estocada já a penetro. A tarada entrelaça as pernas na minha cintura e se joga com tudo na foda até me fazer cair de lado saciado pelo sexo gostoso.



Assim começou uma etapa de momentos incríveis com uma garota especial.



Continua...







ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.