"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Dei gostoso para o pai da minha amiga


autor: gostosanovinha2
publicado em: 06/09/17
categoria: hetero
leituras: 3728
ver notas


Sou Camila, tenho 20 anos. Sou morena, 1,65 de altura, 60 kilos, seios não muito grandes mas bem empinadinhos e uma bunda grande e redondinha de deixar os homens e até mulheres babando. Eu tenho uma amiga da faculdade chamada Nayara. Ela é um doce de pessoa, a gente sai e curte bastante. Um dia combinamos de ir pra balada juntas, pois as duas somos solteiras. Fomos nós e mais duas amigas, dançamos muito, bebemos e curtimos. Eu estava um pouco alterada, na hora de ir em bora, ela me disse pra eu ir dormir na casa dela, para não chegar nesse estado em casa. Liguei para os meus pais e eles deixaram de boa. Cheguei lá, ela me emprestou um shorts bem curtinho mostrando a poupa da bunda e uma blusinha que coloquei sem sutiã. Os pais dela já estavam dormindo quando cheguei, então nem os vi. Ela foi pro quarto dela dormir e eu fiquei dormindo no sofá. Do nada eu acordei e fui beber uma água na cozinha, quando cheguei lá vi o pai dela sentado na mesa também tomando água. Ele ficou surpreso quando me viu (afinal, ele não sabia que eu estava lá). Me apresentei e ele também, o nome dele era Fábio. Não pude deixar de reparar que ele olhou para os biquinhos dos meus peitos transparentes na blusinha e logo vi o volume na bermuda dele. Eu, quando vi aquilo me excitei na hora, ele era um coroa bonitão, alto, moreno, tinha mais ou menos uns 42 anos e bem sarado pra idade dele. Ele me perguntou se eu namorava, fiquei surpresa com a pergunta mas respondi tranquilamente que não. Ele me disse que sentiu um prazer enorme quando me viu, e que estava louquinho para me chupar todinha. Eu, apesar de saber que era errado, adoro uma aventura rs e disse pra ele: - Pra que passar vontade, vem aqui, pode fazer tudo o que você quiser. Ele veio, me pegou na cintura bem firme e me tascou um beijo de língua bem gostoso, eu nada boba retribuí o beijo.
- Nossa Fábio, que beijo gostoso que você tem.
- Gostosa é você, com essa bunda desse tamanho.
Ele já pegou na minha bunda, nos meus peitos, chupou e beijou meu pescoço. Ele me colocou em cima da pia e tirou minha blusinha, começou a chupar os bicos dos meus peitos.
- Que peito gostoso, bem durinho, do jeito que o pai gosta.
Tirou meu shorts, eu estava com uma calcinha bem sexy, fio dental que já estava enxarcada de tanto tesão. Senti o pau dele roçando em mim, eu nunca tinha sentido um volume daquele tamanho em mim, e eu estava adorando. Tirou minha calcinha e disse:
- Sua safada, tá toda molhadinha, você quer pica ne? o papai vai te dar pica jajá, mas primeiro vou te chupar toda.
Ele meteu a cara na minha buceta e começou a chupar, que língua maravilhosa, nunca recebi uma chupada daquela, ele chupou uns minutos enquanto eu gemia:
- Ai que chupada gostosa, assim eu vou gozar.
Não resisti, e gozei tudinho na boca dele.
- Huuuum gozou gostoso na minha boca foi? Agora é sua vez de me fazer gozar sua gostosa.
Me colocou de volta no chão, e mandou eu me ajoelhar. Eu já entendi o recado, ajoelhei e tirei a bermuda e a cueca dele, quando vi aquele pau, enorme, grosso e com a cabecinha rosa não aguentei. Chupei igual uma louca enquanto ele gemia: - Isso, me chupa gostoso sua putinha. huuuum que boquinha deliciosa sua safada, vou gozar nessa boquinha. Depois de alguns minutos ele gozou na minha boca, e eu bebi tudo o leitinho bem gostoso.
Ele disse:
- Agora que nos dois gozamos gostoso, vou meter com força nessa sua bucetinha sua safada. Ele veio por trás de mim e já encaixou aquela pica maravilhosa em mim, começou a meter loucamente. Eu gritava de tesão: mete gostoso essa pica na minha bucetinha mete, huuum que delícia.
- Tá gostando é putinha? tá gostando do meu caralho?
- To, huuuum que pinto gostoso.
Não resisti e gozei gostoso naquele caralho experiente.
Ele pegou uma cadeira e sentou, e eu fui por cima dele e comecei a cavalgar. Ele dizia:
- Isso, senta gostoso sua puta, hoje eu vou gozar na sua buceta bem gostoso.
Depois de uns minutos comigo sentando ele anunciou que ia gozar, eu já não estava mais aguentando de prazer também com aquele caralho enorme e gozamos juntos. Depois ele me disse que foi a melhor foda da vida dele e me deu um beijo gostoso,disse que amou gozar na minha bucetinha. Depois disso ele foi pro quarto e eu voltei pro sofá. No outro dia de manhã, minha amiga veio nos apresentar, mal sabia ela o que aconteceu na noite passada rs Nós ficamos como se nada tivesse acontecido. Depois disso, comecei a dormir muito na casa de Nayara, e sempre que temos a oportunidade, até hoje dou para o pai dela bem gostoso na cozinha rs



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.