"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Foda com o cara do Badoo


autor: Cah_gostosinha
publicado em: 09/09/17
categoria: hetero
leituras: 1631
ver notas


Ainda na fase dos meus 16 anos é muito fogo dentro desse corpo, decidi entrar no badoo por curiosidade, mas entre tantos perfis achei um interessante, aquele homem forte, musculoso, alto, loiro de olhos azuis e extremamente gostoso me chamou atenção entre tantos...
Vou chamá-lo de Pedro para preservar a sua identidade, Pedro e eu começamos a conversar, sempre conversas picantes, muito sexuais que sempre me deixavam molhada, toda fez que nos falávamos eu tocava uma siririca em homenagem a ele!

Então não aguentando mais aquele impasse, resolvemos nos encontrar e matar a vontade sedenta que tínhamos um do outro.

Ele era exatamente como da foto( porque nem sempre esses perfis são verdadeiros) e foi como se alguém tivesse posto fogo em meu corpo e ele fosse o bombeiro pronto para apagar!

Marcamos em um lugar público primeiramente pois ainda tinha receio que ele não fosse quem falaria ser, mas no momento que eu o vi a minha boca ficou seca e olhei diretamente para seu pau que já estava pulando para fora de sua bermuda jeans

Nos beijamos ali na rua mesmo como se fossemos nos grudar um no outro, sem aguentar a vontade ele me levou para o motel mais próximo, e para minha surpresa iria "brincar" com um sorvete...

Eu sabia que não devia confiar, mas me deixei levar pelo momento, aquele homem era um verdadeiro predador sexual! Me fez delirar só de encostar na minha pele.

Lentamente ele tirou minha roupa, beijou meus seios e sugou de leve cada um, me deixando louca de tesão

Pedro então pegou algemas e pediu para eu confiar nele, e eu disse sim, então me algemou as mãos e os pés, me deixando vulnerável.
Pegou o pote de sorvete é uma colher e me disse com uma voz muito sensual:
- vou colocar esse sorvete no seu corpo se você se mexer vou bater na sua bunda e depois te foder com força!

Aquilo foi o ápice do tesão, eu estava destinada a não mexer um fio de cabelo, mas como ele tocava minha bucetinha eu não resistia, antes de colocar o sorvete Pedro dobrou minhas pernas e começou a chupar minha bucetinha bem lisinha, me chupava deliciosamente e introduzia um dedo na buceta e outro no meu cu me fazendo delirar!
Quando eu ia gozar ele parou, eu pedi pra ele continuar, ele massageou meu grelinho e quando estava prestes a gozar ele parou e me deu um tapa bem na bucetinha, me fazendo gozar na mão dele, foi o gozo mais surpreendente que já tive é um dos mais gostosos!

Pedro lambeu meu gozo da sua mão e foi pegar o sorvete, colocou uma pequena colherada no bico no meu seio e advertiu:
- Sua putinha se tu se mexer vou te bater e te fuder sem deixar tu gozar, vai ser como um castigo!

Eu juro que fiz de tudo para não me mexer, mas aquele gelado e aquela língua habilidosa me sugando me fazia querer aquele pau gostoso e grosso na minha buceta,
Eu me mexi, ele me bateu forte na bunda, colocou a camisinha, tirou a algema dos meus pés, me deu outro tapa na bunda e enfiou forte na minha bucetinha, como se me rasgasse no meio, ele socava forte, como um animal com fome, e quando ele estava pra gozar tirou o pau, me deixando frustada.

Recomeçou novamente com o sorvete, agora no meu umbigo, ele lambia aquele sorvete como lambeu minha bucetinha e aqueles olhos azuis brilhavam maliciosamente na minha direção

Que homem, que tesão, meu corpo só quer gozar e esse maldoso não vai deixar se eu me mexer, então permaneço quietinha

Ele coloca mais sorvete, agora bem em cima dos meus lábios da buceta, que tortura gostosa, EU QUERO GOZAR grito com ele. Então ele me bate na bunda de novo e me soca o pau na buceta, fodendo forte e mordendo meu seio, eu aviso que vou gozar e ele deixa, gozo como uma louca, um gozo demorado e maravilhoso!

Pedro me vira e diz que agora será o grande final e eu sei que ele quer comer meu cu, peço para ele ir mais devagar pois não gosto muito de anal, ele compreende e coloca um gel anestésico e vai penetrando devagar, com calma, coloca a cabeça do seu pau grosso e vai me alargando, quando entra todo aquele 21cm de pau ele deixa se acomodar e começar a mexer para frente e para trás, alargando meu cu, começa mais forte, pega no meu peito, apertando o biquinho do seio e falando coisas que eu não entendo, com a outra mão ele estimula meu grelinho e sinto que vou gozar, gozar dando o cu, que coisa gostosa, aviso a Pedro e sei que ele vai gozar, então eu gozo gritando e Pedro goza no meu cu, me dando tapas na bunda, deixando minha pele antes branquinha, agora quase roxa!

Peço a ele que tire a algema dos meus pulsos, ele tira e beija a marca que elas deixaram, falando:
- Vc foi a foda mais gostosa que já tive na vida!
- Não se preocupa, ainda vou te deixar mais feliz!

Descansamos um pouco, comemos o sorvete na cama, conversamos sobre coisas bobas e vamos para o banho, eu o ensabou, deixo ele limpinho, depois o seco e o levo para a cama para terminar com um boquete delicioso e tomando um leitinho como uma boa garota!

Chupo bem aquele pau, engulo todinho, porque sou gulosa, chupo suas bolas, coloco as duas na boca e as sugo, com o pau todo babado vou punhetando e chupando até ele gozar, encher minha boquinha sarada de porra!

Depois dessa tarde espetacular nunca mais nos vimos, mas sempre lembro daquela tarde gostosa com Pedro!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.