"Os mais excitantes contos eróticos"

 

A última noite com meu tio (pt 1)


autor: Lee
publicado em: 10/09/17
categoria: gays
leituras: 1921
ver notas


Meu nome é Renan e essa estória aconteceu comigo há algum tempo.

Tudo começou como um de meus dias normais, Escola, Trabalho, Curso e as 23:00 eu chegava em casa, quase sempre estavam todos dormindo mas naquela semana meu tio estava passando a semana conosco, ele é mediano com 1,75m mas é muito musculoso, corpo grande, barba bem feita com um porte de macho alfa, já eu sou bem menor 1,70m, 60 kg, esguio e sedento por qualquer pau que eu visse a minha frente, nessa noite eu cheguei em casa e meu pai e meu tio estavam bebendo na varanda, minha mãe e meus irmãos já estavam dormindo e como eu não tinha nada pra fazer fiquei conversando com eles. Aquela era a última noite que meu tio ficaria em minha casa e eu já estava louco por não ter visto nada por debaixo de sua cueca ainda, mesmo que toda noite estamos dormindo no mesmo quarto, diversas vezes tentei abaixar suas calças enquanto ele dormia mas o medo falava mais alto, porém aquela noite não escaparia, meu pai foi dormir pois tinha que acordar cedo pra levar meu tio, já Lucas (este é o nome dele) foi tomar banho antes de deitar. Eu já estava extremamente ansioso para ver oque ele tanto escondia, já não aguentava mais só cheirar suas cuecas, então esperei ele entrar no banho e decidir dar uma espiada pela janela, ele ligou o chuveiro e eu meti meu rosto na janela, porém eu só conseguia ver sua bunda, grande redonda e avantajada, se ele não fosse casado, não duvidaria que ele fosse Gay, toda vez que ele se virava eu saia da janela com medo de ser visto, e infelizmente não conseguia ver sua jeba, decidir ir deitar e esperar a última noite que teríamos juntos. Já era meia noite e meu tio acabara de sair do banho, ele é muito reservado por isso já se trocava no banheiro mesmo, pra minha sorte ele estava apenas de samba canção que permitia eu delirar vendo seu volume grosso, eu estava na minha cama já fingindo que dormia e ele se deitou e começou a roncar, esperei aproximados cinco minutos e levantei fazendo silêncio fui até seu colchão, aproveitando que ele havia dormido de barriga para cima, olhei para seu pau e coloquei a mão em cima, sua respiração não mudou, fui aproximando minha cabeça aos poucos e então mordisquei aquele pau por cima do shorts, com receio repeti e quando percebi já estava seguro, meu pau parecia uma pedra então decidi ir mais fundo,  abaixei sua samba canção ao poucos, mostrando toda aquela vara em sua glória, era grossa e estava cheia de pelos como a de qualquer bom macho, aproximei novamente minha boca e lambi, foi quando senti a mão dele sobre minha cabeça. Suei frio. Olhei para ele e ele me encarou, foi quando ele respirou fundo e disse:

-Eu já sabia que você era um viadinho, mais não desse nível.

Gaguejando eu disse:

-N-nao é o que você está pensando, e-eu só queria ver o tamanho que o meu poderia ficar..

Ele riu então pegou no próprio pau, começou a esfregar contra minha cara e disse

-Começou vai ter que terminar. E apertou minha cara contra sua rola, eu fiquei louco, comecei a punheta-lo e ver aquele mastro crescendo na minha boca, ele crescia rapidamente, quando percebi estava com dificuldade com aqueles 19 cms meu tio gemia baixo e empurrava minha cabeça cada vez mais fundo, eu estava esgasgando com tudo aquilo até a minha garganta, tentei me livrar mas ele não deixou, queria que eu fosse mais fundo, foi quando ele apertou o máximo e fez meu nariz incostar seus pentelhos, senti aquilo latejar na minha boca e Lucas urrou baixinho, me xingando senti litros de porra invadirem minha garganta, tentei segurar mais saia aos poucos, engoli oque tinha comigo, o gosto era salgado decidi terminar de limpar ele, chupando toda sua rola e lambendo seu saco e pelos, ele se levantou e bateu o pau na minha cara, sentou na minha cama, terminou de tirar o shorts, meu pau latejava implorando para gozar, então ele me olhou bem nos olhos e disse:

-Tira a roupa, que eu quero te fuder.

Foi quando eu gozei, e sabia que estava literalmente fodido.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.