"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Minha iniciação


autor: novinhade19
publicado em: 18/09/15
categoria: jovens
leituras: 6111
ver notas


Olá.
Esse é meu primeiro conto.
Todos os meus contos serão fatos verídicos.
Ocultarei meu nome e aqui, pra vocês, serei Mel.
Sou branca, de 1,56, coxas e peitos fartos, 63kg.
-
Desde muito nova, sempre obtive desejos sexuais por homens mais velhos. Tudo começou quando tinha 12 anos, uma menina loira, franzina mas sempre com muita vontade de aparecer e chamar atenção.
Morava em uma vila com minha mãe e meu padrasto, nela haviam 3 casas além da minha. Uma delas, morava quem me iniciou. Rogério, o seu nome.

Estudava pela manhã e sempre que voltava da escola, Rogério me esperava no portão pra me ver passar, eu adorava isso, me sentia a mais gostosa de todas com um homem daquele me esperando passar. Começaram as investidas, com 12 anos, gostava de coisas como: Perfumes, calcinhas... E tudo ele me dava, em troca de ver meus pequenos seios, e minha robusta xana... Até que um dia, ele falou: "-Mel, se eu puder pôr a mão na sua xana, te dou 20,00..", aceitei de prontidão, queria aquele dinheiro pra me exibir pras minhas amigas do colégio...

Com isso, tudo começou. Rogério chegava do trabalho e estava lá eu esperando-o pelos 20,00 diários que ele me dava só pra ver minha xaninha... Com o tempo, eu já queria mais, já queria que ele enfiasse o dedo em minha xana, sendo ou não por dinheiro, ofereci então uma troca: "-Rogério, se eu chupar o seu pau, você enfia o seu dedo na minha xaninha?..." Rogério se prontificou abaixando a cueca e eu, pela primeira vez em 12 anos, estava com um caralho grosso atolando minha pequena boquinha de criança, logo, o acordo seria ao contrário, queria o dedo dele na minha xana. Ele encheu minha boca de porra, pela primeira vez. Fiz ânsia de vomito mas engoli, como prometido, logo falei: "-Agora é a sua vez...", Rogério se prontificou e me colocou deitada na cama, abriu a minha xana virgem e enfiou o dedo até o talo, eu gritei, não imaginei que um dedo fosse me deixar sem ação.

Passaram-se dois meses, eu queria que ele enfiasse o dedo em mim todos os dias, mas.. Com o tempo, só isso não me saciava, eu precisava de mais.

Chegou o meu aniversário de 13 anos e com ele, a promessa de tirar a minha virgindade.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.