"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Sexo na praia de nudismo...


autor: Prazer Intenso
publicado em: 03/10/15
categoria: aventura
leituras: 6650
ver notas


Olá, o conto que passo a relatar aqui, aconteceu com a Ally, uma gatinha de 18 aninhos, foi com o vizinho dela, e estavam de carro, a caminho da praia de nudez e ela foi de shorts bem curto sem calcinha, e uma bata que cobria o shorts.

O vizinho, era um cara de uns 20 anos e solteiro e ela o achava gostoso. Ele a tinha chamado para a praia. Porém não gostava de praia, mais logo mudou de idéia ao saber que era praia de nudez.

Poder ver os caras pelados e os paus deliciosos era uma ótima oportunidade, pensou ela.

Assim que decidiu viu ele no carro sem camisa. A cena de seu corpo escultural e bem malhado, fazia ela delirar, mas teve que manter a pose mesmo não querendo e entrei no carro.

O shorts dela era bem curto. E uma camiseta sem sutien, pois queria deixar o bico do seio bem a mostra para o vizinho.

Se cumprimentaram e ele olhou para os seus seios. Antes de sair me masturbei e apertou seus seios, pois queria deixa-los bem apetitosos.

Ele começa a dirigir por um caminho meio deserto. Com uma música bem sensual mordeu seus lábios abrindo um pouco as pernas.

Passou a mão sobre seu clitóris enquanto escutava a música. O vizinho olhava para frente e depois para sua mão. Mesmo já estava com um volume ao vê-la se tocando assim...então ela o olhou e sorriu...

Então Ally tirou a camiseta, devido ao calor, revelando seus seios fartos e começou a passar a mão bem de leve neles.

Ela ficou se alisando e ele olhando para ela e para frente. Ally via sua ereção formando sobre a calça. Ele pediu para que eu coloque a blusa mais para provocar acabou tirando a roupa de baixo, ficando praticamente nua.

O meu vizinho (Eduardo) ficou olhando para meu corpo e disse se não vestisse me fodia no carro, então ela sorriu e se virou no banco e abriu as pernas na frente dele onde estava toda molhada, revelando a sua entrada pedindo para que a fodesse.

E ele disse que não podia parar o carro, foi ai que então a Ally rebolou e o vizinho levou a mão até sua xoxota tocando e esfregando os dedos enquanto passava na boca. O sinal vermelho foi acionado e ele aproveitou pra cair de boca em sua buceta.

Ele chupava, enquanto Ally gemia como vadia, o vidro era escuro então ninguém via o que rolava ele chupava e ela rebolava, enquanto o seu cu piscava de desejo pela pica de Eduardo. O sinal verde voltou e ele voltou a dirigir, enquanto ela dasabotoou a sua calça e tirou o membro dele que era uma delícia.

Masturbação com ele dirigindo e logo caiu de boca em sua rola enquando ele dirigia. Minutos depois chegaram na praia. Ally, tirou a boca do pau dele e saiu, já via várias meninas nuas... mordi os lábios e peguei a bolsa, sentiu ele puxá-la e jogá-la no capô do carro, abriu suas pernas e enfiou o pau duro em seu rabo, começando a fodê-la na frente de todos.

Ally estava de costas pra ele para que a fodesse, onde ela só gemia como cadela no cio, querendo mais e mais. Não se importava se todos tivessem vendo. Por que via vários caras se masturbando presenciando a cena e, também, via mulheres esfregando a mão em suas xoxotas.

Uma em particular veio até eles, era uma ruiva muito gostosa ela estava se masturbando vendo o Eduardo fodendo ela e dando tapas. Sem dizer nada sentou no capô do carro e abriu as pernas e colocou a buceta dela na frente da sua cara e puxou seu cabelo fazendo com que chupasse ela.

Sem dizer nada, Ally caiu de boca da buceta dela. Ela gemia, chamando Ally de cadela. E Ally chupava mais ela e a cada chupada, a ruiva se melava mais ainda. Todos viam a cena do cara fodendo a Ally, que por sua vez, estava fodendo a ruiva.

Logo ele tirou o pau da bunda da Ally e puxou a ruiva de sua boca e começou a fodê-la, e a mesma puxou a Ally, fazendo-a ficar de quatro e começou a chupá-la enquanto gemia...rebolava...gritava...

Foi ai que Ally se virou e ela me chupe até gozar, logo ela gozou e ele também..... Passaram a tarde toda transando e quando acabamos, meu vizinho Eduardo foi para a casa mais a ruiva e eu fomos para minha casa e transamos a noite toda.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.