"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Punheta no Snapchat


autor: V. Lucas
publicado em: 16/10/15
categoria: gays
leituras: 3772
ver notas


Sempre fui hetero, mas fui descobrindo um desejo pela bissexualidade com ajuda da internet. Sempre tive relações com garotas e curto uma buceta demais, mas fui com o tempo tendo um tesão enorme vendo vídeos porno gay.
Enfim, numa noite sem sair de casa fui no omegle bater um papo aleatório e coloquei punheta no termo de busca, não demorou até aparecer alguém com a mesma procura. O cara obviamente tava afim de sacanagem e logo pegamos o Snapchat um do outro e saímos do omegle.
Já no snap, começamos com texto, o que a gente tava afim de fazer e tals. Optamos por bater uma juntos. Eu nunca tinha feito isso com outro cara então subiu um misto de vergonha e desejo ao mesmo tempo. Mas fomos em frente.
Ele me mandava fotos do pau dele (longo, não muito grosso, uma cabeça bem vermelha que ele fazia questão de deixar bem a mostra) e eu mandava do meu (no mesmo esquema, mas com a cabeça maior, sem contar que meu pau baba muito, então cabeça tava molhadinha). O tempo todo a gente falava o quanto a pica um do outro era gostosa, ele disse que queria muito enfiar minha rola toda na boca e eu que queria chupar ele todo, e depois forçar a cabeça do meu pau no cuzinho dele bem devagar, ouvir ele gemendo baixinho e me pedindo mais, tava muito bom.
Decidimos então ir pra transmissão ao vivo e aquilo foi muito bom. Eu já tinha feito "cybersexo" com mulheres antes mas aquilo foi totalmente diferente. Ver aquela rola enorme sendo apertada, pulsando de tesão, enquanto o cara gemia baixinho, me dizendo o quanto queria enfiar até as bolas na minha boca, foi muito bom!!
Eu acariciava meu pau de cima embaixo, apertava meu saco e passava toda a baba que escorria na cabeça, deixando ela lisinha, brilhando de tão grande e vermelha.
Me segurei até ele gozar, e quando vi aquela jatada de porra não aguentei: gozei na minha barriga, na cama, no celular, foi porra pra todo canto.
Depois daquela madrugada eu tive ainda mais vontade de ser chupado por uma boca de macho e comer um cuzinho ouvindo um homem me pedir pra meter com força. Hoje faz duas semanas da minha primeira aventura gay e acabei de marcar da gente bater outra amanhã, espero poder inovar em algo e aceito sugestões nos comentários.
Mas o que eu realmente quero é experimentar o sabor de uma rola de verdade...



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.