"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Minha melhor amiga


autor: gaucho45
publicado em: 08/11/15
categoria: virgindade
leituras: 8998
ver notas


Bom, vou contar hoje, uma situação que aconteceu entre mim e minha melhor amiga.
Somos muito chegados, nos entendemos muito bem e falamos sobre muitos assuntos, inclusive sobre sexo, que eu adoro! O mais incrível e que me deixa muito excitado é a vontade dela de experimentar tudo na hora do sexo, passamos horas falando sobre isso e cada minuto que passava eu ficava com mais tesão, ela é muita safada e realmente atraente.
Certo dia fui convidado por ela a ir na casa dela que fica no mesmo condomínio do meu, um pouco acima da minha rua, prontamente fui, afinal é minha amiga e poderia ser algo importante, chegando lá, ela me disse que estava sozinha e estava afim de matar tempo, então fizemos uma pipoca, e um refrigerante e fomos ver um filme. Depois de um tempo ela estava me falando sobre as conversar sobre sexo que tínhamos e ela resolveu me mostrar em um filme porno o que ela tinha vontade de fazer, como estávamos sozinhos em casa, aceitei normalmente, até por que falávamos disso sempre.
Ela colocou o filme e a cada cena ela me falava oque gostaria de fazer no sexo, fui ficando excitado com a cena pois era minha melhor amiga me mostrando um filme porno e eu ali bem ao lado, sendo que tenho um tesão enorme nela. Ela deitou na cama falando que detestava ser virgem, fato que eu já sabia pois ela já havia me dito antes, eu também era virgem até aquele dia, meu pau já estava duro demais, e o filme ainda estava rolando, até que ela disse: já vi paus por fotos mas nunca vi um pessoalmente! Eu disse: também já vi uma buceta em foto e vídeo, mas de verdade também não!
Ela estava deitada e de legging, bem apertadinha que acentuava a sua bucetinha quando deitada, ficcei os olhos naquela bucetinha, e ela no meu pau que estava duro, ela começou a passar a mão próxima a pélvis só para provocar, e perguntou: você quer ver uma?
E eu disse: uma buceta? Quero né, mas não tem ninguém pra mostrar.
Ela disse: eu te mostro a minha! Logo baixou sua legging, ficando de calcinha apenas, fiquei espantado pois foi rápido demais e não imaginava que ela faria aquilo. Sua buceta se contrastava com Aquela calcinha branca, era carnuda e lisinha, ela disse para mim chegar mais perto e se quisesse poderia passar a mão.não pensei duas vezes e fui, tirei a calcinha para o lado e comecei passar a mão naquela bucetinha rosada, fiquei mais que excitado, quando perguntei a ela se ela gostaria de ver meu pau, ela disse que adoraria, tirei minha bermuda, e tirei meu pau para fora da cueca, ela ficou espantada e travada pois nunca tinha visto um pessoalmente, eu disse que ela poderia pegar, ela pegou com cuidado, suas mãos eram macias, ela idolatrava meu pau como se precisa-se dele como nunca antes. Ela perguntou meio tímida se poderia por na boca, eu disse sim com um gesto com a cabeça, ela meio sem jeito o pos na boca, foi a melhor sensação da minha vida, minha melhor amiga, estava me chupando, ela chupava devagar, com um jeitinho tímido, quase gozei, ela parou, tirou a blusa, e deixou a mostra seus peitinhos lindos e pediu para que eu a chupasse também, não perdi tempo e comecei a chupar aquela bucetinha virgem e raspadinha, escorria um tesão daquela bucetinha, chupei seus peitos lindos e macios, enquanto ela passava a mão no pau duro, até que eu criei coragem e perguntei: quer perder comigo? Ela não disse nada, apenas acenou com a cabeça que sim.Peguei meu pau, botei uma camisinha coloquei devagar naquela bucetinha rosada e apertadinha, sla soltou um gemido baixo, logo vieram alguns gemidos de dor se transformando em gemidos de prazer, mal podia acreditar, estava transando com quem eu mais queria, continuei metendo por um tempo, até que virei ela de quatro e continuei metendo, ela gemia bastante e pediu pra colocar mais forte, atendi seu pedido, ela gemeu mais ainda. Tirei a camisinha pra ela me chupar novamente, estava morrendo de vontade de gozar na boca dela, um dos meus fetiches e dela também, antes, chupei ela novamente até ela gozar, depois ela continuou me chupando, pedindo minha goza, quando terminei, lancei jatos grossos de porra na boca dela, ela engoliu tudo,chupou meu pau e deixou limpinho. Fomos para o banheiro onde ganhei mais um boquete, depois fui pra casa, ainda hoje espero chupar aquela bucetinha de novo, e gozar naquela boquinha gostosa.





ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.