"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Um casal de mulheres..


autor: ruysantanna
publicado em: 08/11/15
categoria: outra
leituras: 2840
ver notas


Um casal de mulheres..
Mariah > Há alguns meses eu venho cultivando uma certa amizade com um casal de lésbicas que conheci.
Mariah> É claro que eu gostei delas logo que as vi em um banco do Parque do Ibirapuera..
A amizade foi se desenvolvendo rapidamente, e é claro também, que elas sempre souberam que meu interesse sexual sempre foi direcionado para a maravilha que as mulheres tem bem entre as coxas.
Aquela delicia de flor perfumada que, de vez em quando eu colho uma no jardins do Ibirapuera.
Um jardim cheio de meninas, que como roseiras, desabrocham que namoram e se amam deliciosamente.(PS; isso me dá muito tesão)Mariah e Fernanda não são diferentes.
E eu as olho admiro e gozo a beleza e o perfume, porque foi para isso que a natureza permitiu a existência delas Mulheres.!!
Para nos proporcionar momentos de prazer e de beleza.
Eu aprendi isso e aproveito o meu lado VOYEUR.
Voltando as meninas, Mariah linda sorridente Fernanda mais safada sempre pensando em ganhar um beijo.
começamos a nos encontrar, ora no meu apartamento, ora no delas.
Quase toda semana nos reuníamos para papear, beber alguma coisa e inventar outras .
Desde que passei a freqüentar a casa delas, deixei um pouco de lado minhas investidas entrei no ritimo delas.
No tempo em que Mariah e Fernanda precisavam para firma uma ideia que eu ja tinha.
Onde eu sempre vou colher minhas rosas me dediquei a elas.
Porque senti que ansiavam por alguma coisa nova na vida.
Um dia elas me falaram se eu queria atuar como Voyeur em momentos de amor das duas eu concordei, já havia falado que amava isso.
Disseram que parecia que fazia um século que o trepar ultimamente, era como beber água morna.
Não queimava nem tinha sabor.

Numa noite, enquanto estávamos elas e eu na cozinha, voltamos a conversar sobre isso, e eu disse a elas:
vocês sabem que eu estou pronto para a brincadeira e mostrar pra vocês umas coisinhas que aprendi por aí.
É só vocês pedirem!
Elas não responderam, mas ficaram me olhando enviesado, e sorrindo.
Passei os dedos indicador das duas mãos no molho que estavamos preparando e estendi para que elas provassem o tempero.
Eu fiquei olhando diretamente nos olhos delas e fui colocando o meu dedo devagarinho inteiro dentro da boca delas.
Quando retirei os dedos da boca de Mariah e Fernanda ficaram me olhando fixamente e me perguntaram gostou?
-o que achou?
- Respondi delicioso!
-Elas sorrindo perguntaram você passou uma cantada??
- ah é?
Eu respondi.
-Ainda não!
Estou pensando seriamente no assunto.
Elas nada disseram, ficaram me olhando um tempo com um ar de maior sacanagem com uma carinha de safadas e depois sairam.
Aí foi a vez de elas passarem o dedo no molho e estendê-lo para eu chupar(quero dizer, provar).
E provei um pouquinho mais.
Quando elas iam tirar o dedo deminha boca, fizeram bem devagar e ao mesmo tempo fui aproximando minha boca da delas.
Quando as três bocas se tocaram.
Beijamos bem suavemente durante alguns segundos.
Elas corresponderam,e foram abrindo lentamente a boca para mim.
Senti um tesão enorme, ao perceber que elas estavão se entregando, sem nenhuma resistência.
Apenas se entregavam ao meu beijo eao beijo delas.
Ficava claro que elas estavam se preparando para se amarem.
Elas se beijaram com força, demonstrando todo o tesão que estavam sentindo.
Puxei a poltrona e fiquei olhando aquela maravilha que é o amor entre duas mulheres.
Elas com suas mãos acaricianvam suas bundas e seios muito com muito tesão que gostosas.
Me chamaram para um abraço a três aproveitei beijei gostoso,
sentido o mel a saliva doce de Mariah e Fernanda
Enfiei minha mão por dentro da sua saia e de sua calcinha, acariciei sua bunda e fui avançando por ,entre suas coxas.
Encontrei o que procurava.
Estava quente e molhada.
Eu soltei minha boca do seus labios, mas não tirei a minha mão de entre suas coxas.
Continuei com ela presa nos meus braços e sua buceta toda encaixada na minha mão que a enlaçava por traz.
Eu não pretendia tirar minha mão dali tão cedo.
Ela respirava forte e olhava para sua amiga que colocova a buceta em sua cara para ser totalmente penetrada por uma lingua cheia de tesão.
Eu não dizia nada.
E eu as beijei novamente.
Ela abriu totalmente sua perna nesse momento tirei minha mão que estava presa naquela buceta molhada ensopada que chegava a pingar.
Pediu que eu bebesse todo aquele liquido viscoso que saia de su buceta, meti a lingua e limpei tudo.
Levantou uma das pernas, até a altura da minha cintura, para que eu pudesse explorar todas suas delícias.
Meus dedos penetraram um pouco nela.
Ela se contraiu e gemeu sem parar de chupar sua companheira, que estava toda arreganhada molhada gemendo alto da sua boca saiam palavrões palavras indefinidas.
Quando num momento eu abri os olhos,levantei a saia dela e fiquei acariciando sua bunda, sabendo que ela estava adorando olhar tudo aquilo. Eu queria mais era que ela visse.
Eu queria que elas se amassem eu queria era olhar queria lembrar naquela noite.
Comeria naquela noite e em várias outras mas aquela noite só queria mesmo era olhar.
Eu as soltei lentamente, recompus um pouco suas roupas, tomei elas pelas mãos, e olhando direto para elas, eu as conduzi para o quarto delas.
No caminho para o quarto, eu apanhei minhas roupas e levei comigo.
Eu as beijei longamente e disse a noite é de vocês eu vou sentar ali e olhar.
Elas nada podiam fazer a não ser corresponder ao amor que havia entre as duas.
Somente agora elas começaram a se despir..
Tirou sua saia e calcinha e fiquei pegando suas roupas e colocando ao meu lado.
Eu tinha comigo duas calcinhas lindas e cheirosa com perfume de rosas.
Duas saias e duaas camisetas sob minha custodia...
Os dedos das meninas começara a dar prazer pra ambas.
Fiquei adorando os seus pelos macios que formavam um desenho em forma de diamante.
Beijram suas coxas, sua barriga, fizeram um 69 maravilhoso enfiaram a cabeça no mei de suas pernas , eu ouvindo seus gemidos e tocando uma punheta deliciosa.
Eu queria era ver seus peitos, eu adoro e eles estavam ali , para mim. Lindos, macios, gostosos, quentes, bicudos e trêmulos.
E eram meu colirio naquele momento.
Elas se sugavam e beijvam -se.
Quando elas gritavam de tesão, eu batia levemente com a palma da mão na bunda delas.
Eu colocava o dedo sobre os lábios delas depois as beijei várias vezes.
Batia leve novamente, só para ter motivo para voltar a beijar.
Mas eu estava reservando meu premio maior para o final.
Queria a buceta delas na minha boca.
Para isso, eu fui beijando seus peitos, sua barriga, seu ventre e finalmente abri suas pernas e beijei sua bucetinha uma de cada vez.
Estavam encharcadas e perfumadas.
Fiquei ali.
Era só ali que eu queria ficar.
Suguei com força até ela gritar.
Fiz igual nas duas bucetas.
Eu queria ouvir elas gritarem de tesão.
E elas gritavam várias vezes.
Depois eu parei de chupar e só lambia suavemente.
Lambi e babei bastante naquelas bucetas que já estavam toda inchada dos meus chupões.
A partir daí eu passei a lamber com muita leveza, apenas de vez em quando, enfiava a língua lá bem dentro delas para ouvir elas gemerem bem gostoso. Elas gozaram.
Uma de cada vez bem na hora que eu estava com a língua toda enfiada dentro da sua bucetinha.
Eu engoli tudo aquele liquido viscoso que adoro.
Fiquei parado olhando aquela maravilha que eram as duas mulheres nuas e cansadas caidas na cama.
Só sentindo seu sabor e cheiro.
Só respirando e sorvendo o sabor delas
Depois elas viraram de costas para mim e ficaram se beijando e se acariciando .
Beijei a nuca das duas.
Fui colocando lentamente meus dedos no meio da bunda,delas e continuei mordendo e beijando suas costas, seus ombros, sua nuca e suas orelhas.
Elas gemiam levemente enquanto eu penetrava meu dedo por traz.
Elas nada disseram.
Eu as coloquei de barriga para cima .
Elas se abaixaram e abocanharam meu pau slas tentavam alcançar minhas bolas com a boca.
Num momento que elas pararam de chupar o meu pau e ficaram punhetando ele de leve e me olhando com cara de putas.
Ao ver meu sorriso de sacana malvado, continuou punhetando e me olhando. Eu dei outro beijo na face delas .
Eu peguei o rosto delas com as mãos e enchi de beijos, beijei suas bocas e depois a soltei .
Agora mais beijos.
Elas fecharam os olhos e disseram quase num murmúrio:
-pode beijar mais. . . . .beija gostoso. . . .
Elas apenas seguravam o meu pau.
Deitaram cada uma em cima de um ombro meu, e eu me senti um rei.
Puxei o rosto delas para um beijo gostoso.
Senti o sabor do gozo delas na boca delas.

Cochilei brevemente e ao acordar percebi que elas estavam dormindo pesado.
Estávamos todos pelados.
Tomei um banho me vesti e fui embora.
Eu tinha assistido e participado da melhor foda da minha vida, mesmo sem ter comido as duas mulheres.
Por que o amor que elas dividem pertence a elas tem que ser respeitado.
Pra mim já é um bom começo.
Mariah e Fernanda espero que gostem...
Um beijo no coração de vocês..

Skype ruysantanna56



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.