"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Tamanho não importa? É claro


autor: lopezht
publicado em: 14/12/15
categoria: outra
leituras: 4220
ver notas


por H. Thiesen

Tamanho importa sim, e muito. Em outras palavras, importa se o homem assimilar o tamanho da sua ferramenta. Porém, nesse caso, as dimensões possuem mais identificação com a postura do que com o volume, porém a postura pode ter relação com os centímetros. Ou seja: A tomada de atitude de um homem em relação ao seu pau é mais importante e mais eficiente, do que alguns centímetros a mais. Trocando em miúdos, vale mais uma mente equilibrada, aberta e livre de tabus, do que uma mente pequena.
De outro modo, paus maiores podem induzir uma mulher a prolongar-se dentro de si e isso, é uma decisão íntima, porque algumas mulheres podem não querer ou ser levadas à esse diferencial. Aí é que encontra-se o potencial da importância do tamanho.
O jeito que um homem fode é importantíssimo e subestimado. Um cara de pau pequeno com uma pegada forte e que saiba dominar o ato, pode ser bem melhor do que um outro com pau grande e que não consegue foder direito. Pessoalmente, prefiro um pau que consegue me dominar, sendo assim, não me importa o tamanho, mas se o cara não saber usar muito bem a sua ferramenta, prefiro os maiorzinhos, nem tão compridos e mais grossinhos, com os quais eu me viro melhor.
Vale dizer que, ter consciência do tamanho da sua ferramenta e saber usá-la, é saber dosar-se e, proporcionalmente ao seu tamanho, fazer a companheira sentir-se bem durante o ato. Não adianta ter um pau enorme, se na hora o homem pensar que a bucetinha é um pilão! Afinal, homem com pegada não é aquele que soca forte e quer encontrar o fundo, mas aquele que tem domínio completo da situação, impõe-se na relação e mostra que naquela hora ela, a mulher, é sua!
Creio que até aqui eu não falei diferente da maioria das teorias, opiniões e posições, que são ditas por aí. Para mim dizer que o tamanho não importa, é uma posição que só satisfaz o politicamente correto, porque pessoalmente tenho a certeza que isso não é a verdade.
Conhecer um cara, fazer diversas fantasias a respeito dele, imaginar e se excitar com o que pode acontecer numa trepada e ir para a cama com ele, pensando que pelo menos a ferramenta é de tamanho normal ou é na média da maioria e, dar de cara com um "anjinho barroco", eu duvido que mulher não se decepcione ou que pelo menos não fique com vontade de rir!
- Que mulher fantasia um cara com pau diminuto? Da mesma forma, que mulher fantasia um pau de 35cm? Claro, há as exceções, mas a grande maioria fantasia um "pau", e pau, não quer dizer um pintinho ou um arrombador!
Na maioria das vezes a resposta à pergunta sobre o tamanho, é a clássica palavra "performance", ou seja: Tamanho não importa, o que importa é o que o cara faz! Mas cá entre nós e se o cara tem pintinho e é ruim de cama? Não dá nem para se virar sozinha. Porém, se o cara tem pelo menos um pinto normal, a trepada não será perdida, dá para remediar a situação!
- Fica deitado quietinho, deixa comigo, que eu mexo!
Ora, há mulheres que gostam de paus grande e mulheres que não, assim, se há gosto, é porque há preferência e então, o tamanho importa. Se uma mulher gosta de pau grande, o tamanho importa para ela, para outra que não gosta, também importa, porque ela sente-se bem com paus menores. As razões para preferir paus menores são várias e geralmente se apresentam como medo, desconforto, dor, bucetinha apertada, xoxotinha rasa, nada que não possa ser superado com um bom diálogo, paciência e muita excitação. Verdade seja dita, muitas tem medo de paus maiores, mas não tem medo de dar a bunda e, o cu não tem dilatação e nem lubrificação, coisas naturais que acontecem com a vagina durante o ato sexual, conheço mulheres que dão o cu à seco e nem por uma cuspidinha reclamam.
Diante disso, há uma pequena observação a ser avaliada; É muito mais fácil uma mulher que gosta de paus maiores satisfazer-se com pau menor do que o contrário, pelas razões que descrevi nos primeiros parágrafos, mas é claro, a performance do homem sempre será relevante.
Existe um pormenor que não é levado muito em consideração, o diâmetro do pau, algo que com muito menos frequência os homens se importam, pois para eles a referência é o comprimento. Quanto mais grosso o pau, maior será a sensação gerada à mulher, pois a área mais sensitiva numa buceta é a entrada e as sensações de saindo e entrando, enquanto estimulando simultaneamente o clitóris, é que fazem a diferença. De nada adianta um pau grande socando forte, levando o útero à garganta e causando desconforto, bem como, um pau pequeno escapando toda hora, batendo cabeça na entrada e machucando as adjacências.
É difícil transar com um pau muito comprido e ter ele lá dentro, mas torna-se algo profundo, posto que ele está lá e parece estar tocando o seu íntimo. De outra forma, ter dentro de si algo, sem importância de tamanhos, mas que sabe flanquear todos os seus sentimento, é um tesão imensurável. Em suma, quando se trata de tamanho do pau, o que importa mesmo é a grossura e claro, cada mulher prefere o tamanho que lhe cabe melhor, mas isso não quer dizer que ela não vá satisfazer-se com esse ou com aquele tamanho!
Fica claro então que, falando do tamanho do pau, em relação às mulheres,preferir é uma coisa, satisfazer-se é outra!
Resumindo tudo, o tamanho do pau importa, desde que o homem tenha consciência do que possui. Não adianta ter um pintinho se portar-se como se tivesse um pintão e achar que a mulher vai gozar só por que está com ele. Não adianta ter um caralho enorme, se não souber administrar o volume e ao contrário de dar prazer, proporcionar desconforto, achando que a mulher está gemendo de tesão pelo tamanho da ferramenta!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.