"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Eu e minha irmãzinha part.3


autor: Jovemdosul
publicado em: 27/12/15
categoria: incesto
leituras: 21245
ver notas


Olá leitores e leitoras, novamente aqui estou para continuar o conto, obrigado pelo seu feed..
Para não achar confuso leia "eu e minha irmãzinha" e "eu e minha irmãzinha part.2"

Então o casal entrou silenciosamente e escutou os gemidos de minha maninha
-aiiin aiiih aahh seu gostoso"(gritou júlia gemendo e calvagando)
O casal continuou em silêncio até que devagar a porta foi se abrindo e logo se depararam com a cena Júlia e eu, ela cavalgava que nem uma puta, comigo apolpando sua bunda ela estava tão louca que nem ligou quando abriram a porta e continuou a cavalgar, eu como não tinha nd pra esconder também aceitei e continuamos.. O casal começou a ficar exitado mas disfarçava até que eu vi a mão de sua esposa esfregando na ppk..
Eu logo fiquei observando e devagar fui levantando júlia um pouco mais pra frente.. Mostrando meu cacete para a esposa do corno ela disfarçadamente ficou olhando para meu cacete.. E começou a aumentar o ritmo indo mais intesamente empurrando seu dedo(mas tudo disfarçando para seu marido não ver que estava com tesão por mim..) Eu admito que fiquei com tezão, apos aquilo acariciei devagar minha irmazinha fui tirando meu pau de sua bucetinha.. E fui metendo no cuzinho.. Provocando mais a puta do corno, então comecei a comer aquele cuzinho quase virgem com muita vontade mas pensando na puta do corno.. Até que o casal começou a se despir.. E a se beijar ficaram nus e começaram a se beijar intensamente mas sempre com a puta olhando meu cacete mal eu esperava que iria comer aquela delicia.. Minha irmãzinha logo apertou meu cacete em seu cuzinho, eu a peguei e apertei seus seios fazendo ela soltar um gemido me fazendo gozar de prazer.. Logo a esposa estava chupando o corno, minha maninha e eu não ficamos para trás rapidamente Júlia pegou no meu cacete e começou a me mamar, foi delicioso.. Então o casal começou a se beijar novamente e eu e minha maninha ficamos sentados.. Ela batia pra mim e eu batia pra ela.. Olhando o casal fuder.. Eu perguntei seus nomes. O marido se chamava Alberto e a esposa Clara.. Clara então iria chupando Alberto até que ele esporrou em seu rosto.. Depois veio a foda.. Alberto foi acariando Clara, ela se escorou na parede e ele foi a beijando intesamente.. Alisando seu corpo. Eu queria foder a Clara ela era mais gostosa que minha maninha, pele branca, cabelos cacheados castanhos, olhos castanhos 1,70 de altura em torno de 60 kg, seios grandes e durinhos bumbum enorme e arrendodado, cintura fina com aquelas gordurinhas que me deixam louco.. A vontade era enorme então eu observei os dois foderem e pra me contentar comecei a enfiar meus dedos na bucetinha de minha maninha perto do clitoris, ela gemia tambem e logo o banheiro foi dominado por seus gemidos.. Julia respondeu da mesma forma e abocanhou meu membro..
Então o casal olhou para nós e..
CONTINUA

Olá leitores desculpem postar somente hoje é que eu tive alguns trabalhos a fazer e fiquei sem tempo a escrever..
Hoje è pra terminar o conto dependendo de seu feed.. Obrigado a todos e um abraço



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.