"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Uma foda no estoque do supermercado


autor: Anna Guimarães
publicado em: 18/01/16
categoria: hetero
leituras: 5919
ver notas


Como vocês já sabem meu nome é Anna, tenho 29 anos, 1Mt e 59, morena. Bubum médio, seios médios, buceta sem pelos lisinha.

Hoje vou relatar a vocês um novo conto, espero que gostem e dem a nota pra eu melhorar a cada dia mais.

Eu e o Matheus meu namorado tivemos uma discurçao, eu acusava ele de está me abandonado por conta do novo serviço. Matheus se defende dizendo que está trabalhando por conta própria e estava sozinho nessa, e que no início teria que ser assim mesmo.

Conversamos por horas e chegamos a uma conclusão que deveríamos dar um tempo. Fiquei triste e sem palavras pra expressar a dor que estava sentindo.

Os dias passam e eu em casa pensando no Matheus, foi quando o telefone tocou. Devem tá penando que era o Matheus, né? Também pensei que fosse, mas não era. Na verdade era uma amiga que me informava sobre una vaga em um supermercado aqui da cidade, era pra substituir uma garota que entrará de férias recentemente.

Aceitei ir lá no supermercado ver essa tal vaga na esperança de tirar o Matheus da cabeça. Concegui a vaga pois sei falar bem e tenho muito bom humor. Os clientes iriam adorar me.

Chegou o dia combinado fui pro mercado trabalhar, levei uma marmita pois minha casa era um pouco distante,aparentemente corria tudo bem, eu almoçava e tirava umas horas pra dormir no estoque do supermercado até da a minha hora.

Eu vestia sempre uma saia preta e uma blusa com botoes na frente, era o iniforme da empresa. Como no estoque havia um colchão onde pela noite descansava o vigia, eu descansava lá também em horários de almoço.

em uma dessas descansadas, senti uma boca no meu pescoço, que pra quem não sabe é o meu ponto fraco. Senti uns arrepios e me virei pra ver quem era.


Quando virei minha boca foi logo engolida pela boca do gerente de estoque, o Rafael.


Não resisti e correspondi o beijo do Rafael. Que beijo quente, ele colocava a língua dendro dá minha boca e passava a mão pelo meu corpo e eu já estava totalmente entregue aos toques do Rafael ,meu sutiã que abre na frente nesse amasso todo já se encontrava aberto, só faltava o Rafael perceber.

Não demorou muito e os bicos dos meus seios ficaram querendo furar a blusa que eu vestia e o Rafael abriu com força quase rasgando tudo e deixando meus peitos a mostra.

Rafael começou a sugar com força, com fome de mamar nessas tetas, eu já não aguentava mais e implorava por pau, o Rafael, não atendeu o meu pedido e começou a roçar aquela barba feitinha no meu pescoço. Me disse que não tava na hora e começou a me dedilhar, colocando apenas minha calcinha pro lado. Ele dedilhava tão gostoso que acabei gosando. Recebi um tapa no rosto por ter dado um gemido mais alto.

Rafael é um homem moreno, malhado, um cabelo e uma barba bem feita e chamava a atenção por onde passava.

Eu já estava sem blusa e o Rafael tirou minha calcinha e começou a me chupar como nunca, as vezes ele pegava meu clitóris com os lábios e eu pedia mais e mais. Eu puxava os cabelos daquele macho e pressionava a cabeça dele na minha buceta. Não aquentando mais gozei feito louca na boca daquele macho que limpou tudinho com a língua.

Eu não aguentando mais desabotei a calça dele e deixando ele só de camiseta comecei a chupar aquela rola de uns 15 cm mas muito grossa.

Que rola gostosa eu chupava a cabecinha como se fosse um sorvete, e depois desci pra chupar aquelas bolas. Que bolas saborosas.

O Rafael começou a fuder minha boca, as vezes aquela rola ia até minha garganta e eu engasgava, mas o Rafael não me dava chance de defesa. Ele gozou na minha boca um jato de porra e me fez engolir tudinho. Fiz meu papel de putinha e engoli até a última gota.

Ficamos beijando até que percebi um fogo novamente em mim. O Rafael percebendo me colocou de 4 e começou a fuder minha buceta sem dor.


Eu pedia pro Rafael meter com força e ele só tinha a obedecer.


Depois de um tempo socando gostoso gosei feito louca. Meu corpo tremia muito.

Fui retribuir a tudo que aquele macho tinha feito por mim, subi naquele pau e comecei a cavalgar, o Rafael já estava com a respiraçao ofegante. Eu cavalgava enguanto recebia do Rafael massagens nos seios.

Ficamos alguns minutos nessa posição e o Rafael anunciou que iria gozar. Não pude perder a oportunidade e comecei a chupar aquele pau até o Rafael gozar na minha boca e eu engolir tudinho. Olhei no relógio e meu horário tava acabando.Me vesti e fui pro banheiro terminar de me arrumar.

Depois dessa foda fui trabalhar com um sorriso no rosto, de quem parecia ter ganhado na mega da virada.

Fiquei no mercado até completar um mês e a Luísa voltar.

Nesse período que fiquei no mercado quase todos os dias o Rafael me procurava e eu não podia recusar. Até um dia que fomos pegos de surpresas. Mas isso é uma outra história.
Depois penso se escrevo.


Beijos da Anna espero que gostem.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.