"Os mais excitantes contos eróticos"

 

MINHA FILHA E SUA AMIGUINHA


autor: gatodoidinho
publicado em: 21/01/16
categoria: incesto
leituras: 104962
ver notas


Olá a todos. Para entender melhor esta história, leia primeiro meus outros contos chamados "DORMINDO COMI MINHA FILHA SQN" "METI NA MINHA FILHA DORMINDO" e também "NO CUZINHO DA FILHINHA". Meu nome e Paulo Roberto. Tenho 45 anos, moreno, 92 kg e minha altura é 1,70. Sou casado há 19 anos, tenho três filhos de 15 anos. Sou muito mente aberta em matéria de sexualidade; Depois desses episódios, iniciou-se uma relação de cumplicidade com minha filha. Ela passou a contar-me seus segredos e eu contava os meus. Em várias ocasiões ao conversarmos acabávamos numa deliciosa e excitante transa. Como eu e ela já sabíamos que sua amiga Michelli sentia tesão por mim, resolvemos que a Michelli iria se unir a nós nas safadezas e loucuras que fazíamos. Michelli já havia sentado e gozado no meu pau enquanto eu fingia que dormia, conforme relatado no conto mencionado acima. Minha filha Danielle acabou contando para ela sobre as nossas transas e desde então, quando ela vinha em minha casa, me olhava com cara de safada mais do que antes. Passou-se alguns dias e as duas resolveram se inscrever num concurso de "garota verão" em nossa cidade. Para serem aceitas para as eliminatórias do concurso, era necessário uma sessão de fotos, inclusive de biquíni. Como sou fotógrafo profissional com estúdio, Minha filha Danielle já foi logo marcando a sessão de fotos. Quando mostrou à sua amiga Michelli, ela imediatamente quis também e perguntou se eu cobraria caro, qual a forma de pagamento, etc... Eu me fiz de bobo e lhe disse que por ser amiga da família, faria um precinho especial para ela e que talvez eu nem cobrasse dependendo da situação. Ela entendeu o recado e foi logo marcando o horário e dia que ia querer. No dia marcado preparei o estúdio e dali a pouco lá vem ela cheia de sacolas com as roupas que ia usar nas fotos. A Dani ajudava ela a se arrumar e eu ia fazendo as fotos sem poupar clics. Quando chegou a hora de fazer as fotos de maiô e biquíni, eu já estava excitado e ansioso para fotografar aquele corpinho gostoso.
Conforme eu ia fazendo as fotos, ela ia fazendo caras e bocas para tentar impressionar os jurados do concurso. Quando terminamos as fotos, perguntei se tinha algo mais que eu pudesse fazer e então Danielle se propôs a fazer fotos mais picantes só pra zoar. Michelli no começo se fez de difícil dizendo que não faria fotos assim, que poderia ter problemas, mas tanto eu quanto Danielle sabíamos que aquilo era só papo furado, pois ela era muito putinha e adorava safadezas. Então a "convencemos" a
fazer as fotos inicialmente com os seios de fora, depois algumas aparecendo o bumbum e devagarinho ela foi se soltando e dali a pouco ela já estava de pernas abertas com a bucetinha exposta e toda molhada de tesão. Danielle propôs então que eu também tirasse a roupa e fizéssemos fotos simulando uma transa entre eu e sua amiga. Michelli então disse que tudo bem, desde que fosse apenas uma simulação. Eu mais que depressa a tranquilizei dizendo que de minha parte não haveria problemas em apenas simular uma transa até porque assim ficaria mais bonito e artístico. Começamos com minha boca próxima aos seus seios como se estivesse chupando-os e Danielle fotografando em
todos os ângulos e dando as ordens sobre as posições que deveríamos ficar, qual melhor ângulo, etc. As poses foram ficando mais ousadas e logo a Michelli já segurava meu pau duro com as duas mãos e já dava pequenas lambidas na cabeça do pau latejante. Eu já estava mais ousado e descaradamente enfiava minha língua em sua buceta enquanto Danielle fotografava tudo. Quando a Dani pediu para Michelli vir por cima, ela já não aguentava mais de tesão e foi logo sentando aquela buceta molhada no
meu pau, que entrou tudo. Aí a coisa descambou de vez para a putaria, pois Michelle começou a me cavalgar com tanta vontade que gozou aos gritos. Danielle largou a máquina pra lá e se juntou a nós. Tirou rapidamente suas roupas e veio colocando aquela bucetinha linda e molhada na minha cara. Era tanto tesão que enquanto eu metia em Michelli e chupava a buceta de Danielle, elas se beijavam de língua igual duas atrizes pornô. Elas então inverteram e minha filha sentou gostoso sobre meu pau,
fazendo-o desaparecer em sua buceta super molhada. Mal começou o vai-e-vem e já gritava que ia gozar. Eu que não sou de ferro, gozei junto, enchendo sua bucetinha de porra quente, deixando-as desfalecidas. Eu queria ainda comer o cuzinho das duas, porém havíamos passado muitas horas no estúdio e tínhamos que voltar pra casa, pois já era noite e havia o compromisso com ambas famílias, pelo bem de nossa cumplicidade. Em outro conto, relatarei como desvirginei o cuzinho de Michelli e como a deixei viciada em dar a bundinha. Se tiver algum casal ou mulher que goste muito de safadeza e queira entrar em contato, mande-me um e-mail pra gente iniciar uma conversa. Quem sabe rola alguma coisa boa. Não esqueça de dar nota e comentar este conto.

Paulo )



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.