"Os mais excitantes contos eróticos"

 

O primeiro 69


autor: Gatacaliente
publicado em: 03/02/16
categoria: hetero
leituras: 3153
ver notas


Acabei de lembrar de uma das transas de quando era mais nova que havia esquecido (haha como poderia ?)
Bom, estudava em uma escola há 4 anos (na época) estava acostumada com todos os professores, direção e funcionários era do tipo de aluna que amava a escola (não para estudar, mas sim para ajudar em qualquer projeto). Adorava bater papo com os “tios” e “tias” da cantina em aulas vagas, mas constantemente mudavam então sempre fazia “novas amizades” nenhum tinham menos que 30 anos ! Então nenhum interesse nunca rolou (da minha parte).
Certo dia soube que a administração da cantina tinha mudado novamente, pensei: “ótimo, espero que não sejam chatos”. Naquele dia tive 2 aulas vagas (pra minha sorte), resolvi então comprar algumas balas. Chegando ao balcão da cantina tentei ser a mais simpática possível e para minha sorte eles era super simpáticos. Quem me atendeu foi uma mulher que aparentava ter seus 50 anos, magrinha de cabelos pretos como o carvão.
- Olá ! Seja bem vinda a nossa escola “tia”
- Muito obrigada moça educada, tentarei fazer o melhor trabalho possível, sempre trazendo novidades com preços acessíveis.
- Nossa a senhora caiu do céu ! Qual é o nome da senhora ?
- Pode me chamar de você ! É Cleidvânia !
- Prazer Cleidvânia, Daniela. Você poderia me dar 3 reais de bala misturada?!
- Claro.
Enquanto ela pegava as balas, por traz de mim alguém pediu licença para entrar com algumas caixas na cantina (nem tinha visto quem era).
- Prontinho ! Aqui está suas balas. Leve esse chocolate como brinde por ser tão educada ! Aqui está, este é Fabio (apontando para um cara de uns 30 anos, gordinho, cabelo arrepiado preto).
Sorri, acenei e dei boas vindas !
- E esse aqui é Douglas (apontando para um menino 17 anos, moreninho, porte atlético, cabelo arrepiadinho preto, todo lindinho), esses vão me ajudar na cozinha.
Sorri, acenei e dei boas vindas. Ele que ficou com um sorriso bobo dizendo só “obrigada”, sempre achei ele tão bonito. Os dias passavam, e sempre que era aula vaga ou havia algum tempo vago no intervalo, ia lá dar um oizinho ! E claro trocar olhares com aquele gostoso do Douglas. Algumas meninas caiam matando e nunca ví ele dando bola pra nenhuma daquelas garotas (Será que ele namora ?) Bom, certo dia vi uma aliança em seu dedo e perguntei:
- Qual o nome dela ?
- De quem doida ? (Sim já tínhamos intimidade um com o outro)
- Da namorada Retardado !
- Amanda, palhaça.
- Tadinha ! Ela é míope ? Pra namorar com você, só se for né. Eu sei que você me acha fantástica !
- Ainda bem que sabe !
Me dei uma de desentendida.
- Tem facebook ?
- Sim. Me adiciona lá (e disse o nome).
Chegando da escola já ví o Convite e logo aceitei, e logo subiu uma janelinha com ele:
“Eita moça que me ama”
“Não é pra tanto”
“Mas me acha incrível !”
“Talvez. Me diz, e o seu namoro ?”
“Terminamos !”
Não sabia se ele estava falando só pra me impressionar ou se havia realmente terminado.
“Ah mentira ow”
Ele me mandou um print da conversa deles que acabaram de ter, falando que ela sentia algo por outro. E eu disse:
“ Sinto muito”
“Haha tudo bem. Ela era muita dor de cabeça pra mim ! Mas eu sei que remédio é o melhor pra isso”
“Qual ?”
“Sua boca na minha !”
“Você acabou de sair de um relacionamento e você só me quer para amenizar essa dor.”
Logo ele me mandou um outro print de uma conversa que ele teve com um amigo dizendo que iria terminar com a amanda pra ficar com uma menina incrível que ele conheceu trabalhando Daniela o nome rs. Era eu Claro. Surpresa mas feliz porque também queria ficar com ele. Disse:
“Porque nunca me disse ?”
“Porque não sabia se tinha a mesma vontade !”
“E agora você sabe ?”
“Não, mas só não quero perder mais tempo ! Então o que me diz ?”
“Vá até a esquina da escola que saberá”
“Tudo bem”
Me dirigi até lá. Cheguei primeiro que ele, bom demorou uns 10 minutos e logo o ví, ele sorriu e veio em minha direção, quando ele chegou perto de mim, me deu um beijo “meia lua”, meu coração disparou nunca havíamos nos cumprimentado daquela forma. Foi então que ele logo disse:
-Qual a resposta ?
-Faça o que quiser !
Ele logo me agarrou pela cintura, colocou uma das mãos sob o pescoço e outra na cintura, nos beijamos longamente e apaixonadamente, acho que passamos uns dez minutos assim, quando paramos ele disse:
- Wow fiquei sem ar ! Nossa nunca quis tanto uma boca igual quero a sua !
Sorri meia sem graça. Demos uma volta por ali, conversamos, nos beijamos e nos despedimos. Quando cheguei em casa ainda conversamos nas redes sociais, no outro dia na escola, trocamos sorrisos e olhares. Muitas meninas perceberam porque nos encarávamos o tempo todo ! Quando fui embora, logo verifiquei as redes sociais e tinha uma mensagem dizendo:
“Como fiquei louco para pular daquele balcão e provar da sua boca, sentindo falta de um beijo tão gostoso igual o seu é”
“Como queria te sequestrar para beijar muito você”
Naquele dia comecei a me adoentar, fui para o hospital, não pude levar celular nem nada, acabei ficando internada por 3 dias sem falar com ele e nem com ninguém, fiquei pensando nele e nos beijos. Quando sai do hospital, fui correndo procurar o celular para falar com ele, tinha mensagem de muitas pessoas perguntando o que havia acontecido comigo, pois tinha sumido e não tinha dado notícias. Expliquei uma por uma, até que quando eu fui procurá-lo, ví o que não queria ver, ele estava namorando. Fiquei revoltada, como ele havia arranjado uma namorada em 3 dias que sumi, porque ele não me ligou e nem mandou mensagem ? Fiquei revoltada, no outro dia, fui para escola, ao me deparar com ele nos encaramos novamente, mas dessa vez foi um olhar de rejeição e até certo desprezo, aquilo era recíproco.
Paramos de nos falar ! Ficamos 1 ano sem nos falar, até que eu indo para um mercado, o ví e virei a cara, até que em um corredornos trombamos e disse
- Olha por onde anda !
- Olha você por onde anda ! Sua descuidada !
- ah pelo amor hein não estraga meu dia !
- Garota você se estraga sozinha !
- Vem cá, o que você tem contra mim ?
- Claro você some 3 dias, indo para a cidade do seu ex.
- Se você não sabe, estava no hospital e meu ex é meu vizinho, não tenho nenhum ex que more em outra cidade.
-Ué mas o Hellysson está mentindo então ? (Hellysson é um amigo, ele gosta de mim, enquanto estava no hospital ele foi em casa e minha mãe disse o que aconteceu)
- Como assim ?
- Quando você estava sumida, perguntei se ele sabia de alguma coisa e ele me disse isso ! Mas já ví que ele mentiu e feio !
- Pois é, pelo visto seu namoro vai bem né !
- não, terminamos uma semana depois que começamos a namorar.
- Sinto muito.
- Me acompanhe até em casa que te conto o que aconteceu e você me diz mais sobre essa mentira do seu amigo.
Concordei e fomos, ao chegar na porta da casa dele, me convidou para tomar água, aceitei, achei que sua mãe estava na casa, chegando na casa dele percebi que estávamos sozinhos, fiquei sem graça mas não disse nada, ao tomar a água, fui em direção a porta e ele me puxou pelo braço dizendo:
-Vamos recuperar o tempo perdido.
Me puxou pela cintura e começamos a nos beijar. Um beijo quente, forte e acalorado, ele foi me empurrando em direção a sala, e me deitou no sofá, um calor me subiu no meio das pernas e nos beijamos mais forte. E mãos bobas começaram a rolar, alternando beijos em meu pescoço e na boca, ele percorria meu corpo com suas mãos, e cada vez seu membro enrijecia mais e mais, ele pegou em meus seios, começou a apalpá-lo, massageá-lo por cima da blusa, até que a tirou completamente, eu mais que de pressa, tirei a camiseta dele e comecei á beijar todo seu peitoral, até que chegou em sua bermuda e logo arranquei deixando-o só de cueca, ele tirou meu sutiã, e mamou em meus mamilos enquanto acariciava minha buceta, por dentro da calça, aquilo era tão gostoso que gemia, até que ele tirou minha calça junto com minha calcinha, peladinha estava, me deixou no sofá com as pernas abertas, até que ele começou a mamar em minha buceta, dando fortes linguadas e enfiando dois dedos, num movimento rápido ! Aquilo era maravilhoso !, olhei para o pênis dele, ele já estava sem cueca e com um melzinho descendo da cabeça e bem duro já, quando ele tirou uma camisinha de sua bermuda colocou em seu pênis e começou a introduzir aquela tora em mim, num papai e mamãe gostoso ele tinha um ritmo mediano que começou a ficar extremamente rápido e eu gemendo alto. Até que ele deitou no chão e me mandou vir por cima dele com a bunda virada para a cara dele, me atrapalhei um pouco rs pois nunca havia feito um 69, mas quando ele começou a me chupar, me senti no céu ao mesmo tempo mamava naquele pauzão preto. Sem perder aquela posição introduzi minha buceta com a bunda virada pra ele, e bombava, aquilo o dava muito prazer e fui cavalgando cada vez mais forte aquilo era de nos fazer revirar os olhos. Até que me disse:
- Vou gozar ! Mas quero gozar com você olhando pra mim !
Me virei e comecei a sentar de frente. Sentava gostoso. Não demorou muito, ele começou a urrar e percebi que ele estava gozando ! Deixei que ele enchesse a camisinha de porra, depois me levantei e ele tirou a camisinha, ele pediu para que eu o chupasse para limpar. Obedeci. Logo nos viramos em um outro 69, decidido a me fazer gozar ele mamava em ritmos alternados, me dava tapas na bunda, enfiava dois dedos, mandava esfregar a buceta na cara dele, me chamava de vagabunda, puta e me pedia para gozar na cquilo me excitava muito e me dava muito prazer, até que não aguentei, gemi gostoso, gozei muito ! E esfreguei minha buceta na cara dele para sentir o gosto do meu melzinho !
Bom gente esse foi meu conto, espero que tenham gostado !
Crítica, sugestões, só comentar
Beijos safados e safadas. Nos vemos no próximo conto.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.