"Os mais excitantes contos eróticos"

 

TROCANDO REVELAÇÕES!


autor: Amora
publicado em: 18/04/15
categoria: casual
leituras: 4955
ver notas


Naquela manhã na praia eu descobriria que eu não era a unica safada hospedada naquela pousada!
Após tomar o leitinho do meu macho e tomar um café na pousada desci para praia acompanhada de Michel, Vanessa e Valter já estavam lá, mas Magali demorou a chegar.
E quando apareceu, chegou com novidades, eu estava sentada ao lado de Vanessa na areia da praia e Magali então me chamou para sair dali e ir buscar uma água de coco.
Mal saímos de perto de sua filha e Magali já começou a falar "Ai amiga você nem imagina oque aconteceu!", "Você perdeu amiga!"
Apesar de imaginar oque tinha acontecido deixei ela continuar a falar.
"Amiga já tinha traído meu marido mas foram só beijinhos nada mais que isso mas de "dá" para outro nunca tinha rolado, ainda mais assim logo 3 de uma vez!!!"
Como assim eu imaginando que Magali havia escolhido um ou no máximo dois pra dizer que fugiu do normal e quis ter uma experiencia diferente mas não, foram logo os três e isso aguçou a minha mente e quis saber mais, perguntando ela como tinha rolado?
"Amiga no carro nos fomos de boa só conversando mesmo, e quando chegamos na casa, eles me ofereceram umas bebidas, só não aceitei pois tive medo de ter algo nelas, mas topei umas cervejinhas não muitas, os dois (ela falou o nome mas não lembro rss)que estive conversando lá no barzinho continuaram a me dar muita atenção, já oque você deu uns beijos (ela também disse seu nome mas não me lembro também), parecia estar chateado!", "Acho que você mexeu com ele heim, também com esse corpão de diva que você tem é fácil bagunçar a cabeça de um homem rss".
Agradeci ao elogio e deixei que continuasse a me contar sua aventura pois já estava morrendo de curiosidade.
"Amiga no inicio eu tava meio confusa e olha que nem tinha bebido muito, não sabia quem escolher, fazia tempo que não via dois homens disputando minha atenção!".
Na altura de seus 42 anos, dois filhos adolescentes, um casamento não tão bem sucedido tanto em cima da cama quanto fora dela e com alguns bons quilinhos a mais, onde alguns beijinhos em colegas de trabalho parecia ser sua maior aventura Magali transparecia ter vivido a melhor noite de sua vida.
"Amiga não sei oque deu na minha cabeça, em um minuto eu estava pensando quem eu devia escolher e no outro, já estava beijando um, mas me arrependi de qual eu tinha escolhido, estávamos os 3 sentados no sofá conversando e derrepente rolou o beijo, quando percebi que o outro estava se levantando segurei ele pelas pernas puxando de volta para o sofá para em seguida eu começar a beijar ele, o outro ao invés de ficar bravo ou algo parecido, teve a atitude de enfiar as mãos em meus peitos e na hora meus mamilos ficaram duros, o rapaz que eu beijava começou a enfiar sua mão por dentro do meu vestido e antes dele chegar em minha tabaquinha eu já estava toda molhada e em segundos o primeiro que beijei já estava mamando meus peitos, não pensei duas vezes e segurei aquelas duas picas uma em cada mão!!!"
Que loucura eu estava ouvindo e aquela loucura estava começando a me deixar excitada!
"Amiga aquilo tudo em fração de segundos acontecia e eu me sentindo uma Deusa coloquei os dois para mamar meus peitos!", "Amiga comecei a gemer com os dois daquele jeito e isso deve ter chamado a atenção do seu gatinho que estava do lado de fora da casa, pois ele entrou e se deparou com nos três na maior pegação!", "Falei pra ele que você não tinha ido mas se ele quisesse eu poderia consolalo, ele se aproximou e eu abaixei sua bermuda, sua pica estava meio mole ainda, mas abocanhei ela assim mesmo, enquanto isso um deles tiravam minha calcinha e em seguida me fez sentar na pica dele, o outro levantou e ficou ao lado do seu amiguinho pronto para ser chupado também! Nossa eu nunca tinha visto tanta pica assim pra me comer de uma vez e tava adorando aquilo!"
Enquanto ouvia Magali falar sobre sua aventura eu lembrava da noite do cruzeiro com Carol, Eduardo e Wilian e imaginava o quanto não deveria ter sido prazeroso para ela ter aqueles três jovens homens ao seu dispor.
"Amiga eu sentava naquele pica que sentia ate as bolinhas dele e revesa em chupar um e outro!" "Seu amigo foi o primeiro a querer revesar e deixar de ser chupado e vim me comer, e olha já te confesso de agora que foi o melhor a me comer você perdeu uma grande oportunidade!" falou sorrindo Magali.
"Amiga ele me colocou de quatro e enfiou com vontade na minha tabaquinha, o primeiro que me comeu tava impaciente pra mim mamar na pica dele e quando comecei foi rapidinho pra ele encher minha cara de gozo, tava muito bom seu amigo me comendo e eu já tava quase gozando, mas eles revesaram de novo, e eu tava doidinha pra gozar com ele, pois ele era o mais gostoso do três, eu sei que você deu uns beijos nele mas não rolou sentimentos entre vocês né?"
Dei risada do que Magali acabara de falar e respondi que não que estava em outra e que ele foi só um acidente de percurso.
Magali deu um suspiro de alivio e pedi que ela voltasse a contar sua historia.
"Amiga depois que o primeiro gozou ficou só nos três e pra dizer a verdade ele beijava bem mais achei ele rápido de mais no gatilho, o outro que não beijava tão bem até que me comia gostoso mas não queria gozar com ele, e eles enquanto me comiam me xingava de tudo o quanto é nome, mas oque me excitava mais era quando falavam mal do meu marido!", "Corno era pouco, mas fiquei bem excitada quando eles falaram que iriam me entregar toda arrombada para meu corno! nossa isso me deixou doida", "Já estava doidinha pra gozar e tive que pedir para seu amigo me comer, ele veio mas antes encheu meu rosto de porrada com a pica dele falando que eu era uma vagabunda!'"
"Nossa amiga nunca gozei tanto na minha vida, depois que gozei fiquei meio anestesiada e eles dois me dando a pica pra chupar e me xingando, até gozarem inteirinhos em mim!"
Fiquei impressionada com oque Magali tinha acabado de me contar e antes que pudesse dar alguma opinião ela me pediu calma dizendo que havia mais.
"Amiga sai da sala pra me lavar e quando sai do banheiro o primeiro que tinha me comido me esperava na porta do banheiro e me chamou pra entrar no quarto dele, quando entrei ele já foi me empurrando pra cama e começou a lamber minha tabaca, nossa que delicia, tava tão bom só que ele parou e enfiou aquela pica na minha tabaquinha e ficamos fazendo um frango assado e quando eu estava começando a gosta pedindo mais e mais ele gozou!, sai do quarto brava, encontrei oque não beijava bem, ele olhou pra mim e disse que eu era uma vagabunda e que tava ouvindo eu pedir mais pica, perguntei se ele tinha pra me dar e ele falou que se eu quisesse era só conferir, não resisti né já tava ali passando atestado de vagabunda mesmo, entrei no outro quarto e mandei ele mostrar oque ele tinha, e olha que ele me mostrou bem mais que eu esperava, ele era muito safado, fizemos diversas posições e me fez gozar gostoso!"
"Sai de lá quase já amanhecendo, toda descabelada, tive que pegar um táxi pra voltar pra pousada e paguei o taxista com uma bela chupada!"
Sem duvidas Magali havia superado toda as safadezas que eu havia feito naquele fim de semana.
Mas Magali ainda tinha alguns questionamentos o por que de eu ter ficado com o rapaz no bar ter me esfregado acintosamente em suas pernas deixando o excitado e teria ido embora?
Respondi a ela que meu problema atendia pelo nome de Michel.
Magali não contente com minha resposta indagou que meu filho já era bem grandinho para me preocupar tanto com ele.
Depois de Magali ter se abrido tanto comigo decide abrir o jogo com ele e expliquei que Michel não era meu filho e sim um namoradinho.
Magali não parecia surpresa com oque tinha acabado de ouvir e disse mais:
"A amiga eu tinha certeza que tinha algo estranho em vocês dois, os olhares de vocês não são de mãe e filho e desculpa te falar mais esse seu namoradinho é bem gostosinho mesmo, ele deve te dar um calor e você deve dar um trabalho pra ele!", ""Me conta as loucuras que vocês aprontam?" falou Magali.
Mais do que dizer que somos mãe e filho respondi aos risos. 



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.