"Os mais excitantes contos eróticos"

 

NAMORO ABERTO Parte 2.


autor: Amora
publicado em: 21/04/15
categoria: grupal
leituras: 3912
ver notas


Retomando minhas aventuras com Leo.
Após a noite de sexo com Jhon, Leo estava cada dia mais entusiasmado com a possibilidade que tinha de me exibir a outros homens.
Todos os dias eu ganhava alguma roupa, sapatos ou lingerri e sempre nas caixas dos presentes vinha um cartãozinho pedindo que usasse o presente naquela noite, algumas roupas eram tão curtas que me dava até vergonha de usa las, alguns sapatos eram tão altos que as vezes até perdia o equilíbrio e algumas lingerris eram tão pequenas que mau entravam em meu corpo.
Sempre que saiamos nessas noites Leo parecia fazer questão de me deixar como uma presa aos leões! Leo se admirava ao ver quantos homens me desejavam e isso parecia excita lo, nossas preliminares na cama passaram ser mais sobre comentários de quem tinha olhado, ou como olhou ou se algum homem havia me chamado a atenção.
Leo comentou que havia um outro amigo este seu instrutor de academia que gostaria de me conhecer, e disse que esse seu amigo havia visto algumas fotos minhas e que estava muito interessado e que ele havia ficado extremamente excitado em ver um vídeo gravado no celular de Leo em que eu o chupava.
Fiquei furiosa em saber que Leo estava me expondo desta forma, me senti desrespeitada, tivemos uma grande briga e demos um tempo em nosso namoro, mas Leo foi insistente todos os dias me procurava para pedir desculpas e prometer que as coisas mudariam se voltasse com ele.
Após dias de insistência decide dar outra chance a Leo, nos primeiros dias em que voltamos Leo não comentava nada sobre outros homens e nem parecia disposto querer que me exibice aos outros.
Mas semanas depois Leo sempre dava alguma indireta sobre me exibir novamente mas eu sempre o cortava.
Em uma noite Leo me convidou para passar em sua casa ao invés de sairmos, ao chegar em sua casa tive uma surpresa, Leo estava sentado na mesa e a seu lado um homem que lembrava muito Paulo, só que esse mais baixo e mais forte que Paulo.
Leo se levantou e me apresentou a Hugo seu instrutor na academia, além da simpatia a semelhança entre Hugo e Paulo de alguma forma mexeu comigo, afinal de contas Paulo havia despertado a puta que havia dentro de mim, outro fato que eu ainda não contei é que quando ainda saia com Marcos tive uma recaída e seduzida por Paulo amigo e sócio de Marcos, mas esse conto ficara para uma próxima vez.
Esses varíos fatos me fizeram não pensar muito se eu estava sendo usada ou não e me fez flertar descaradamente com Hugo na frente de Leo.
Comiamos uma pizza Hugo estava sentado entre eu e Leo, estranhamente Leo colocava a mão sobre a coxa de Hugo enquanto Hugo não perdia a oportunidade de me olhar com malicia enquanto conversávamos.
Após acabarmos de comer levantamos da mesa e eu queria ter meu corpo tocado por Hugo, mas não queria ser tão direta apesar de imaginar que Hugo já tinha a certeza de que iria me possuir naquela noite.
Apesar de não parecer enciumado Leo desta vez parecia fazer uma marcação maior entre eu e Hugo, mas talvez isso fosse devido ter mostrado um interesse maior em Hugo.
Os assuntos já estavam se esgotando, Hugo começava demonstrar certa impaciência eu queria sentir logo Hugo dentro de mim mas não queria ser direta, Leo parecia perdido e alguns momentos até sobrava nas conversas.
Algum tempo depois com menos assuntos e agora com minha paciência se esgotando decide chutar o pau da barraca, pedi pra que Leo colocasse uma musica mais animada pois a que estava tocando estava chata, essa era a deixa passei a dançar provocativamente para Hugo, finalmente Leo parecia sentir ciumes de mim por algumas vezes me interrompeu ou chamou minha atenção.
Irritada com a atitude de Leo mandei que ele fosse até a cozinha preparar uma batida para nos bebermos, contrariado Leo se dirigiu até a cozinha e eu me sentei ao lado de Hugo e decide entrar em um assunto que particularmente não me agradaria mas como as coisas estavam meio travadas decide escancarar tudo e comentar sobre as fotos que Leo havia mostrado a ele.
Hugo se mostrou visivelmente sem graça com minhas perguntas, mas fui insistente e ele foi se soltando, comentando que tinha adorado ver minhas fotos e eu mais ousada perguntei se ele não gostaria de ver ao vivo.
Surpreso Hugo não respondeu, me levantei peguei em sua mão e conduzi ele até o quarto de Leo, que terminava de preparar a batida.
Estava tão excitada que assim que entramos no quarto, rapidamente tirei minha calça listrada colada ao corpo e minha regatinha, ficando apenas de calcinha e sutiã em frente a Hugo.
Quando Leo entrou no quarto eu e Hugo já nos beijavamos ardentemente, Hugo passava suas mãos em todo meu corpo, Leo desta vez não quis apenas assitir, ele quis participar também, enquanto Hugo beijava minha boca, Leo agarrou me por trás e começou a beijar minha nuca deixando me louca.
Leo roçava seu pau em minha bunda e eu sentia o volume do pau de Hugo batendo na frente de minha amiguinha em um sanduiche delicioso.
Leo afoito pedia para que eu tirasse para fora o pau de Hugo e chupa lo.
Assim que tirei o pau de Hugo para fora de sua bermuda me desapontei um pouco pelo tamanho achava que seria maior mas me surpreendi pela grossura, Leo então comentou dizendo que o pau de Hugo era bonito, achei aquele comentário estranho mas no calor da safadeza passou despercebido, Leo falou então que eu demonstra se como eu sabia chupar bem!
Hugo deito se na cama e comecei a chupa lo seu pau grosso enchia minha boca, posicionada de quatro, Leo colocou minha calcinha de lado e dava linguadas em meu cuzinho alternando com minha chaninha que estava totalmente encharcada.
Enquanto eu chupava Hugo, ele perguntou se tínhamos preservativos pois ele tava doidinho pra me foder logo, Leo deixou de me chupar e correu para pegar um pacote de preservativos para seu instrutor poder me foder.
Hugo mandou que eu continuasse de quatro e então Leo com o preservativo em sua mão disse: "Posso coloca lo em você?", não acreditava no que acabava de ouvir, Hugo com uma naturalidade imensa respondeu: "Pode!".
"Pau negro, grosso e bonito né amor?" falou Leo. Aquilo não poderia estar acontecendo, senti Leo conduzir o pau de Hugo até minha chaninha, assim que Hugo me penetrou Leo ficou alguns segundos olhando ali ao lado e Hugo então disse: "Você tinha razão sua mulher é muito gostosa meu amiguinho!".
Leo então se posicionou em minha frente oferecendo seu pau para que eu chupasse, enquanto Hugo me penetrava com seu pau grosso um de seus dedos brincava com meu clítoris aumentando meu tesão!
Hugo a todo momento conversava com Leo, fazendo elogios de mim e Leo elogiava a performance sexual de Hugo, naquele momento eu era apenas um objeto para os dois.
Hugo disse que estava próximo de gozar, Leo então sugeriu que Hugo gozasse em minha boca para que eu sentisse o gosto da porra daquele pau grosso, estava com tanto tesão por estar sendo usada como uma puta que não me opus.
Hugo então deitou se novamente na cama e antes que eu começasse a chupa lo, ele me deu seu dedo dizendo que era para sentir o gosto de minha bucetinha, lambi seu dedo e em seguida cai de boca na sua rola!
Leo nos incentivava, mandando Hugo encher minha boca e dizendo pra mim chupa lo gostoso e não desperdiçar nenhuma gota de esperma!
Hugo então agarrou meus cabelos forçando minha cabeça em direção a seu pau e começou a jorrar porra em minha boca, Leo parecia adorar a cena que via, assim que Hugo terminou de gozar e soltou minha cabeça, levantei e fiquei de frente para Leo que me perguntou se tinha gostado do gosto da porra de Hugo, com minha boca ainda cheia e antes que conseguisse responde lo, Leo me beijou dividindo comigo o gosto forte da porra de Hugo!
Ainda me beijando Leo fez com que me deitasse por cima de Hugo e se posicionando de franguinho assado, Leo passou a me penetrar enquanto Hugo servindo de colchão brincava com os meus mamilos!
Eu olhava em direção a Leo e via escorrer pela sua boca um pouco de porra, aquilo estranhamente me excitou e eu gozei deliciosa e demoradamente, até sentir os jatos de porra inundar minha grutinha!
Leo deitou se ao meu lado e nós ignorando totalmente a presença de Hugo que roçava seu grosso pau em minha bunda, ficamos conversando sobre oque tinha acabado de acontecer.
Derrepente Leo passou sua mão por trás de mim até chegar ao pau de Hugo.
"Quer comer ela outra vez?", perguntou Leo enquanto segurava a rola de Hugo e a batia em minha bunda.
"Tá meio mole! Quer outra chupada?", Leo disse a Hugo.
Hugo então levantou e ofereceu me novamente seu pau, assim que comecei a chupa lo Leo começou a comentar novamente sobre o pau de Hugo e derrepente falou algo que me fez parar tudo!
"Nossa ela é grossa mesmo eu to com vontade de chupar também!!!Posso?"
Oque, como assim, meu namorado era mesmo uma bibinha enrustida!
Tentei argumentar alguma coisa mas Leo disse: "Vai só está nos três aqui! Não precisa ficar brava comigo vale tudo no nosso relacionamento para ter prazer!"
Hugo apenas ouvia e então ele olhando pra mim disse: "Vai deixa o viadinho gosta e você vai curtir também!"
Já tínhamos ido longe demais e eu já tinha feito muitas loucuras mas essa era impensável.
Me deixei mais uma vez ser levada pelo tesão da situação e comecei a trocar beijos com Leo no pau de Hugo.
A língua de Leo disputava com a minha os espaços do pau de Hugo, que mostrava estar totalmente nas nuvens, Leo então sugeriu uma D.P., mas neguei isso a ele dizendo que ele gostava de rola e que teria que ver mais uma vez como se da prazer a uma mulher e Hugo mostraria isso a ele.
Pedi que Hugo me comesse feito um animal e fui atendida, enquanto era fodida eu e Hugo provocava Leo.
Estávamos trepando sem preservativos então Hugo tirou seu pau e gozou em minha barriga em seguida mandei que Leo limpasse com a língua a porra despejada próxima a meu umbigo, sem pensar duas vezes Leo limpou tudo e em seguida chupou minha amiguinha me fazendo gozar.
Após toda essa safadeza eu decide ir embora para tentar processar toda aquela informação!
Peguei minhas coisas me despedi dos dois e disse que no outro dia conversaria com Leo.
Em nossa conversa do dia seguinte, Leo se abriu para mim dizendo que gosta de mulheres mas sente tesão em homens também, após nossa conversa foi o ponto final de nosso namoro, porém continuamos nossa amizade e com mais cumplicidade e logicamente com algumas aventurazinhas.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.