"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Sexo com meu noivo e a loira


autor: celinhacoelho
publicado em: 13/04/16
categoria: hetero
leituras: 5038
ver notas





Tudo que vou relatar aconteceu quando eu e meu noivo fomos passar um final de semana na praia. Ficamos em um chalé em meio a mata, super charmoso, ficava um pouco longe da praia mas valia a pena porque a paisagem era linda.

A janela do nosso quarto era toda de livro e dava para o chalé da frente, enquanto estivessemos no quarto as cortinas teriam que ficar fechadas porque quem tivesse ao lado conseguiria ter uma vista panorâmica do nosso quarto.

Chegamos lá na sexta á noite, e como estávamos cansados fizemos um sexo rapidinho mas muito gostoso. Assim que entramos no quarto nem pensamos em fechar a cortina, e não apagamos a luz. Meu noivo me agarrou, abriu o ziper do meu vestido, que ficava na parte da frente e já enfiou a mão por baixo do meu sutiã, acariciando meus seios enquanto me beijava no pescoço, na boca, roçava a língua devagar pela minha orelha, pescoço, desceu pelos ombros e começou a sugar os biquinhos dos meus seios com violência e ao mesmo tempo com carinho, eu sentia minha buceta latejar de tanto tesão, ele percebendo que eu estava ofegante, enfiou uma das mãos dentro da minha calcinha, acariciando minha bucetinha, lembro como se fosse agora, ele meteu a língua na minha boca, enquanto com uma das mãos apertava um dos meus seios e com a outra ele colocava os dedos nela fudendo ela com vontade, puta que pariu, aquilo foi delicioso, gozei maravilhosamente.

Logo depois ele puxou meus cabelos, que estavam presos em um rabo de cavalo, e me fez ajoelhar em sua frente, tirou o pau pra fora, ele estava até brilhando de tão duro que estava, enfiei minha boca nele de uma forma que meu noivo gemeu de prazer e quase gozou, tive que parar um pouco para ele se recuperar, depois continuei engolindo ele devagar, passando a lingua por ele todo e parando na cabecinha, sugando devagar só com os lábios, quando ele estava para explodir na minha boca, me puxou para ficar em pé e me jogou na cama, não deu tempo nem de tirar minha calcinha, você socou com força gozando ao mesmo tempo que eu.

Após essa rapidinha, deitados na cama exaustos, virei para dar um beijinho nele e reparei que no chalé ao lado tinha alguém nos observando, a pessoa presenciou tudo o que fizemos, confesso que fiquei constrangida mas não dei muita importância, levantei fechei as cortinas e fomos tomar banho, logo depois caímos em um sono profundo.

No dia seguinte, fomos para uma praia que a dona do chalé nos indicou, a praia era deliciosa, deserta , então dava pra ficarmos bem a vontade. Começamos a beber uma cerveja geladinha, conversando, rindo, brincando, quando senti que estávamos sendo observados. Comecei a procurar e percebi que ao nosso lado tinha uma loira, bonita, um corpo bem definido, seios fartos, pernas torneadas, muito gostosa, me olhando, senti uma certa atração por ela, nunca fiquei com nenhuma mulher, mas tinha muita curiosidade, apesar de ter muita intimidade e sacanagem com meu noivo nunca tive coragem de confessar isso para ele. A mulher não tirava os olhos de mim, achei estranho e fiquei intrigada com a insistência do olhar dela, meu noivo é muito atraente, mas em nenhum momento ela olhou ou desviou o olhar para ele. Depois de algum tempo conversando com meu noivo, acabei esquecendo dela. Ficamos o dia todo na praia e a loira, foi embora uma pouco antes de nós.

Chegamos no chalé no inicio da noite e quando íamos entrar no nosso quarto vi a loira gostosa na janela do quarto que ficava em frente ao nosso, percebi que era ela que estava nos olhando na noite anterior porque não tinha mais ninguém com ela.

Naquela mesma noite teve um jantar para todos os hóspedes e nos encontramos novamente com a loira que fez questão de sentar ao nosso lado na mesa. Ela começou a puxar assunto conosco e ficamos o resto da noite conversando. Na hora de nos despedirmos, paramos em frente a porta do nosso quarto, ela não parava de falar, já estava meio alterada pela vodka que bebemos, em um momento ela confessou que tinha presenciado nossa rapidinha na noite anterior e disse que ficou com muito tesão, tinha me achado deliciosa, que adoraria brincar nos meus seios, me chupar, fiquei em choque e ao mesmo tempo excitada só de imaginar aquela loira deslumbrante me tocando. Olhei meio surpresa e notei meu noivo também estava excitado. Fiquei sem ação, mas ele percebendo a minha vontade, puxou ela pelo braço e me abraçou ao mesmo tempo, fazendo de uma forma em que ficássemos muito próximas, frente a frente, ela não pensou muito, me agarrou me beijando com desespero, ele, mais do que rápido, nos empurrou para dentro do quarto.

Ela me beijava com tanto tesão que fiquei mais surpresa ainda. Enquanto nos beijávamos ele veio por trás de mim e começou a tirar minha roupa, beijando meu pescoço enquanto ela me beijava na boca, foi descendo passando a lingua nos meus seios, os biquinhos ficaram durinhos do jeito que meu noivo gosta, ela foi descendo mais, beijado minha barriga, passando a ponta da língua devagar pela minha virilha e sem eu esperar enfiou a língua na minha buceta, chupando, lambendo, enquanto ela fazia isso, meu noivo, ainda me abraçando pelas costas, passava as mãos nos meus seios, brincando com os biquinhos, beijava meu pescoço, meus ombros e ela me chupando gostoso, com toda essa exploração pelo meu corpo, gozei na boca dela, não resisti.

Quando ela sentiu meu gozo em sua boca, fez como ele tinha feito na noite anterior, me jogou na cama, tirou a roupa dela, e começou a acariciar meus seios, me beijando ao mesmo tempo, após me deixar doida novamente, ela me puxou de uma forma em que fiquei de quatro com a bunda arrebitada e ela por baixo começou a chupar minha buceta e pediu para que meu noivo meter seu pau no meu cuzinho, foi uma loucura, gozei novamente na boca dela com o pau do meu amor em mim.

Eu e ela estávamos exaustas, mas não paramos por ai, ela pediu para que meu noivo apenas ficasse nos observando enquanto continuávamos, só que dessa vez eu comecei a chupar ela, enfiei minha língua com força em sua buceta e na mesma hora senti o gosto do gozo dela, continuei lambendo, sugando chupando até ela se acalmar, depois fui subindo pelo seu corpo com seu gosto em minha boca, brinquei um pouco com seu umbigo e fui subindo mais um pouco, roçando meus seios no corpo dela, ela ofegava baixinho, sentindo que ela esta muito excitada ainda, não me contive e enfiei os dedos em sua buceta e comecei a masturba-la, e ao mesmo tempo me deliciava em seus seios firmes e fartos, suguei cada um deles desesperadamente fazendo ela soltar gemidos, nessa hora percebi que estávamos enlouquecendo meu noivo, olhei para ele e pedi para que ele me penetrasse enquanto eu brincava com meus dedos nela e minha boca em seus seios, ele veio com força, metendo seu pau em minha buceta, socando deliciosamente, quando percebi que íamos gozar, eu e ele, aumentei a velocidade dos meus dedos naquela bucetinha deliciosa e gozamos, os três, quase ao mesmo tempo, com meu noivo comendo minha bucetinha de quatro, brincando com os dedos no meu cuzinho e eu comendo, com meus dedos aquela desconhecida.

Depois dessa loucura dormimos os três na mesma cama. Foi uma das melhores experiências sexuais que já vivi com meu noivo.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.