"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Comemoração a três


autor: Scarlett_kay
publicado em: 23/04/16
categoria: aventura
leituras: 3118
ver notas


Comemorar sempre é muito bom e eu adoro um happy hour com os amigos. Hoje estamos bebendo, rindo, enfim nos divertindo. As horas passam e não nos damos conta, está tarde e só restou eu e mais 2 amigos, o Pedro e o Felipe.

Eu disse que precisava chamar um táxi, o Pedro disse que nada disso te levo, ele realmente tinha parado de beber a um tempo, então podia dirigir de boa. Nesse momento o Felipe disse que também estava sem carro. Depois de algumas discussões decidimos sair os 3, onde Pedro iria primeiro deixar o Felipe em casa e depois me levaria, pois minha casa é caminho da dele.

No carro as risadas continuam e de repente o Pedro coloca mão na minha perna, revido dando um tapa e rindo, afinal não estávamos sozinhos, na verdade foi tudo charme, pois nós já trocamos algumas carícias e mensagens bem quentes, mas nunca transamos. Ele se assustou e nisso o Felipe já ficou todo assanhado, dizendo que também queria.

Fiquei emburrada fazendo bico, então o Felipe que estava no banco de trás, se aproximou do meu ouvido e disse que morria de vontade de me tocar, nisso já foi passando a mão pela minha cintura. Ele também levou um tapa, os dois riram e eu fiz mais cara fechada ainda.

O Felipe mora sozinho, então ao chegar no condomínio, ele nos convida para mais bebidas e risadas, fui voto vencido, eu queria ir embora, mas os dois quiseram subir, então fomos lá. Papo vai, papo vem, o apartamento dele é pequeno mas muito aconchegante, o sofá que estamos é uma delícia, reclinado fica maior que minha cama.

Estamos rindo e inevitavelmente entramos no assunto sexo, foram muitas risadas até que o Felipe saiu pra ir no banheiro, o Pedro mais que rápido me tascou um beijo, mas não foi um beijo rápido ou um selinho, foi um beijo longo cheio de tesão, com mãos correndo por todo meu corpo.

Nosso amasso foi flagrado e o Felipe ficou olhando até nos soltarmos, fiquei super sem jeito, mas percebi que ele tinha ficado excitado, pois dava pra ver sua ereção. Ele se aproximou, sentou do meu lado e só me olhando nos olhos, veio se aproximando devagar e também me beijou. Nesse momento eu estava com muito tesão, pois poderia realizar uma fantasia antiga, que era transar com dois caras e acabei me deixando levar pela situação.

Beijos no pescoço, mordidas de levinho, eu já estava toda arrepiada, suada e com a calcinha molhada. Levantei dizendo que ia embora e eles se levantaram para me impedir. Agora estávamos em pé, o Pedro me encoxou por trás, seus beijos no meu pescoço e costas me deixavam arrepiada e ele foi tirando minha blusa, enquanto o Felipe de frentre pra mim me apertava contra o Pedro, Felipe beijava minha boca tirando meu fôlego, em questão de segundos estávamos sem roupa, os três completamente nus.

Fui pro sofá e sentei de forma que o Felipe pudesse beijar meus seios e ir descendo com um rastro de beijos até minha xaninha, enquanto isso o Pedro chegou perto e eu comecei um delicioso boquete do jeito que ele gosta. Era uma sensação nova estar com dois caras muito gostosos.

Eles fizeram revezamento chupando minha bucetinha e em questão de minutos tive meu primeiro orgasmo, com Felipe me chupando deliciosamente e o pau do Pedro na minha boca. Eu gemia alto, estava com o corpo dormente de tanto prazer, a onda elétrica do orgasmo ainda corria pelo meu corpo.

Me colocaram de 4, agora estou mamando no Felipe que está sentado na minha frente, enquanto Pedro está atrás de mim metendo gostoso na minha buceta melada com meu mel do primeiro orgasmo. Minha chupeta segue o ritmo das estocadas. Esta tudo muito gostoso, eles soltam alguns palavrões, batem na minha bunda. Ahhh que delicia. Em seguida eles trocam de posição, ficamos assim por algum tempo. Eu sento comida e chupando deliciosamente cada rola grande, grossa e macia.

O Felipe diz que não aguenta mais segurar e quer gozar comigo cavalgando em sua pica, ele senta no sofá, segura sua rola e eu sento naquela pica grande e grossa, vou subindo e descendo, com minha xaninha engolindo ele por completo, entramos no ritmo e está muito bom, enquanto isso o Pedro só nos assiste e bate uma punheta. Aumentamos o ritmo e conseguimos gozar quase juntos.

Deito em cima do Felipe, estou exausta, ele ainda está dentro de mim, minha bunda fica empinada e nisso o Pedro começa a brincar com meu cuzinho, passando o dedo e tentando penetrar, resmungo alguma coisa, mas ele não pára e eu estou com tanto tesão que acabo deixando ele brincar. Meus gemidos aumentam e o Pedro está entrando e saindo com seu dedo no meu cuzinho, ele então vem com seu pau e começa a forçar a entrada, estou num misto de dor, prazer e medo, mas não consigo sair, porque a curiosidade e o prazer são maiores.

O Felipe ainda embaixo de mim, ouvindo meus gemidos, pega meus peito e começa a mamar, isso me leva a loucura, com a outra mão ele me masturba brincando com meu grelinho e fala pro Pedro "come logo esse cuzinho, essa vagabunda tá adorando seus machos metendo rola gostoso", solto mais um gemido e ele enfia a cabeça da sua rola, grito, mas o Felipe me distrai atacando ainda mais meu peito e grelinho, o Pedro continua suas envestidas no cu apertado, então relaxo e começo a gostar, ele bomba devagar, vai mais e mais e então eu gozo, gemendo alto e falando palavrões. O Pedro goza no meu cuzinho e sinto sua porra quente escorrendo pela minha bunda, o Felipe que ainda está embaixo de mim fica com o pau duro novamente, ele ajeita sua rola na minha buceta e começa a me comer de novo, estou entregue, ele soca fundo e goza me chamando de puta.

Nós 3 deitamos exaustos no sofá, para recuperar o fôlego, mas acabamos caindo no sono, todos satisfeitos.

Acordamos com batidas na porta, Felipe acorda e fica branco, ele diz "é a Bianca minha namorada". Eu penso "é hoje que realizo mais uma fantasia, vou chupar ela inteira para delírio dos meninos". O Pedro me olha e eu sei que ele está pensando a mesma coisa.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.