"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Romance com a aluna nerd


autor: RuivoParana
publicado em: 06/05/16
categoria: hetero
leituras: 3398
ver notas


Meu nome é Marcelo, tenho 28 anos, sou professor em um colégio de muito prestígio no PR, nesse colégio também havia o cursinho pré vestibular, e foi ai que tudo começou..
Eu estava muito aborrecido com toda aquela garotada fazendo barulho enquanto eu tentava faze-los prestarem atenção na minha aula, estava escrevendo algumas coisas no quadro negro, subitamente notei que a bagunça tinha acabado, e quando me virei, pude entender o porque daquilo...acontece que acabava de entrar na sala uma morena lindíssima!!! Fiquei estarrecido, foi difícil disfarçar...

Seu nome era Mariana, 18 aninhos, 1,55 aproximadamente, rosto lindo, angelical..cabelos lindos, lisos, compridos e negros, boca carnuda, olhar marcante, também escuros, levemente puxados e dona de um corpo delicioso que faz qualquer homem se perder, seios médios, empinadinhos, cintura fina, bunda grande e AQUELAS pernas......Ahh que pernas!! E por fim...o que mais me fascina: a pele morena, bronzeada, macia...ela lembrava uma índia!
andou maravilhosamente pelo corredor e sentou-se no fundo da sala, bem de frente a mim...e foi assim todos os dias, ela sempre sentava no mesmo lugar, instigante, insolente ao mesmo tempo inocente, e tinha um ar tão juvenil..

Não demorou muito mas a conversa dos meus colegas de trabalho na sala dos professores eram sobre ela, e aquilo foi me deixando completamente incomodado, pois eu a queria pra mim, não conseguia tirar aquela moça da minha cabeça, ás vezes depois das aulas eu ia ao banheiro bater uma pensando nela...até tirava minha aliança (sou casado) durante as aulas! Mas Mariana nunca me dava uma brecha sequer..

Um dia...eu a vi andando em um dos corredores do colégio e um dos professores a cortejando enquanto ela educadamente o tirava de cena, ela me viu, e veio andando até mim...
_Oi professor Marcelo...eu gostaria que você me tirasse uma dúvida..
fiquei surpreso, quase não conseguia falar, eu já estava completamente apaixonado, louco por ela! E ela era tão docê e delicada pra falar que quase não aguentei, mas consegui tirar a dúvida que ela tinha, ela ouvia atentamente as minhas explicações
_Obrigada professor
_De nada...Mariana é esse seu nome né?
_Sim...
Então eu disse por impulso..
_E vê se para de atrapalhar as minhas aulas viu..
_Eu? Mas porque professor? ela disse meio sem entender..
E eu disse nem acreditando na minha ousadia:
_Porque eu não consigo parar de olhar pra você.
Sai andando, sabendo que ela havia ficado um tanto constrangida..
Uma semana depois, em um dia muito chuvoso eu a encontrei na rua, perto do colégio, era de manhã e ela estava indo fazer compras, pois trabalhava em uma lanchonete perto, eu a vi de longe, toda atrapalhada com seu guarda chuva, eu a chamei e ela sorriu e veio até mim, toda molhada, suas roupas grudadas naquele corpo gostoso, mostrando o contorno dos seios, um tesão!
conversamos um pouco...ela tremia, então eu a puxei e a beijei sofregamente, enquanto a envolvia em meus braços, meu pau ficou duro na hora ao sentir aquele corpo adolescente junto ao meu..
_Desculpa, eu não devia ter te beijado professor..
_Não peça desculpas porque fui eu que te beijei
_Olha eu tenho que ir, estou no horário de trabalho, a gente se vê mais tarde..
E naquela mesma noite, antes da aula, eu a vi, e no mesmo momento, violentamente a peguei, jogando na parede, pressionei meu corpo no dela pra que ela sentisse meu pau duro..
_Professor, alguém pode nos ver..
_Tem razão...te espero na sala dos professores depois da minha aula, eu vou estar sozinho lá.
Durante a aula eu mal conseguia me concentrar, só pensava em como estava louco pra pegar aquela insolente, ela sabia como provocar somente com gestos!
naquele dia ela usava um vestido, cruzava as pernas entreabrindo-as, e eu podia ver um pouco da calcinha. Terminei a aula depressa e fui a sala dos professores, esperei ansiosamente até que ela chegasse..
a porta bateu.. e eu disse:
_está aberta..

e ela entrou, meu pau já estava duro como pedra..ela veio olhando fixamente pra mim sem dizer uma palavra...e me beijou, enquanto suas mãos passavam pelos meus ombros e eu me abaixava pra envolvê-la, aquele corpo delicioso tinha que ser meu.
então eu a coloquei de costas pra mim, enquanto esfregava meu pau na sua bunda, arrancando gemidinhos deliciosos, e disse:

_deixa eu chupar seus peitos
e ela se virou pra mim, e eu rapidamente os coloquei na minha boca, chupando, mordendo, lambendo, ouvindo aqueles gemidinhos que só de lembrar fazem meu pau pegar fogo
então abaixei sua calcinha e comecei a massagear sua bocetinha

eu quase gozei nesse momento, que boceta deliciosa nossa!!!! carnudinha, molhada!! entao eu a coloquei no chão e meti a boca naquela delícia, e eu chupava desesperadamente, sugava, seu sabor de uma genuína fêmea, e ela gemia mais alto, eu sabia que ela estava inebriada de tesão
_Você ouviu um barulho? Professor está vindo gente!
ela rapidamente se arrumou, e pegou um livro como se estivesse tirando umas dúvidas comigo, nesse momento chegaram 2 professores, que devem ter percebido como estavamos ofegantes, mas eles se limitaram a olha-la desejosamente..enquanto ela dizia pra mim

_Então...eu quero entrar na faculdade de direito..
e eu disse:
_É..por isso que tem que fazer direito..
e a descarada:
_Sim professor, eu vou fazer direito..
os dois foram embora e ficamos rindo da situação, percebi como era manipuladora, mas eu ja estava na chuva, era pra me molhar
_Mariana, você topa sair comigo amanhã?
_Sim...aonde vamos?
_Você escolhe..
_Marcelo...você gosta de blues?
_Não conheço muito..
_Ah...vamos a um bar de blues, vc vai adorar!

No dia seguinte eu fui buscar a Mariana na casa dela, tomando cuidado para que seus pais não vissem nada...chegamos ao bar, e lá eu tive a certeza de que estava com uma garota muito singular, ela conhecia todo mundo, pessoas de todo tipo, motoqueiros, jovens, velhos, além das pessoas a olharem com desejo, também havia uma admiração...
De uma música a outra, Mariana bebia de um modo que não imaginava, ela veio dançando sensualmente e disse no meu ouvido:
_Você está doido pra me comer não é?
O ar inocente teria desaparecido se não fosse seus traços delicados
_Você não sabe o quanto..
_Então me leva pra sua casa...

eu nao poderia levar pra minha casa porque sou casado! e sabia que se eu contasse isso, ela nao iria querer nada comigo, mas ela estava bebada, então a levei a um motel..
_Sabe de uma coisa professor?
_o que?
_Esquece esse ciumes que você sente pelos outros...eu percebi que você morre de ciúmes, mas eu to aqui só pra você..
_Só pra mim?
_Só pra você.. e faço tudo o que vc quiser..
Ela era demais, eu sabia que iria realizar todos meus desejos!
_Então faz um strip pra mim agora vai..
e ela obedientemente começou a dançar, rebolando, mechendo aquele corpo pra frente e pra trás e quando eu ia tocar ela dizia:
_Não..agora é só pra olhar....
ela me fez deitar e em cima de mim, rebolou se abaixando devagar até quase encostar a bocetinha na minha boca....tirou a calça..., depois a blusa...e estava com uma calcinha super pequena, mas antes de tirar...ela veio até meu pau que estava já latejando de tanto tesão, tirou pra fora e disse:
_nossa que maravilha...eu vou chupar com muita vontade, imaginei fazendo isso em você várias vezes...

_então chupa gostoso..
_Sim, mas depois quero que vc me foda todinha ta??
_E onde você quer que eu te foda delícia?
_Na minha boceta, depois no meu cuzinho
então eu a virei e começamos um estonteante 69
eu chupava aquela bocetinha sem pelo nenhum enquanto ela abocanhava com vontade meu pau
lambia a cabecinha, passava a lingua em torno dele
descia até meu saco, e os chupava, estava delirando de tanto tesão
_Ta gostando professor? Estou sendo uma boa aluna?
_Está maravilhosa....eu vou gozar
_Ai que delicia que é seu pau!! vai goza!!, eu quero sentir o gosto da sua porra, joga tudo na minha boca..
e eu soltei um jato de porra na boca da Mariana que se deliciava..
logo depois eu a deitei na cama, e com meu pau melado meti sem cerimônias naquela boceta apertada, joguei meu corpo por cima dela e senti que a bocetinha se contraia ainda mais, ela envolvia suas pernas no meu corpo, e gemia como uma puta..

_Isso professor, ai aiii , me fode que eu sou toda sua
_Você gosta disso né piranha?
_Eu adoro!! ai aiii continuaa!!
_geme gostoso pra mim
_humm que delicia que é seu pauuu!!
_Eu sou louco por você!! fala que você é minha!
_Eu sou sua! humm, eu quero ficar em cima de você, deixa?
_Sim, eu deixo gostosa, mas vê se faz bem gostoso
Então ela veio pra cima de mim...brincava colocando e tirando meu pau, depois enfiou tudo, rebolava em cima de mim, gemia, gritava e ficamos assim por um tempo
_Ahh professor eu vou gozar
_Goza gostoso delícia
nesse momento ela rebolava, pulava como uma louca, e eu nao aguentei também e gozei de novo dentro da bucetinha dela..e ela se contraia num orgasmo fascinante, sua pele se arrepiava..
_Fica de quatro pra mim...
_Sim professor... obediente como sempre
então comecei a chupar o seu cuzinho...ai que delicia, ainda lembro o gosto
_Você vai me deixar te comer?
_Quando você quiser
ela era demais!
Depois de um tempo eu a coloquei de quatro e fui socando meu pau naquele cu apertado
_Me fode inteirinha!!!
_Fala que você é minha putinha
_Eu sou sua putinha, vaii me come!!
ela gritava, e eu a enchia de tapas na bunda
_Como você é gostosa garota!! Escuta bem, é pra dar desse jeito só pra mim em!
_Ta bom, vai vai....ta gostoso, não para!
fiquei socando meu pau naquele cuzinho por um tempo
ela tinha uma performance maravilhosa, melhor que qualquer puta!!
_Vou gozar vadiaa

_Eu também vou!! aiiii
e nossos corpos se contrairam, juntos, então tirei meu pau e me joguei na cama
ao lado dela, estavamos esgotados, suados, e ela veio me beijando, me abraçando, e tive certeza que estava caído por ela..

Nunca havia me sentido atraído antes por nenhuma aluna, pode ser sua beleza exótica, seu sensualismo, seu jeito, mas foi com ela que realizei minhas fantasias..
Ela descobriu que sou casado, brigamos e hoje acompanho a vida dela através de seu orkut, mas ela mal fala comigo.. Ela foi também minha perdição, descobriram que tinhamos um caso no colégio, colegas invejosos que a queriam pra eles me denunciou, e eu quase fui despedido.
Tivemos mais algumas loucuras, mas isso vai ficar para o próximo conto!!

SE VOCÊ GOSTOU E QUER SE CORRESPONDER, ESCREVA PARA: escritordecontos80@yahoo.com




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.