"Os mais excitantes contos eróticos"

 

A esposa do chefe.


autor: Delute
publicado em: 09/05/16
categoria: hetero
leituras: 4631
ver notas


Trabalho em uma grande firma, e estava com chefe novo na repartição, ele se acomodou em sua sala, e como sou um tipo de faz tudo na firma, estava arrumando às instalações elétricas, e instalando os computadores no escritório do chefe, ele gostou de meu serviço e acabamos fazendo uma boa amizade, alguns meses trabalhando ali, como ele havia casado há pouco tempo, alugou uma casa para trazer sua esposa, estava casado havia menos de um ano, então me pediu para ir a sua casa instalar uma TV, me deu até seu carro para que eu fosse lá, cheguei ao endereço e fui recebido por uma mulher linda, loira de uns 20 anos, corpinho escultural, seios grandes e duros que saltavam ao decote, usava uma saia curta que deixava suas lindas pernas a mostra, e uma bunda um tanto avantajada, mas bem modelada, e uma cintura fina.
Ela estendeu suas mãos macias me cumprimentando, dizendo que seu marido havia falado muito bem de mim, e ela havia ficado até curiosa em me conhecer, eu senti até um arrepio ao sentir aquela mão delicada, a convite dela entrei na casa e ela me conduziu ao quarto do casal, onde estava o aparelho, e comecei a fazer a instalação, a maior complicação era porque teria de colocar um cabo da TV até a parabólica passando por cima da laje, eu perguntei a ela como subiria no forro da casa, ela disse que tinha um alçapão no banheiro, e deveria ser por ali, disse que havia uma escada na lavanderia, e que eu poderia usar ela para subir, ela disse que iria tomar um banho e como era Box não me atrapalharia, eu subi no forro de laje, e com muito custo passei o cabo, estava voltando ao alçapão para descer, quando vi por cima do Box a beleza daquela loira tomando banho, acho que ela achou que de onde eu estava não poderia vela, mais dava para apreciar todo aquele corpo molhado, os seios fartos e duros, e ela os esfregava, eu já fiquei de pau duro, não quis descer e fique ali observando, mas estava muito quente e eu suava em bicas, como havia muito pó ali estava ficando muito sujo, teria de descer de qualquer maneira.
Quando apareci no Alçapão ela olhou para cima viu que dali eu podia ver todo seu corpo, achei que ela ira se esconder, ou me mandar sair dali, ela somente sorriu e disse que eu poderia descer, eu comecei a descer e meu rosto suado encostou à laje deixando ele mais sujo, quando estava ao pé da escada ela abriu a porta do Box e me olhou todo sujo, não escondeu seu corpo eu vi aquela buceta linda, quase sem pelos só um montinho acima dos lábios, ela me disse que eu estava todo sujo, e que deveria me lavar, me puxou para dentro do Box retirando minha camiseta, e eu já abaixei minha calça retirando ela e ficando nu, meu pau estava duro feito uma rocha, ela arregalou os olhos gostando do que estava vendo, colocou as duas mãos nele e o esfregou, ajoelhou sempre me olhando com aqueles olhos verdes, que até me incomodavam, colocou a cabeça do pinto na boca e deu uma chupada forte, eu me arrepiei, eu estava debaixo do chuveiro e a água caia sobre nos dois, ela sugava cada vez mais forte e logo colocou quase todo ela na boca, eu estava extasiado de prazer, ela se levantou e colocou uma das pernas sobre o vaso, me puxando pela bunda e encostando meu cacete em sua rachinha linda, eu senti o pinto entrando com certa dificuldade, e logo estava socando ele todo dentro daquela loira gostosa, ela gemia e urrava de prazer, com meus 19 cm de pica dentro dela, eu chupava seus seios e beijava sua boca com volúpias e ardor, ela me unhava e apertava meu corpo contra seu, até que começou a dizer que estava gozando, eu não agüentei e acabei enchendo aquela buceta de porra, ficamos nos beijando e se alisando por mais uns 15 min. debaixo da água, ela me deu uma toalha e eu me enxuguei peguei minhas roupas e sai dali indo me vestir no quarto, a fim de terminar o serviço da TV.
Ia começar a me vestir, quando ela veio se enxugando até o quarto, e mordendo os lábios, com cara de safada, ela me empurrou sobre a cama do casal, cai sobre ela, e ela veio como uma gata por cima de mim, se esfregando com aqueles lindos seios, e desde minhas pernas esfregava os biquinhos durinhos de seus seios, que iam me fazendo arrepiar de prazer, ela demorou um pouco mais com os seios em meu pinto, ele já começou a dar sinais de vida e logo já estava ficando duro, quando ela o pegou e esfregou a cabeça em seus mamilos, ele já estava duro que nem pedra, ela foi subindo sempre passando os biquinhos pelo meu corpo, até que sua boca se colou a minha, eu chupei sua língua e lábios, ela ficou de cócoras sobre meu pinto, e o encaixou ele na buceta, fazendo ele sumir dentro dela, começou a rebolar e fazendo círculos com aquela maravilhosa bunda, descia e subia colocando e tirando o pinto de dentro dela, foi aumento a velocidade e não demorou para que nos dois estivesse gozado, ela quando viu que eu iria gozar saiu de cima de mim, e começou a chupar meu pinto com tanta intensidade e volúpia, que eu gozei dentro daquela linda boca, ela engoliu toda minha porra, e sugando até a ultima gota, ficamos um pouco ali abraçados, eu beijei ela, coloquei minha roupa e conectei os fios na TV, que liguei e funcionou pegando vários canais bem limpos, ela veio até a porta se despedir de mim, e ainda me deu mais um beijo, dizendo que queria repetir aquilo, eu disse que havia adorado e estava disposto a fazer isso também.
Cheguei ao escritório e meu chefe perguntou se tinha dado certo, eu disse que sim, que estaria tudo funcionando perfeitamente, a TV estava pegando vários canais, ele me agradeceu, e no outro dia ele me mandou ir novamente a casa, porque sua esposa havia ligado dizendo que a maquina de lavar, não estava funcionando, ele me jogou as chaves do carro eu parti para lá, ao chegar ela já me atendeu só de camisola, foi me mostrar a maquina, e debruçou sobre ela deixando aquela bunda à mostram eu já estava de pau duro desde que sai da firma, cuspi na cabeça dele e afastei sua calcinha apontei para seu cusinho, comecei a empurrar, não entrou, então ela pegou um vidro de condicionador de cabelos, que estava por ali e me entregou, eu coloquei um tanto no seu cu massageando com um dedo e passei um pouco na cabeça do meu pinto, coloquei na entrada novamente, e agora ele deslizou para dentro arrancando dela um gemido alto de dor e prazer, comecei a socar meu cassete cada vez mais fundo até encostar as bolas naquela bunda linda, o barulho parecia palmas de meu corpo batendo ao seu, a maquina de lavar chacoalhava toda, eu coloquei a mão por dentro de sua pernas e masturbei seu clitóris, ela estremeceu de prazer e começou a gozar feito doida, eu não aguentei dei uma estocada bem forte e com o pinto lá no fundo, gozei dentro daquele cu apertado soltando todo meu leite viscoso dentro dela, ela se virou e ficamos se beijando por vários minutos, saímos para o quarto e em cima da cama transamos feitos loucos.
Direto era chamado para arrumar alguma coisa na casa do chefe, e sempre transando com a esposa dele, com o passar do tempo fiquei sabendo por ela, que ele sabia de tudo, e que ela contava os detalhes para ele das nossas fodas, fiquei meio confuso e com medo, ela me disse que ele tinha problemas e não a satisfazia por isso havia me escolhido, então voltei as transas, e teve até um dia em que ele quis ficar vendo sua esposa ser enrabada, eu não o decepcionei e comi ela na sua frente, isso foi se estendendo ao ponto de muitas vezes posar na cama com eles, um certo dia ela me disse que estava grávida, e como seu marido não podia ter filho, adivinha quem era o pai, mas não era para me preocupar, porque ele assumiria tudo, e hoje a criança já tem 2 anos, me chama de tio, eu gosto muito dela, meu chefe esta para ser transferido para outra cidade, e esta me convidando para ir junto com ele, disse que terei até uma promoção, estou pensando seriamente sobre isso.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.