"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Nosso 1º Menage Feminino


autor: Leozinho
publicado em: 04/06/16
categoria: grupal
leituras: 4260
ver notas


Chegamos em Fortal e Márcia já estava nos esperando no aeroporto. De lá partimos para a casa de praia que eles possuem em Aquiraz. Chegando naquele pequeno pedaço do paraíso, nos acomodamos e já fomos colocando os biquínis para curtir a piscina. Alex tinha ido para Fortaleza, pois surgira um problema na clínica e provavelmente só voltaria no dia seguinte.
Bia se dirigiu para a piscina e, enquanto ia ao freezer pegar uma cerveja, ouvi Márcia me chamando, pedindo minha ajuda. Quando cheguei à porta do quarto dela, ela me pediu para dar um nó na parte de cima do biquíni. Ao se virar de costas para mim, não resisti e encostei meu pau na bunda dela e lhe disse o quanto senti saudades.
Ela se virou, me beijou na boca e começou a massagear meu pau, por cima do short. Não agüentei de tesão e tirei meu pênis para fora do calção e ela iniciou uma punheta bem gostosa, enquanto lhe penetrava com os dedos. Nos beijamos muito e, em poucos minutos gozei na mão da Márcia. Ao final ela me disse: “Esse será um feriadão inesquecível. Prometo”.
Me limpei e nos dirigimos para piscina. Bia nos viu chegando junto e até brincou: “Nossa! Já tava preocupada com a demora de vocês!” Todos rimos e passamos o resto da tarde na piscina, comendo camarões no alho e óleo e tomando muita cerveja.
A noite, Alex ligou e disse que só iria no dia seguinte, pois aproveitaria para comprar mais mantimentos.
Decidimos então tomarmos banho e jogar baralho. Abrimos uma garrafa de vinho branco, colocamos no gelo e começamos a jogar. Em pouco tempo, Bia e Márcia começaram a contar estórias da juventude, das loucuras que fizeram e todos ríamos muitos. Tanto Bia quanto Márcia estavam deslumbrantes. Fiquei um bom tempo admirando o quanto o tempo tinha apenas melhorado vários aspectos delas. Márcia, na mesa com a gente, usava um vestidinho, pouco se importando em deixar a mostra um dos seios, sempre que jogava uma carta ou tomava um pouco do vinho. Bia, percebendo isso colocou um dos pés debaixo da mesa e começou a tocar no pau.
Márcia percebeu a manobra e reclamou: “Ei! Sacanagem! Não vou ficar de vela aqui não”. Nessa hora quase não acreditei quando ouvi a Bia dizer: “Pois, vem com a gente para o quarto”. Nem guardamos as cartas ou o vinho. Nos levantamos os três e começamos a nos beijar mutuamente na varanda da casa. Aos poucos, nossas mãos começaram a se misturar e pude perceber claramente, Beatriz baixar a alça do vestido de Márcia e abocanhar um dos seus peitos, começando a sugar de forma tão forte, que Márcia começou a gemer.
Não agüentei e tirei a camisa de Bia e comecei a mamar nos seus peitos e acariciar sua buceta. Nisso pude perceber que Márcia, deixou cair o vestido e começou a tirar a calcinha. Meu pau, nessa hora, a ponto de explodir, começou a ser masturbado por Márcia e chupado por Bia.
Corremos para o quarto, tiramos todas as roupas e caímos na cama. Bia e Márcia se beijando e se tocando e eu, por trás de Bia, comecei a lhe penetrar de lado. Depois de um tempo, fiquei de joelhos, levantei uma das pernas de Bia e passamos a fazer sexo anal. Márcia, vendo a cena, começou a chupar a buceta de Bia, enquanto eu lhe acariciava os seios e introduzia um dos dedos em sua vagina.
Em seguida, ainda sem gozar, me levantei, fui ao banheiro, lavei meu cacete e peguei uma camisinha para poder comer a Márcia. Quando voltei para o quarto, elas estavam tão frenéticas, se masturbando mutuamente que nem coloquei o preservativo. Peguei o IPad, tirei uma foto e passei a me masturbar admirando a cena. Logo vi Márcia gozando e quando estava bem perto de gozar, me aproximei de Beatriz e gozei na sua boca.
Márcia ainda passou a língua na minha gala, nos lábios de Bia e ainda apertou meu pau para ver se saía mais. Nos abraçamos, rimos e enquanto Márcia saia do quarto ela nos disse: “Amanhã, quando o Alex chegar, a gente tem uma surpresa para vocês”.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.