"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Boa noite, durma bem!!!


autor: Scarlett_kay
publicado em: 09/06/16
categoria: casual
leituras: 2799
ver notas


Terminamos um dia de trabalho e estamos no hotel.

Eu já estou deitada pronta para pegar no sono, só estou vendo as últimas mensagens do face, quando recebo uma mensagem no WhatsApp.

Dou risada, pois já havíamos terminado todos os assuntos pendentes e essa mensagem de "Boa noite, durma bem" era tão inocente, que eu tinha certeza das segundas intenções. Mas vamos ver até onde vai.

Em resposta, estou escrevendo "boa noite, durma bem também" e percebo pelo status que você está online esperando a resposta.

Envio minha mensagem e a leitura é imediata em seguida recebo a resposta "Estou sem sono...". Vou dando corda pra ver onde isso chega, as mensagens são cheias de duplo sentido de ambos os lados e o assunto está ficando cada vez mais quente.

Estou excitada mas resisto em te chamar no meu quarto para "conversarmos" pessoalmente. Mas você praticamente lê meus pensamentos enviando a mensagem "posso ir até aí? eu levo o vinho!", resisto dizendo que está tarde e que precisamos dormir, mas minha mensagem foi ignorada e ouço batidas na minha porta.

Abro a porta rindo (de nervoso) e te encontro de roupão, com uma garrafa de vinho em uma das mão, 2 taças na outra e um sorriso sexy e sem vergonha na cara.

Você me beija no canto da boca e isso me arrepia. Sentamos na cama, você abre o vinho, nos serve e continuamos nosso papo. Estamos rindo e de repente estamos muito próximos.

Por um momento a conversa acaba, você não tira os olhos da minha boca, engulo seco e de repente você me beija. Aí que delícia... é um beijo quente, sua língua invade minha boca me deixando mais excitada.

O beijo é longo, sua mão escorrega entre minhas pernas, por baixo do meu pijama, encontrando minha xaninha lisinha e quente. Ao mesmo tempo eu desamarro seu roupão, passo a mão no seu ombro e tiro ele de você te deixando apenas de cueca.

Você tira minha blusa do pijama e começa a beijar meus seios, um de cada vez, enquanto chupa um sua mão tortura o outro beliscando o biquinho. Eu tiro sua cueca e estou com suas bolas na minha mão fazendo uma massagem bem delicada. Nesse momento estamos calados, a respiração está pesada, e só se ouve os gemidos de prazer.

Você continua chupando meu peito enquanto a outra mão desliza novamente pra dentro do meu pijama e começa a me masturbar. Estou entregue e quase gozando. Então você pede pra eu tirar meu shortinho do pijama e quando eu volto pra cama, você me deita, põe sua mão nela me torturando mais um pouco. Você beija minha boca, descendo pelo pescoço, chupando cada seio, descendo mais, até chegar na minha virilha lisinha. Minha xaninha está peladinha e você retira a mão e começa a passar a língua por tudo.

Você abre minhas pernas e beija minha bucetinha, enfiando a língua e sugando todo meu mel, estou em êxtase, você passa a língua por tudo explorando cada centímetro dela. Ao encontrar meu clitóris, vou a loucura gemendo, pedindo mais, me contorcendo em baixo de você. As lambidas continuam com movimentos firmes sem trégua, não demora nada, a sensação de prazer invade meu corpo e estou gozando, gemendo alto e repetindo "aí que delícia".

Eu nem me recuperei e vejo você em cima de mim, abrindo minhas pernas com seu joelho e posicionando seu pau na minha entradinha. Ainda estou ofegante, mas mordo meu lábio e você começa a me penetrar devagarinho. Minha xaninha está muito sensível, apertada, ensopada, num misto da sua saliva e meu mel. Você enfia seu pau mais um pouquinho e minha bucetinha engole ele todinho. Nos dois gememos juntos, você solta alguns palavrões enquanto tira e mete novamente.

Você não aguenta de tesão, está me comendo gostoso, nossos gemidos se misturam, você mete cada vez mais rápido e mais fundo. A sensação de prazer volta invadir meu corpo no mesmo momento que você pede pra eu gozar pra você. Arqueio meu corpo para trás e gozo, gemendo alto, mordendo os lábios, falando palavrões, te chamando de meu macho. Você goza urrando de prazer e metendo o mais fundo que consegue, minha xaninha recebe todo seu leite.

Você deita exausto sobre mim, seu pau ainda está dentro da minha xaninha, entao você beija meu pescoço, morde minha orelha dizendo pausadamente "q u e d e l í c i a". Ficamos assim por alguns minutos, para recuperarmos o fôlego. Então você sai de dentro de mim e desliza para meu lado na cama.

Eu levanto, pego uma toalha úmida no banheiro e volto pra te ajudar a se limpar, você diz que não precisa, pois vai voltar para seu quarto. Faço biquinho e peço para você ficar até eu dormir. Você topa, deita novamente, eu deito no seu peito e em poucos minutos ambos pegamos no sono.

Acordo de madrugada e vejo que você ainda está na minha cama, vejo também que durante a noite você colocou a cueca, ou seja, você se levantou teve a oportunidade de ir, mas preferiu passar a noite comigo. Sorrio e penso "Ótimo... você não vai se arrepender..."




Espero que tenham gostado, aguardo comentários e notas.
Bjos💋



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.