"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Novinho também sabe fazer


autor: RastaLouco
publicado em: 20/07/16
categoria: coroas
leituras: 5624
ver notas


Novinho também sabe fazer

Olá, venho contar mais uma aventura vivida por mim.
Dessa vez foi com uma coroa que mora no mesmo bairro. Ela dizia que não pegava novinho porque sai falando,que só querem sexo (Pegou,madeirou e tchau) e ela não queria isso. Peguei seu whatsapp e começamos a conversar pelo a aplicativo e então fiz a proposta da gente ficar (Já imaginando que rolaria sexo no primeiro encontro),ela disse que não, que não ficava com novinhos e homem pra ela tem que ter a partir dos 40,mas não desisti,continuei tentando até que ela resolveu aceitar,porém teria que escondido. Marquei na minha casa as 19:30,para minha tristeza havia várias pessoas na rua e ela passou direto. Mais tarde,cerca de 22:30 falei que estava sozinho e que a rua estava deserta, que seria o melhor momento para ficarmos. Ela falou que não, que estava tarde,depois de insistir meu pedido foi aceito.
Quando ela chegou na minha casa,já veio dizendo que só tinha ido para vê se rolava a química quando estivéssemos a sós e não rolou,mas que antes de ir embora me daria um beijo para não me deixar na vontade (Se ela não queria nada,ela fez errado). Começamos a nos beijar, o clima foi esquentando, ela ficou ofegante e aí pensei "Já era,tá no papo". Meio aos beijos eu deitei ela no sofá,mãos bobas,beijos e chupadas no pescoço e na orelhas,gemidos,coloquei no meu colo e continuamos o pega-pega,ela rebolando no meu colo acabei gozando dentro do short (Já imaginava ejaculação precoce pois estava excitado antes por conta das conversas do whatsapp e vídeos). Ela parou,falou que por conta disso não fica com novinho e tal. Falou que ia embora, falei que tudo bem, que ela podia ir. Voltamos a nos beijar e o clima aumentou,mais sacanagem e ela se segurando para não transar comigo. Mão aqui, mão ali,e dando um banho de língua nela e e ela se contorcendo no sofá,ela abriu o botão do short e eu enfiei minha mão por dentro do short e comecei brincar com o grelo dela,ela cada vez mais ofegante, se contorcendo,enfiei o maior dedo e fiquei no vai e vem,eu vi a hora dela ter um treco de tanto respirar fundo. Fui tirando um seio e começo a chupar,morder,sugar e ela cada vez mais louca, se abrindo para o novinho...
Ela dizia: - Para porque se não vou fazer coisa que eu não quero, vou te dar. Eu respondia: - Seu corpo pede isso, ele me chama. Ela suplicando misericórdia e a sacanagem rolando. Perguntei se ela queria ver meu pau,enquanto chupo ela, ela não responde,vou tirando da bermuda em meio aos beijos e lambidas, chego meu pau perto do rosto dela,que pega e já vai batendo punheta dizendo: - Minha nossa! Peço para dar um beijo,ela passa a língua timidamente, mas logo tá chupando gostoso, seguro pelo cabelo e vou tentando meter pelo menos a metade na boca dela,sem sucesso. Ela para e voltamos a nos beijar e o pega-pega retorna até que ela pede para parar.
Eu já louco querendo comer a coroa e com 99% de certeza que a comeria tiro toda minha roupa,ficando nú há centímetros a sua frente, ela fecha os olhos e eu a beijo, ela fala que sou bom com a língua e digo que a magia acontece quando minha língua encontrar a buceta dela,ela levanta e tira o short junto com a calcinha e senta na beira do sofá,digo que é minha vez e começo a chupar a sua pequena buceta,chupo,mordo,enfio a língua dentro e ela gemendo cada vez mais gostoso e pergunta quem me ensinou, nada respondo me dedicando aquele grelo pequeno. Ela manda eu fazê-la gozar (Essa era o que eu tinha em mente,até porque todas as mulheres que peguei,gozam na minha boca). Meti um dedo para agilizar o gozo dela porque eu queria meter meu pau na buceta. O clima esquenta de vez e ela se rende e pede para colocar a camisinha e meter logo que eu a tinha feito gozar,prontamente pego a camisinha,abro e visto meu pau e já segurando a perna esquerda dela,abrindo ainda mais e meto sem dó, enfio tudo de uma vez,ela reclama que está doendo,porém não paro,continuou o vai e vem,quando vou colocar ela de quatro, ela vê que meu pau ta sujo de sangue e diz que eu a machuquei e que era para parar. Tirei a camisinha e ela chupou meu cacete até eu gozar,nos vestimos e ela foi embora.
Obrigado por lerem mais uma experiência minha.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.