"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Meu leitor me comeu.


autor: lena66
publicado em: 21/07/16
categoria: hetero
leituras: 2493
ver notas


Escrevo contos eróticos há mais de cinco anos, tinha um blog mas não conseguia atualizar, era complicado, por esse motivo dei um tempo e passeando pela net descobri esse site maravilhoso. Com contos bem escritos e divertidos, fui conquistada de primeira e como tinha alguns contos arquivados decidi publicá-los. Logo nos primeiros dias meus contos foram bem-aceitos e fiquei empolgadíssima, peguei meu computador e comecei a escrever.

Recebi um pedido de amizade e claro aceitei, a princípio pensei se tratar de uma mulher e logo percebi se tratar de um homem, mas, mesmo assim, começamos a trocar mensagens, a princípio de elogios e agradecimentos e depois começamos a falar sobre fantasias e sobre nossas vidas.

Ele casado e eu também, meu marido até aceita que eu tenha um caso, mas se for com uma mulher, como poderia trair a confiança de meu marido?
Ele me enviava e-mails extremamente excitantes e dava sugestões e me tentava de verdade.
Passados vários meses, nos tornamos ótimos amigos virtuais, moramos longe um do outro, mas determinado dia precisei ir até o fórum perto de onde ele morava e eu sem querer (ou querendo) comentei em um de nossos e-mails.

-Nossa!!! Que bacana, então tomaremos aquele cafezinho?!
-Claro!!! Podemos sim….

Marcamos de nos encontrar no shopping próximo ao fórum que fui, cheguei primeiro e fiquei lendo minhas mensagens de trabalho.

Lembrei que não nos conhecíamos pessoalmente, como nos reconheceríamos? Nossa que idiota, não disse nada como estaria, e agora?

-Boa tarde, doutora!
Levei um baita susto, “caramba, um cliente aqui”, me virei com cara de susto, dei um sorrisinho sem graça,
-Boa tarde! E logo abri um sorriso quando vi, uma rosa em suas mãos, me lembrou Richard Gere em Dança comigo, era meu leitor e amigo virtual que veio para o café.

Nos apresentamos e nos beijamos formalmente, conversa vai, conversa vem começamos a falar a respeito dos meus contos e ele me disse que tinha começado um e queria me mostrar, okay, quero ver…

Você se incomoda de ir ao meu escritório?
Vamos lá.

Chegando lá, era um ambiente muito agradável, muito bem decorado, ele ligou o computador, colocou uma cadeira ao lado da sua e me chamou.
Começou a ler e comecei a ficar bem excitada, e percebi que ele também estava, foi me dando um calor ele se virou pra mim, puxou minha cadeira e pôs entre suas pernas e começou a me beijar, foi bem delicado, acho que estava com receio da negativa, mas eu estava tão entregue aquele momento que retribui o beijo…

Ah, que delícia….

Aos poucos estávamos em pé acariciando um ao outro, senti seu pau duro sob a calça social que usava, ao mesmo tempo sentia minha xoxota totalmente lubrificada e querendo sentir aquele pau desconhecido, mas muito desejado.
Ele foi tirando minhas roupas, e eu as suas, estávamos colocando em prática todo aquele conto erótico que estava sendo construído no virtual.

Me deitou sobre sua mesa fria, que me fez empinar a virilha enquanto ele tirava minha calcinha devagar, senti seus lábios no meu grelinho, que pedia mais…..
Fui chupada com tanta delicadeza e carinho que retribuia tudo da mesma maneira, com delicadeza e carinho.
Nos beijamos e foi a primeira vez que senti em minha boca o gosto da minha xoxota, até achei engraçado, beijei, beijei, beijei e desci pra conhecer o gosto daquela pica em minha boca, comecei a fazer um boquete e ele delirava….

- Vai Lêzinha, mostra tudo que você sabe, ahhhhhhhh!!!
- Chupa, amor, chupa!!!!!
-Que deliiiiiiiiiicia!!!

Ele realmente sabe elevar o ego de qualquer mulher…

Me puxou e dai foi a vez dele sentir o gosto de sua própria pica que estava em minha boca, enquanto nos beijávamos ele enfiou aquele pau em minha xoxota que de tão úmida facilitou bastante o vai e vem delicado e delicioso.

Gemi, muito de prazer e tesão. Nunca pensei que um dia um leitor de meus contos estaria me comendo daquela maneira, me dando dados para um próximo conto.

Só de lembrar fico toda molhadinha, uiiiiiiiiii.

Nosso encontro precisava terminar, eu tinha que voltar ao trabalho, então ele me disse;
-Vamos fechar com chave de ouro…
-E o que é chave de ouro?
-Vira.
Dei uma risada maliciosa e pedi pra deixar pra próxima…..
Ele cavalheiro, me beijou e novamente meteu aquele pau na minha xoxota, estávamos em pé e isso me fez gozar rápido ele ficou tão excitado que gozou também.

Enfim eu precisava ir, cheirando a sexo, falar com um juiz carrancudo, mas, pelo menos, estava bem relaxadinha.

Foi sem dúvida nenhuma uma das experiências mais gostosa que tive, agora nos falamos sempre por telefone e claro com muito mais putaria.

Não tive mais audiência naquele fórum, mas assim que tiver, com certeza, tomarei um “cafezinho” com meu leitor e parceiro.

Como sei que ele estará lendo esse conto, deixo aqui um beijo bem molhado em sua pica gostosa.

E pra todos um beijo carinhoso,



Gostou? Deixe seu comentário e sua nota.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.