"Os mais excitantes contos eróticos"

 

★★Executiva + Vigilante Madrugando


autor: Máquina55
publicado em: 29/07/16
categoria: hetero
leituras: 3863
ver notas


Continuação:
★A Executiva e o Vigilante Macho

Sou uma profissional liberal com um escritorio bem sucedido que fica num prédio num Center Comercial num bairro próspero da cidade.

Sou mulata de 42 anos de formas bem avantajadas um o biótipo bem brasileiro, procuro sempre me cuidar para não chegar a ser gorda. Ele é um jovem que trabalha como vigilante no prédio onde mantenho meu escritório.

Chego em casa cansada da " dupla jornada ", tomo banho morno relaxo e meu " namorido " querendo sair para jantar e namorar provavelmente. Dei uma desculpa qualquer e ficamos só no telefone conversando, enquanto isso vou comendo alguma coisa leve pois fome mesmo não tenho, mas apetite sexual estou nas últimas.

Assisto um filne antigo num TV por assinatura, e tento me distrair, mas em vão, o sono não chega. Perto de meia noite sei que ele sai à 00 hora, tenho um impulso, pego a chave do carro e resolvo sair mesmo com traje de dormir. Vou ao prédio e fico esperando ele sair, quando o avisto faço jogo de luz e ele reconhece , se aproxima e entra no carro.

Está tão lindo e sedutor que não resisto que me deixo beijar ali mesmo tudo gira, um desejo carnal por ele. Sinto que ele ainda cheira a sexo, meu cheiro do perfume e um aroma de suor irresistível. Fico oferecida esperando algo que apague meu fogo... ali mesmo ele coloca as mãos geladas no meu corpo quente ... estremeço ele sente e ... por baixo da camiseta do baby doll ... suas mãos vasculha e encontra meus peitões já rígidos que se contraio pelo frio das mãos e do desejo.

Murmuro:
- Chupe chupe até acalma-los... mate essa fome...

Ele rosnava e segura-os ... flequiciona-os com a ponta dos dedos ... massagea-os aliviando a tensão ... hummm queria ali mesmo me entregar e te-lo por completo ... a xoxota em brasa . Mas saio devagar da frente do predio ele segura o volante e o encaminha para uma das vagas mais escondidas. Nem consigo estacionar direito o restante, ele está com a boca cravada nos mamilos...

Grito baixinho... uma mulher em pleno desejo...

Ele sem dar trégua tira a minha camiseta por cima da cabeça ... e se atola nos " bicões "dos seios ... seguro os dois deixo-o proximo da sua boca ... e ele se farta me olhando com expressão semi cerrada ... fecho meus olhos ... e ele gulosamente mama ... mama ... lambe ... lambe ... sinto ausencia de ar ... ele abocanha o que pode em um... e aperta o outro ... soltou-os e ele se apossa deles... massagens ... chupadas e ... gooozo gemendo...

Refeita do primeiro ato ... abro o zíper de sua calça e ... solto os botões de sua camisa ... peito cabeludo ... cheiro de macho ... me aproximo e cheiro tudo ... volto para a calca e tiro da cueca a " rolona " bem ereta ... punheto ... punheto e me curvo e ... abri a boca com fome e ... chupo ... chupo ... lambo toda ... ele pressiona minha cabeça de encontro ao seu pênis ... chupo ... chupo e ele me afasta não é hora de leitinho.

Com uma pegada forte me senta com as pernas no banco e volta a mamar... ele já sentiu que sou feita de chupadas nas mamas... amo.

Escuto sua voz:
- Vamos para outro local, aqui é perigoso.

Visto a camiseta e saimos, passamos pelas ruas quase deserta e paramos nos beijando... mama um pouco ... mantendo o desejo ... ele segere sua casa seguimos e chegamos.

Na porta ficamos entre beijos e chupadas ... quer tirar minha camiseta mas não deixo... rasga um pouco na frente meus peitões aparecem como se fossem dois mamãos de tão excitados... ele não resiste e ... chupa ... chupa e lambe ... lambe ... alguém passa e nos ver quase num ato completo.

Ele desce e abre o portão da garagem, entro e ele fecha. Dentro da varanda saio do carro ... ele me segura com tesão ... me entrego ... tira a camiseta e se farta nos peitões ... seguro sua rola por dentro da calça e massageio ... massageio e ele mesmo abre o ziper e tira tudo...

Tenho sobressalto ... um homem com um corpo um pouco malhado ... lindo ... e com uma boca que é uma máquina... meu tesão sobe ... tudo fica trêmulo ... os peitões duros duros. Sem dar moleza vai para o meu shortinho do baby doll e quase arranca puxando para baixo... deixa no " meio " das coxas ... se abaixa e abre minhas pernas e cheira minha xoxota ... chupa minha xana ... ouvimos carros passando na rua ... conversas e nós ... hummm...

Ele me pega nos braços e abra a porta e entramos ... me coloca no sofá deitada ... assim observo como ele me excita ... se curva e tira o resto do shortinho ... fico " nua " ... chupa minha " totoca" urro como ursa no cio e ele chupando e apertando meus seios.

Se levanta e coloca a pica na minha boca ... mamo ... mamo e abocanho segurando percorendo o calibre ... chupo a cabecinha e lambo toda a extensão ... cheiro e ele se solta.

Me levanta do sofá e vamos para seu quarto ... nos trancamos ... e me coloca na cama ... fazemos um rápido 69 ... chupo seu picão com gosto ... e ele minha priquita mergulhando a língua bem fundo ... quase gozamos ...
Ele:
- Quero inaugurar meu colchão novo com a xoxota mais gostosa que ja tive..

E me vira e fico de quatro ... me arreganho e ele cheira minha costas ... fico arrepiada ... se coloca na porta da minha " grutinha " e enfia com cuidado ... gemo ... revivo o ato do escritório ... aperto os olhos ... e ele mete ... mete ... deixa ..
cadencia ... vai ... tira e vai comendo ... me movimento fortemente ... homem novo ... come come ... segue me possuindo com um leão ...

Senti tudo uma " brasa" de tão intenso ... ele transpira ... seu cheiro se espalha ... me excita e segue... minha carnes tremem e me entrego com ele ao gozo bem juntos...

Namoramos mais nas chupadas .. estamos plenamente safisfeitos com o ato de penetrar ... ja é tarde quase 5 horas quando me acordo, escuto vozes .. seus pais ... me enrolo e saio do quarto pego minhas roupas , me visto e o chamo, nos despedimos ele abre o portão, saio e venho embora...

O corpo com as marcas do sexo ... toda roxeada ... xoxota inchada ... os bicões arridos de tanto chupões ... e os peitões satisfeitos ...

Em casa ele me liga ... com saudades ... marcamos para o horário do almoço numa pensão bem baratinha no centro da cidade ...

♥♡♥
Agradeço o volume de leituras. Se leem é porque gostam, aos cadastrados " Comentem e Votem " nos ajuda a melhorar.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.