"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Um prazer real: encontros virtuais


autor: iane1
publicado em: 29/07/16
categoria: hetero
leituras: 1376
ver notas


Esse é meu primeiro conto. Vou me apresentar pra vocês com um pseudonome, Iane, morena, cabelos negros, corpão, coxas grossas, bumbum grande... hoje com 30 anos, sempre fui muito tímida e recatada, morando numa cidadezinha do interior, jamais poderia imaginar viver e fazer o que irei relatar. Fui casada por 4 loooongos anos (longos pelo desgaste de uma relação falida), sempre fui dedicada à família, ao trabalho e aos estudos, mas completamente infeliz e me sentia muito só. Estava triste, desiludida com o casamento e não sentia mais amor nem desejo pelo ex(até então meu marido), queria a separação, mas ele não aceitava e me ameaçava, agredia e eu não podia contar a ninguém tudo que estava acontecendo.
Certo dia, após mais uma briga, o ex-marido me deixou mais uma vez em casa sozinha e eu decidi entrar num site de bate-papo, de cara adorei, então passei a entrar todos os dias e horas que estava sozinha, foi se tornando meu refúgio. Em pouco tempo conheci uma pessoa que se tornou muito especial, foi numa noite de julho, ele também estava sozinho em casa e entrou no bate-papo. Ele se apresentou como Rodrigo, conversamos no chat, fomos para um aplicativo no qual podia nos ver e continuar mantendo contando. Como o mundo de encontros virtuais era totalmente novo para mim, eu não tinha nenhuma malícia, nem percebi que estávamos conversando e ele me vendo pela webcam sentada em minha cama de cabelos soltos, short e somente de sutiã vermelho, estava insinuante, provocativa até, mas não era minha intenção naquele momento, foi totalmente sem querer. Ele estava com casaco e de vez em quando sinalizava que estava muito frio. O achei muito bonito, inteligente, engraçado... Fiquei atraída, olhava seus olhos, seus lábios, seu sorriso, a conversa estava ótima, mas tive que sair às pressas porque me chamaram.

Decidi não falar mais com ele e o excluí, eu havia me interessado, mas de qualquer forma continuava casada, ele também era casado, morávamos muito distantes e tudo que eu não queria eram mais problemas. Só que ele mandou convites de amizade, foi insistente, resolvi voltar a conversar. Ele era tão carinhoso, atencioso, demostrava interesse também, começou mexer com meus desejos, passei a sentir que alguém se importava comigo, que alguém queria me ver todos os dias, passei a querer vê-lo também. E nos víamos e conversávamos todos os momentos possíveis para os dois, de manhã, de tarde ou à noite, durante o trabalho, tínhamos que ter um momento juntos, bastava saber que sua esposa e meu marido não estariam em casa em determinado momento que passávamos esse tempo juntos na frente do computador, tudo ficava pra depois. Passei a sonhar com ele, não podia mais me conter, os finais de semana, os dias, as horas, os minutos sem ele eram intermináveis e doloridos, eu estava apaixonada.

Certo dia não pude mais me dominar, era muito desejo, eu via o desejo dele também, então pedi que ele escolhesse uma das minhas lingeries que eu vestiria para ele e assim foi. Vesti um espartilho branco com listras finas pretas e detalhes em renda vermelho, conjunto lindo, que ficava muito bem em mim, eu estava nervosa e com vergonha de me mostrar, nunca havia feito isto na vida, porém o desejo era intenso, eu já não dominava meu corpo e muito menos meus pensamentos, então diante computador, em cima de minha cama, liguei a webcam e comecei a me exibir para ele, foi totalmente instintivo.

Ele me admirava e também curtia o momento, me olhava com tanto desejo e quando via meu bumbum naquele fio dental parecia que ia atravessar a tela, eu me tocava como se fosse ele, comecei então lentamente a tirar a roupa, ele comandava em certos momentos, eu tirei lentamente a parte de cima, acariciei meus seios, lambi lentamente a ponta dos dedos e passava nos bicos que ficavam durinhos, sentindo a excitação dele vendo aquilo eu ficava cada vez mais molhada, então corri minha mão pela barriga e por cima da calcinha comecei a apertar minha bucetinha, a empolgação dele me enlouquecia ainda mais, eu não ia tirar a calcinha, mas, logo me vi rebolando e fazendo charme e descendo a peça aos poucos, em seguida já estava deitada, sem a calcinha e comecei a tocar em frente a webcam.

Minha buceta vibrava, era a primeira vez que me masturbava, era primeira vez que sentia aquilo, era uma sensação absolutamente nova, eu me tocava e gostava, percebia que ele também se tocava, sussurrava alto me desejando, dizia q sua pistola estava louca pra me fuder, na realidade parecia que ele estava realmente no quarto comigo, uma mão colocando dois dedos na minha buceta, enquanto sua boca estava nos meus seios e eu imaginava seu caralho todo em minha boca, era uma vibração intensa quanto mais eu fechava os olhos, mais eu sentia tudo aquilo e escutava seus gemidos enquanto eu gemia também, logo eu senti o relaxamento e a euforia que só orgasmo pode dar, os dedos encharcados do meu prazer, mostrei os dedos a ele, não conseguia acreditar como tinha tido coragem de fazer aquilo, desliguei a webcam por um momento me cobri e voltei para falar com ele.

Hoje eu tenho consciência do risco que corri me expondo daquela forma, ele podia ser alguém mal intencionado que podia gravar tudo e jogar na internet destruindo minha vida vez, mas na hora eu não pensei, deixei-me levar pelo desejo, me entreguei completamente a ele como nunca tinha feita antes, e consegui atingir um prazer que nunca havia sentido.

Essa foi só a primeira vez de muitas que soltamos nosso desejo um pelo outro, com o tempo fui aprendendo a me tocar e a provocá-lo também, nos masturbamos juntos muitas vezes até hoje.

Espero que gostem e nos encontramos num novo relato real.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.