"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Comi a irmã do amigo


autor: marcos22
publicado em: 15/08/16
categoria: hetero
leituras: 50185
ver notas


Olá, meu nome é Marcos e esse fato aconteceu quando eu tinha 17 anos, tudo começou quando combinei de ir na casa do meu amigo, vou chama-lo de Felipe, chegando lá eu vejo a irmã dele que na época tinha 19 anos, ela estava bêbada, e veio me dizendo que havia colocado um piercing nos peitos, eu só ri, quando do nada ela tira a blusa e me mostra aquele belo par de peitos, fiquei meio sem jeito, na época só havia feito sexo 4 vezes (com minha namorada) ai ela colocou a blusa de novo, nisso chegou o Felipe, a gente foi no bar jogou uma sinuca e voltamos pra casa, era tarde e como eu estudava cedo fui deitar, ai a irmã dele aparece me oferece um cobertor e eu aceito, pois estava muito frio, ela pegou a coberta e me ofereceu também um travesseiro, aceitei, ai ela fala quer mais alguma coisa? eu pensei em falar várias coisas como, você, seus peitos etc.. mas não falei então ela voltou pro quarto, dormi. Acordei eram 04:00 horas da madrugada e eu vejo a luz do quarto dela acesa, vou lá ver e a safadinha tava se masturbando, fiquei louco na hora, resolvi apenas olhar, ai bateu um tesão e comecei a punhetar, sem querer fiz bati na porta com o braço e ela olha assustada (a essa altura o efeito do álcool passou) rapidamente coloquei a bermuda e fingi que estava passando, ela de burra não tinha nada, falou que sabia que eu estava espiando e tava morrendo de tesão, foi quando eu fiquei imóvel, sem saber o que fazer, ela então me puxou pra dentro do quarto de me beijou, que beijo! fiquei com tesão na hora, então comecei morder seu pescoço, abaixei um pouco mais fui pras tetas, vi aqueles piercings e ela perguntou se eu tinha gostado, como não gostar daquilo? aí fui mais fundo, desci pra suas coxas comecei beijar, tirei aquele shortinho rosa que lembro como se fosse ontem, ela estava sem calcinha, pra minha surpresa, olhei aquela bucetinha com poucos pelinhos e fui chupar, eu meio inexperiente não dei uma bela chupada, mas ela com certeza gostou, até falou que estava gozando, chupei por uns 15 min quando ela levanto, tirou minha bermuda e começou me chupar, meu pau na época tinha 17cm e era grosso, ela chupava e olhava como uma cadelinha pra mim, passou um tempo me chupando gostoso e ela disse, quer me comer?
eu só balancei a cabeça e fui com sede ao pote, primeiro amaciei aquela bucetinha com meu pau, ai com mais coragem falei, quer sentir sua putinha, quer sentir em você, ela disse que sim e implorou pra meter logo, eu enfiei e logo senti que ia gozar , ela meio decepcionada disse que ia dar um jeito nisso, deixou eu gozar na barriga e voltou a me chupar, passou uns 5 min meu pau subiu de novo, duro como pedra, e voltei a enfiar, pedi pra ela ficar de quatro e ela obedeceu, ai comecei a falar coisas no ouvido dela, sua safada, queria isso não queria? sempre tive tesão em você, e ela só gemia, ai depois de varias e varias estocadas, anunciei que ia gozar de novo, dessa vez ela veio me chupar e deixou eu gozar na sua boquinha, como tinha 2 banheiros na casa, cada um foi tomar banho em um, pra ninguém desconfiar, me recompus e fui dormir, não deu muito tempo e acordei pra ir pra aula, nisso o Felipe me fala, cara é bom abaixar o volume do porno.. eu só ri e fui pra escola feliz, eu e a Belinha nunca mais fizemos nada, mas sempre que olho pra ela, eu lembro da cachorrinha que ela é.

O conto acabou, desculpa pelos erros e falta de detalhes é que esse é meu primeiro conto, obrigado pessoal, espero que tenham gostado.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.