"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Eu e meu patrão


autor: Miau
publicado em: 17/08/16
categoria: casual
leituras: 7127
ver notas


Me chamo Isabela, mas TDs me chamam de bela, n só pelo meu nome mais tbm pela minha beleza, no auge dos meus 16 aninhos já tenho um corpo de causar inveja, n sou tão alta isso deve ser uma ajuda a ter mais corpo, bunda e peitos grandes do jeito que os homens gostam, pernas grossas, cabelão até a cintura preto oq super combina com minha pele monera queimada de sol, então essa sou eu 50 kg bem distribuídos...
Mas hj vim falar oq aconteceu cmg há um tempo atrás...
Há mais ou menos 1 ano sou ajudante da casa do amigo do meu pai, o Rodrigo, ele tem 33 anos, um gato.
E desde que fui trabalhar na casa dele sempre tive vntd de dar uns bjs nele, mas nunca aconteceria, eu chegava lá depois que ele saia p trabalhar e vou embora antes dele chegar, então n nos vemos, só nos vemos qnd ele vai me dar o pagamento. Mas essa vntd ia aumentando TDs as vzs q chegava lá p arrumar e via algo diferente tipo: camisinha usada, cabelo de mulher, calcinhas, td de vzs que ele levava alguma "amiguinha" dele lá, oq era mais doq certo, novo, gostoso e solteiro, eu tbm n faria diferente, então ver aquelas coisas me enchia de tesão e eu safadinha, arrumava a casa qs nua, sempre sozinha então n via problema a casa tbm era muito quente, aí nos dias que eu via alguma das coisas que indicava q a noite anterior de Rodrigo tinha sido boa, me subia um fogo, me via ali sozinha, qs nua, me batia os pensamentos dele comendo alguém então aí só restava eu apagar meu fogo me masturbando, então eu ia tirava as únicas peças de roupa que me restavam sentava td aberta no sofá colocava no canal porno e começava a bater uma siririca deliciosa pensando no Rodrigo, mas eu n ficava só no sofá n, ia p banheiro, cozinha e p cama dele, e fazia isso TDs as vzs que eu tava cheia de tesão, até que uma certa vez eu comecei a me masturbar e eu gemendo loucamente com a calcinha da puta que esqueceu lá na mão e qnd estava qs chegando ao orgasmo chamando o nome dele ele abre a porta e pega no flagra, havia saído mais cedo do trabalho e na hr o tesão que eu estava sumiu e deu espaço p vergonha que eu senti, n deu tempo de tirar do canal porno e me vestir ele pegou em cheio, eu com dedo na buceta td melada, e chamando ele. Ele me olhou e tbm n sabia o que dizer, eu pedi desculpas e sai correndo p banheiro p me vestir, enquanto tava no banheiro pensava oq eu ia dizer, e n sabia, ai comecei a chorar e decidi pedir desculpas e n trabalhar mais lá, então daí sai do banheiro com a cabeça baixa e fui até a sala com os olhos vermelhos, qnd levantei a cabeça ele tava sentado no sofá pelado fazendo carinho no pau dele, daí fiquei assustada e n sabia oq fazer, resolvi n falar nd e sair, mas não deu a porta trancada e aí fiquei parada de costas p ele. Pensando, ele me chamou e falou vem pegar a chave, aí eu disse seu Rodrigo n faz isso cmg, já chorei demais de tanta vergonha, ele disse: vergonha deq? De sentir desejo por mim? De ser louca p me dar? tbm smp quis te comer, ou vc acha q é fácil olhar p vc e n querer isso? Vc é MT gostosa, do numa tentei nd pq vc é filha do meu AMG e tinha medo de vc acabar falando alguma coisa p alguém e ele saber, e tbm apesar de vc ter esse corpo, vc tem carinha e jeito de virgenzjnha, então pensava q se vc fosse eu ia ser. Louco o descabaçar vc, mas aí o medo era maior. Ele riu, aquele sorriso safado, nessa hr eu já nem tinha tanta vntd de ir embora, mas pedi a chave dnv, e ele disse que só me dava se eu respondesse uma coisa a ele, eu aceitei e ele perguntou: há qnt tempo vc faz essas coisas e pq pensa em mim fazendo? Eu fiquei sem graça mas respondi e disse: faço isso desde do primeiro dia que vim p arrumar e vi a cama bagunçada e uma camisinha nela, meus pensamentos floresceram e penso no senhor pq a casa é do Senhor e acho o senhor mt atraente, aí disse: pronto agr o senhor pode me dar a chave.
Aí ele levantou peladão e veio em minha direção dizendo: para de me chamar de senhor, e eu sei que vc n qr chave nenhuma. Tacou a chave longe me pegou pela cintura e começou a me bjr e eu claro ooooo correspondi, aí foi aquela loucura, um amassando o outro n demorou muito pro meu tesão voltar e eu ficar TD molhada dnv, e ele levantou a saia jeans que eu tava, começou a apertar minha bunda e alisar minha buceta, e eu peguei com vntd na piroca dele, ele gemeu bem baixinho no meu ouvido, me jogou no sofá subiu minha saia, chegou minha calcinha pro lado e começou a me chupar, me chupar inteira, chupou muito minha buceta, depois Mamou meus peitos com Mt vntd, depois me puxou e falo me chupa vc agr, então com td prazer do mundo ajoelhei com cara de safada olhando p ele e comecei a mamar e babar td aquela piroca gostosa, grande, rosa e cabeçuda, ele n esperava que eu chupasse tão bem um pau. Ele gemia e segurava meu cabelo fazendo força na minha cabeça contra o pau dele me fazendo engasgar com aquela piroca, depois me levantou me jogou no braço do sofá de bruços e bem devagarinho começou empurrar a pica na minha buceta, depois ele aumentou o ritmo e começou a socar com mais força e eu gritava, gemia, nem acreditava que eu tava dando p ele, falava pra ele me comer mais e mais, daí ele n queria que eu gozasse logo, me pegou e me jogou de frente p ele e começou a me comer dnv, e eu indo a loucura, ficamos naquela posição um tempo e de novo qnd eu tava perto de gozar ele deu um tapa bem forte na minha cara me chamou de puta pegou no meu cabelo e disse levanta e fica de 4 aí no chão igual uma cadelinha e eu fiquei, ele passou um pouco de cuspe na cabeça do pau dele se ajeitou por trás de mim e começou a comer minha Bundinha, eu falei n, nunca dei meu cuzinho, ele respondeu que não queria saber e que então seria o primeiro a comer meu cu, e começou a enfiar bem devagar, eu gritei de dor e ele gemia dizendo que delícia de cu, to segurando p n gozar, é apertado e quente e cnt metendo e me chingando,e eu com uma mistura de dor e prazer gemia de um jeito mt gostoso, minha buceta td babada de tanto que eu tbm gosava e já n aguentando mais avisou que ia gozar, puxou meu cabelo com td força e deu um única socada jogando o leite p dentro de mim,. Tanto leite que vazou e melou minha buceta tbm, eu virei os olhos de tanto tesão, disse p ele: vc é mais gostoso doq eu imaginava qnd eu me masturbava. Ele riu caímos no chão de tão cansados e começamos a rir da situação, ele disse que foi muito bom e que eu tbm sou mt gostosa e que é pra eu sempre esperar ele chegar do trabalho que ele vai me comer sempre, então eu respondi sim senhor, chefinho, rsrs e depois da primeira transa n paramos mais de fuder haha... fim!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.