"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Descobrindo meu lado bi


autor: lena66
publicado em: 29/08/16
categoria: hetero
leituras: 3079
ver notas


Esse foi meu primeiro conto que infelizmente depois de formatar exclui sem querer e estou republicando, aos que já leram agradeço pelos comentários carinhosos e aos que estiverem lendo pela primeira vez, espero que gostem...

Casei-me aos 22 anos, hoje vejo o quanto era novinha. Meu marido é um cara extremamente ciumento e no início do casamento não tínhamos um diálogo tão aberto, era muito ruim….
Com tantos problemas de início de relação pedi a separação e ele insistia pra gente continuar, tentando buscar uma ajuda espiritual fomos à missa e lá por incrível que pareça o padre anunciou um encontro de casais, pra quem estivesse com problemas no casamento, claro que marcamos presença….

No encontro, ouvíamos aconselhamentos e um monte de baboseiras, pra fugir dos aconselhamentos dos casais que estavam ali pra servir de exemplos, fui conversar com um padre que estava ouvindo as confissões, (cê deve tá pensando que transei com o padre, NÃO!!! kkkkk), fui buscar aconselhamento mesmo, enfim, o padre era um cara de mente muito aberta, nunca vou esquecer dele, quando disse a ele que não conseguia sentir prazer com meu marido, por isso pensava em me separar, ele me falou que prazer é “pura cabeça”, como assim? Pois é, se você liberar essa cabeça de todos os pudores que tem, vai conseguir sentir o prazer que tanto quer, seguem os conselhos do padre:

“Antes de seu marido chegar em casa, se prepare, fique cheirosa, leia contos eróticos, veja revistas de posições sexuais, veja filmes eróticos, pra já ficar no clima”
Esse padre é doido, kkkk (esse era meu pensamento)
Mas só de ouvir os conselhos dele, já sentia que ia dar certo, haja vista que, comecei sentir o maior tesão só em pensar.

Segui os conselhos dele e o negócio começou a pegar fogo, trepava em tudo que é lugar, de tudo que é jeito, nossa!!!!! Que delicia que passou a ser nosso relacionamento.
Com o passar dos anos, já bem liberada com meu marido, perguntei qual era sua fantasia, ele pediu pra que eu falasse a minha primeiro….
Ok, quero ver você comendo outra na minha frente! Nossa o pau dele ficou tão duro que ali percebi que seria fácil, ele topou na hora.

Só que não é tão fácil assim…..
E qual a dele; me ver transando com outra mulher….
Achei esquisito mas topei, faltava agora achar a tal mulher.
Bem, passou o tempo e não realizamos nem a minha nem a dele.

Conheci uma mulher no caminho do trabalho, falávamos sempre futilidades, mesmo assim ela me admirava demais, e nos tornamos grandes amigas, um dia saímos pra tomar uma cerveja e percebi que ela com dois goles fica doida, rsrsrs, ela me pediu ajuda pra ir ao banheiro, porque a porta estava quebrada e ela queria que eu vigiasse, tudo bem…… depois de usar o banheiro, lavar as mãos, ela foi me agradecer com um beijinho e foi dando beijinho até chegar no canto da boca, nossa!!!!! Me deu o maior tesão, fiquei um pouco assustada mas deixei, quando ela percebeu que não teria problema, me lascou o maior beijo, me deu tanto amasso naquele banheiro, eu não sabia se segurava a porta ou se tirava a roupa, mas infelizmente alguém empurrou a porta e tivemos que parar.

No outro dia, ela não foi trabalhar, ficou com vergonha de mim, liguei pra ela e disse que estava tudo bem, pra não encanar.
Ela me contou que já havia mantido uma relação de um ano com outra mulher, e que só se liberava assim depois que bebia….adivinha! Comecei a embebedar a mulher sempre que podia, e dávamos altos amassos.

Numa noite, enquanto transava com meu marido, contei pra ele o que tinha acontecido, ele gozou praticamente que na hora, foi uma das fodas mais gostosas que tivemos.
Perguntei se ele me deixaria transar com outro homem, quero saber como é transar com um cara do pau pequeno, ele ficou muito excitado mas disse que não, começou ai a me incentivar em arrumar uma namorada.

Só que infelizmente minha amiga não bebe mais.

Agora eu fico aqui pensando como seria transar com outra mulher, não sei se tenho coragem, pois só eram amassos deliciosos por sinal, não me interesso por mulher masculinizada por isso a minha dificuldade em achar uma namorada, que seja, mulher como eu, mas que goste de pegar outra mulher.

Gostou? Deixe seu comentário e sua nota.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.