"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Onde tudo começou....


autor: Ayanna
publicado em: 29/08/16
categoria: romance
leituras: 2350
ver notas


Essa história começa na época em que arrumei meu primeiro emprego. Tinha 17 anos, quase fazendo 18.
(Mais antes de continuar, gostaria de me descrever. Nunca fiz o tipo de menina esbelta, magrinha, modelo.... Sou típica mulher brasileira, pernão, bundão, peitão e a única coisa que é “inha” em mim é a cintura, “mal” de família. Tenho cabelos médios, olhos castanhos, enfim, não sou a pessoa mais bonita da face da terra, mais dá pra o gasto rsrrsrsrsrs)
Continuando a história, além do escritório em que eu trabalhava, meu patrão tinha uma escola de artes marciais, mas como ele passava o dia quase todo no escritório, sempre que algum aluno precisava falar com ele, ia lá.
Um dia, estava eu fazendo umas notas importantes e não podia errar, alguém bate a porta da minha sala e mandei entrar sem nem olhar quem era, afinal, precisava terminar meu trabalho o quanto antes para entregar. A pessoa abre a porta e pergunta pelo meu patrão, avisei que ele havia viajado e não voltaria no mesmo dia. Então levantei a cabeça para olhar quem era e perguntar se gostaria de deixar recado e me deparo com um cara lindooooo... Na hora esqueci do que precisava fazer e resolvi puxar um papo com o gato que estava na minha sala hehehehe...
Seu nome era Diego, tinha 24 anos, frequentava as aulas de jiu jitsu na academia do meu patrão e era amigo dele a algum tempo. Era alto, porte atlético (por praticar esportes) e tinha uma barba estupidamente linda que o deixava com cara de sério, mas no fundo parecia muito brincalhão... Ahhh e o mais importante, era solteiro!!! Isso foi minha deixa para continuar o que estava fazendo. Trocamos número de telefone e então ele foi embora.
Começamos a nos falar por mensagem, nada demais, até que uns dias depois ele me chamou para sair, combinamos de encontrar num barzinho afastado da cidade assim que meu expediente acabasse.
Ele já estava lá quando cheguei e me recebeu com o sorriso mais lindo que já vi em toda minha vida. Vendo isso eu desabei e pensei comigo mesma que queria aquele homem mais que qualquer coisa naquele momento.
Entre um gole e outro e muita conversa, ele sugeriu que fossemos a um lugar mais discreto e concordei. Naquela hora não parava de imaginar o que faria quando estivéssemos a sós.
Então fomos a sua casa e não consegui deixar que ele fechasse a porta para pular em cima dele. Não precisou de conversa pq sabia que ele queria a mesma coisa.
Ele me pegou de jeito, me levou até o sofá e tirou minha roupa, fiz o mesmo com ele e fique ainda mais excitada quando ví o pau dele ereto, tinha um tamanho normal, mas em compensação era muito grosso, perfeito!!! “Se ele souber brincar, melhor ainda” pensei. Então ele foi fazendo trilha de beijos pelo meu corpo todo, e quanto mais ele se aproximava da minha buceta, mais eu me arrepiava... Até que finalmente chegou, foi lambendo de leve meus lábios, meu buraquinho, meu clitóris e sempre parando para me olhar e ver a maldade que estava fazendo, aí ele começou a me chupar gostoso e a única coisa que eu podia fazer era me contorcer e gemer, enquanto ele me levava a loucura, até que meu corpo começou a estremecer e segurei firme com minhas mãos a cabeça dele para que ele entendesse que eu o queria ali e que em breve iria melar a boquinha dele todinha... Ele entendeu e fez exatamente o que eu precisava, e aí gozei gostoso na cara dele.
Diego subiu até o meu rosto e me beijou enquanto uma de suas mãos brincava de me penetrar, de repente ele parou, me olhou sério e disse “Agora vc está pronta, minha linda” e sem qualquer aviso me penetrou com força, seu pau estava tão duro e foi tão fundo que soltei um gemido alto e ele sussurrou no meu ouvido “você não faz ideia do quanto desejei isso desde o dia em que te vi naquela sala” e começou a meter, primeiro lentamente, o que me fazia ir ao céu e voltar, depois mais rápido e forte. Em pouco tempo, estávamos totalmente suados numa foda tão intensa, que de tão intensa gozei várias vezes ao redor do pau dele.
Não satisfeito, fomos para o quarto dele. Ele me pôs de quatro e me fodeu gostoso apertando minha cintura e repetindo o tempo todo o quanto era bonita a vista ali de cima, naquele momento, me sentia a mulher mais gostosa do mundo, então ele gozou falando palavras que não entendi pq estava ocupada gozando também.
Estávamos exaustos e deitamos na cama com ele ainda dentro de mim. E enquanto ele mexia nos meus cabelos, eu pensava o quanto era bom ter aquele homem ao meu lado naquele momento. Alguns minutos depois, fomos tomar banho e transamos no banheiro novamente.

Naquele dia, ele me levou para casa e passamos o resto da noite trocando mensagens, dizendo um para o outro o quanto foi bom e queríamos que se repetisse. Decidi que seria melhor manter isso em segredo visto que ele era amigo do meu patrão e não queria que ele soubesse ainda.
Saímos mais algumas vezes, passamos meu aniversário juntos (e foi perfeito), fizemos loucuras e eu estava pronta para assumir um relacionamento aí ele foi embora do país...



Sofri muito, mas tive que entender, afinal a carreira dele no jiu jitsu dependia disso, mas não mantivemos contato pois ele não queria criar esperanças em mim e me pediu para viver. Tentei fazer exatamente o que ele pediu, mas foi difícil...


Bom, vida que segue.... Alguns anos dps desse baque me casei com a pessoa que acreditava ser o amor da minha vida (vivemos muitas aventuras, mas os detalhes ficam para as próximas histórias), fomos muito felizes juntos e eu só tinha olhos para ele até que Diego voltou, e meu mundo caiu... E agora?

Continua...

Acompanhem as próximas histórias para saber o que aconteceu
Bjos. Ayanna.






ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.