"Os mais excitantes contos eróticos"

 

noite de sexo parte 1


autor: suricatece
publicado em: 10/09/16
categoria: hetero
leituras: 1285
ver notas


Boa noite, esse é mais um conto real que escrevo, esperoque gostem e comentem.
És a morena, a mais bonita dentre todas qie adentraram aquela festa, com um vestido longo que encobria aquele corpo sensual, um sorriso lindo ainda guardado e escondido por aqueles labios brilhosos e carnudos, com aquele cabelo com um penteado lindo que dava um tom de requinte ao seu visual e sem esquecer daquele decote que quase deixava todo o seio a mostra, saltando por ele, seu cheiro tinha uma fragancia um tanto adocicada enebriava e adentrava minhas narinas me fazendo sentir uma sensaçao de prazer e torpor. Morena linda de uma voz encantadora, conhecedora dos meus segredos, dos meus desejos iminentes e profanos, sabedora de como me enlouquecer. Todos a sua volta a olhavam, outros posso dizer que a desejavam, mas tamanha beleza é capaz de causar isso, e quanto a mim restava adimiraçao e desejo, desejo de aquela boca beijar, daquele corpo minhas maos e até minha boca percorrer, sentir verdadeiramente seu sabor. Uma musica tocava ao fundo, Trazia você para perto de mim, deixando nossos corpos quase colados com o balanço gostoso do seu corpo com de pele negra e lisa, macia, gostosa de sentir... algumas bebidas aumentavam nossa euforia, destravava conversas e aumentavam o balanço do seu corpo e o meu delírio nele, aumentava mais minha vontade possuir aquela negra gostosa cheirosa e dona de uma bunda de fazer qualquer um delirar, e depois de certo tempo ela vira de costas pra mim e começa roçar seu corpo contra o meu, contra meu cacete que que já estava em riste quase explodindo, percebendo e já sabendo disso ela aumentou a velocidade dos movimentos me deixando quase pirado, ela se afasta um pouco e vou ao banheiro, que ficava em um canto mais distante de onde estávamos e tinha iluminação que deixava a desejar e quando vou saindo do banheiro sou surpreendido por um empurrão para dentro do banheiro, era ela que também não aguentava mais de tanto tesão, me agarrou e me beijou com bastante volúpia, comecei a passar as mãos e apertar aquela bunda maravilhosa, macia e quando passei para a frente e toquei aquele sexo delicioso ela estremeceu e pude sentir que ela quase gozou, mas fomos interrompidos por alguém que bateu na porta, esperamos algum tempo e saímos depois de nos recompormos. O tesão era tanto que não aguentamos esperar mais que chamamos um táxi e fomos terminar a noite em casa...
Continua se vocês quiserem, comentem e deem suas notas!!!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.